04 de maio de 2012 - 23:12
172
Estilo

Look do dia: Sapatilha de gatinho, Papo sobre cópia e inspiração

Hoje saí pra jantar e estrear a sapatilha nova de gatinho, pela qual estou apaixonada… e resolvi tentar botar “no papel” algumas opiniões sobre inspireds, fakes, grifes e etc. Quem não tá afim de papo, pode pular direto pras “gravuras”! hauahuaha

Neste post aqui eu já falei um pouco sobre o quanto a internet acelerou e enloqueceu a moda. A coisa mais gostosa nisso tudo, é que ninguém mais quer o básico, todo mundo tá aprendendo a colocar um pouquinho da criatividade e da personalidade impressa em forma de look. Muita gente quer experimentar tendências, palpitar sobre visual alheio e claro, consumir tudo o que é legal.

Hoje, qualquer pessoa com internet e computador tem acesso aos desfiles de estilistas do mundo todo, tem acesso à fotos do dia-a-dia dos seus idolos. Vê coisas bonitas e obviamente, deseja provar. Nada mais natural que outras marcas aproveitem pra copiar e se inspirar por algo que despertou o desejo de muitas pessoas. Há público pra esse consumo.

Eu, pessoalmente, não tenho paixão por grifes, me apaixono pelas coisas. Não é questão de grana, acho que todo mundo pode juntar um dinheiro pra comprar algo caro de uma marca específica, se achar que realmente precisa disso (fiz 2 vezes, 1 da qual me arrependo loucamente, peguei até birra pela peça, e outra coisa que amo e sei que nada parecido ia me satisfazer). No dia que eu ficar muito rica, me dou o direito de mudar de opinião, e de repente, só querer coisa grifada. Mas por enquanto, não quero a sapatilha da Charlotte Olympia, quero uma sapatilha de gato! Se eu tiver como comprar a dela, se encontrar numa loja, se achar que o valor é o preço que eu estou acostumada a pagar por um sapato, vou comprar. Eu realmente não me importo com a etiqueta… E outra, o gatinho podia ter olho azul, lingua pra fora, o que vale é ser fofo sem ser tosco, não precisa ser igual.

A unica coisa que não dá pra encarar, é comprar algo fake que finge que é original. Não dá pra comprar bolsa com logo Louis Vuitton, Gucci, Chanel, Chloé , Hermès, ou sapato com o nome Louboutin printado na sola. De resto, se tá com desejo de bolsa bau marrom ou sapato com sola vermelha, arrasa! Encontra as alternativas que lhe convém ou customiza como tem vontade. Essas peças não se tornaram ícones a toa, elas tem seus motivos de sedução. E pode ter certeza, que mesmo que a marca fique brava com a cópia, ela não vai vender menos ou ser prejudicada. Quem comprou a alternativa, provavelmente não compraria a original de qualquer maneira.

Já faz tempo que a moda se recicla, e tudo o que circula por aí não é completa novidade. A própria arte pós-moderna trouxe esse movimento de que tudo se cria, recria, copia e se cola. Não só na moda, mas em todos setores, até na música, no design, na tecnologia… Nos blogs mesmo! Há uns 12 anos atrás eu tinha até uma “ASSOCIAÇÃO” contra copycats! kkk Alguém aí é desse tempo? A gente tentava fazer justiça quando alguém do grupo tinha layout, texto, foto ou ideias copiadas. Com o tempo e maturidade você vê que na verdade, essa talvez seja uma das maiores formas de elogio. Não dá pra ficar bravo, especialmente pq não te faz mal.

As alternativas estão aí, pra nossa felicidade e acesso. Não culpo nem a marca que resolve fazer inspired por preço absurdo, mais uma vez, tem público para tudo. E outra, pra quem não curte essas ideias, as vezes você tem coisas copiadas no guarda roupa e nem sabe. Eu mesma desfilei muito com uma bolsa linda da Le Postiche por aí e depois encontrei uma identica na RiverIsland em Londres. Em quem elas se inspiraram, não sei, mas continuo amando a bolsa do mesmíssimo jeito que amava antes de saber que era inspired e ainda comprei a outra inglesa, que era de cor diferente! Meus valores são esses, de dar a mesma importancia pra uma joia Tiffanys e uma bijou da 25 de março, é só ver meus looks. E respeito quem se sente diferente a isso! Cada um do seu jeito.

Acho que o importante é que você mantenha os pés no chão, pense com carinho pra não consumir por impulso e tenha consciência que a internet expõe pessoas com diferentes poderes aquisitivos, diferentes prioridades. Não vale pirar na batatinha e fazer dívidas, acredite, mesmo que seja pela compra mais maravilhosa do planeta, o seu coração não vai ficar em paz. Não tá podendo (ou não tá com vontade mesmo!) pagar R$300 no cardigã de pérolas da Farm, mas tá com desejo? Customiza! É fake só pq fica identico? Claro que não! Mais gostoso ainda falar que você fez do seu jeito e gastou 10 vezes menos.

Os blogs são pontos de escape maravilhosos pra falar de assuntos gostosos e consumo. Eu mesma sei que as vezes sou uma diabinha no ombro, espetando com tridente e gritando “compra, compra!” (e sou assim com as amigas na vida real tb, acreditem!). O ser humano tá sempre em busca de aceitação e as vezes me preocupa pensar nas angustias do “querer e não poder” que os blogs podem despertar nas leitoras. Mas foca na sua lista de desejos e vai com calma, você pode ter as coisas que quer, no momento em que for certo. Só pra terminar: valoriza as coisas que você tem, crie seus próprios ícones de estilo e marcas registradas, sem ficar esperando o que vai ser ditado.

E viva a democracia e a popularização da moda!

De volta ao look…

Achei que a sapatilha de gatinhos (que eles odiaram! kkkk) pedia um look mais caretinha, pra não ficar infantil, mas também não quis ficar tão discreta, por isso a malha Joulik! Ela é mais uma sugestão pra quem se animou com a história dos bordados customizados: cheia de tachinhas e na parte do peito tem umas pedrinhas mais brilhantes. Eu tinha comprado pelo site e chegou ontem, também é estreia (não agueeeento esperar!).

• Calça jeans Zara
• Camisa jeans Marisa (dejavu)
• Malha com lurex e aplicação de pedras e tachinhas Joulik
• Sapatilha de gatinho Imporium
• Relógio dourado quadrinho Casio
• Anel chapado dourado sem marca
• Brinco de estrelinhas sem marca
• Bolsa box azul Zara

Post Anterior
Quadros de inspiração com o Pinterest
Próximo Post
Um pôr do sol, muitos céus
...Comentarios...
172 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. Jessyca vieira
    04 de maio de 2012 - 23:18

    Amei o look liaaa. Combinou mt com vc essa sapatilha de gatinho s2

  2. Hanna Bueno
    04 de maio de 2012 - 23:20

    Amei Lia! Ótimo post e eu penso a mesma coisa que ti! Beijos! tais linda como sempre! Melhor linda “sem marca” do que “cheia de marcas” e toda desconjuntada! =)
    bjobjo te adoro!

  3. Rafaela Mourão
    04 de maio de 2012 - 23:20

    Lia, como sempre, sendo uma fofa <333 muito bom o post :)) e to apaixonada pela sapatilha D:

  4. Mel
    04 de maio de 2012 - 23:22

    Amei seu post, principalmente por super concordar com você! Adoro seu blog, continue assim, bjs.

  5. tamy
    04 de maio de 2012 - 23:22

    Gente, como eu amo quando a Lia escreve!
    Desculpa aí o resto da equipe do site, mas Lia, sou mega fã dos seus posts!

  6. léli
    04 de maio de 2012 - 23:23

    Eu concordo com vc, tbm nao me importo com a marca, o importante é vc gostar da coisa. E nao eh uma questao de merecer um produto q seja caro, mas poder comprá-lo sem ficar endividada. E eu amei essa sapatilha de gatinho, espero que apareçam em breve por aki, se nao vo ter q customizar alguma sapatilha, como eu fiz com uma sapatilha velha q eu colei glitter e agora parece nova Hahah

  7. Bruna
    04 de maio de 2012 - 23:24

    Lia, adorei o texto no começo ! Impressionante como você conseguiu colocar meus pensamentos todos aí ;D
    Acho certo mesmo querer gastar com algo que vc curta MUUITO e ao mesmo tempo, poder comprar uma coisinha “inspired” pq o item é demais, mas o preço do original também.
    E em relação ao look, se não dissesse que era sapatilha de gatinho e não tirasse foto, quase não daria pra ver de tão discreta ! Ficou linda, linda ! Os filhotes não quiseram tirar foto com a sapatilha “gêmula” deles hoje ??
    Beijo !

  8. Paula
    04 de maio de 2012 - 23:26

    Amei o look e concordo totalmente com você, Lia! Existe uma diferença entre inspiração e cópia, e eu me apaixonei por essa sapatilha mas nunca pagaria o preço da original. Quando descobri(pelo seu instagram na verdade!) que essa loja estava vendendo uma inspired eu pirei! Ja mandei email encomendando e não me arrependo em nada! Enfim, adorei o look, acho que a camisa jeans por baixo do suéter fica uma graça, e a sapatilha ainda encantou o look! Adoro seu blog, beijos

  9. Kelly Lira
    04 de maio de 2012 - 23:26

    Lindaaaaaaaaa….tenho uma sapailha dessa…AMO!!!

  10. Janaina
    04 de maio de 2012 - 23:32

    Lia, que post incrível! Eu não comento muito mas você é minha blogueira favorita, sempre se mostrando uma pessoa fina, educada e pé no chão. E corajosa, porque defender seu ponto de vista num tema tão delicado e polêmico não é fácil. Sei que cada um pensa de um jeito, mas gostaria que mais pessoas pensassem dessa forma também, menos iludida com $$$, mais sincera. De resto, concordo com tudo que li. Tem gente que faz um escarcéu com esse negócio de inspired mas não dá a vez no trânsito, não é educado ou gentil com as outras pessoas… Uma bela incoerência.

    Enfim… muito amor pelo JL!

  11. Carol
    04 de maio de 2012 - 23:32

    Olá Lia
    Adorei o seu look, que linda! amei a sapatilha, agora elas estão com tudo né, amei! ótimo post!
    Bjs!

  12. Suzanne B.
    04 de maio de 2012 - 23:34

    também não vejo problema em comprar coisas inspiradas” nas originais, até porque são bem mais em conta, o que é meio tosco mesmo é comprar coisas falsificadas… adoro essa sobreposição de camisa e suéter <3

  13. tamy
    04 de maio de 2012 - 23:35

    Lia, não vou me estender aqui, concordo plenamente com o que escreveu e ponto. Só queria adicionar que tenho a sensação, talvez errada, enfim, de que você está postando mais, talvez seja pelos varios looks do dia seguidos e pelo pinterest, mas se estiver certa essa sensação queria dizer que tô gostando muito de ver você mais próxima! =)
    Ah e o look ficou ótimo, difícil combinar sem parecer infantil, mas vc conseguiu.

  14. Alice
    04 de maio de 2012 - 23:36

    Lia, adorei o post. Nós, mulheres, muitas vezes nos sentimos obrigadas a andar sempre na moda, com tal marca! Acho importante você demonstrar que a pessoa tem q conscientizar seus gastos, seus VERDADEIROS desejos e pesar muito bem. Não vale morrer por conta de uma Chanel, o importante é você sentir bem com vc mesma, independente da marca que vc carrega ou não, né?! hahaha! Adoreeei o post! Ainda bem q mantenho mto meu pé no chão pq vc muitas vezes é minha diabinha mesmo, vejo e penso: EU QROOOO! Beijos
    Ps: eu sou da época da sua associação contra copycats!

  15. Ana, Testei... e você???
    04 de maio de 2012 - 23:36

    Liaaaa! Quero essa sapatilha de gatinho pra mim!!! Ficou lindaaa, combinou com você o look, tá gatinha! Beijos!

  16. Evellyn
    04 de maio de 2012 - 23:46

    Post super legal Lia,
    adorei saber sua opinião sobre isso! Acho que na moda acontece demais e não vale ficar pegando estresse por isso.. Concordo mt contigo.. acho nada a ver é usar fake e fingir que é original pq fica mt forçado (mas as pessoas sentem uma necessidade de afirmação que rola dessas!) Mas sou hiper a favor dos inspireds!

    E fiquei rindo com sua associação contra copycats.. Qnd comecei a blogar e conheci o seu (sério, tipo um dos primeiros que conheci, la no fim de 2002) eu via que tinha mt dessas coisas de copycat mesmo! rs Mas o tempo passa e a gente vai ficando mais ‘maleavel’ com as coisas!

    Enfim, amei a sapatilha… vendo que tem uma versão mais em conta ate posso pensar em ter uma! rs

    bjsss

  17. Bárbara S.
    04 de maio de 2012 - 23:52

    Falou tudo!! Tem uma grande diferença entre Inspired e Fake.. você usando uma peça com o logo/nome de uma marca ela não sendo produzido por essa marca é como se tivesse tirando dinheiro dela, sabe?
    E agora tem essa história de “réplica”, principalmente de relógio. Cara, é falso, fake!! Que que custa fazerem um relógio igualzinho mas sem o maldito nome da marca né?
    Bjs

  18. Dandara Lequi
    04 de maio de 2012 - 23:52

    Muito bom o post, lia :)
    Amei a sapatilha também

  19. gisele lopes
    05 de maio de 2012 - 00:04

    Gostei do texto Lia! Eu aprendi esse jogo da moda na internet. A gente tem que se inspirar e não pirar…bjoss

  20. Khetlin Gomes
    05 de maio de 2012 - 00:04

    Poxa Lia, que bom ler isso! Achei que nenhuma blogueira desse mundo pensasse assim, rs. Concordo contigo em todos os sentidos, vc precisa gostar da peça em si… seja da cor, da textura, do modelo, do tecido, do conforto que te proporciona … a marca é um detalhe! Amei, amei, amei o post! E o look ficou mt lindo hahaha
    Super beijo :*

  21. Milena Farinhake
    05 de maio de 2012 - 00:09

    CONCORDO COM VOCÊ LIA. Li hoje mesmo no blog da Camila Coutinho das sapatilhas de gatinho e, acho que o que vale é ter o que você quer. Acho RIDÍCULO aquelas pessoas que andam com Louis Vuitton ou VH e mostram nos pés e/ou no cabelo que é falsa! Claro, ter uma bolsa BONITA é tudo, que mulher não é tentada? Mas acho que comprar uma outra bolsa bonita ao invés da fake vale muito mais a pena! Esses dias comprei uma na renner linda, e em promoção ainda, contei pra todo mundo com orgulho que paguei R$40,00 na minha bolsa vermelha! kkkk E confesso que quando vejo algo do tipo, sua sapatilha de gatinhos, intriga bastante a vontade de ir atrás de uma igual, mas acho que primeiro tem que ter o que se ‘precisa’ e o que a gente quer mais! Mas sim, eu quero uma dessa também! HAHAHAHAHAHAH Adorei o post *-*

  22. danisohdani
    05 de maio de 2012 - 00:14

    Oi, Liaa!!! =D
    Ameeei o post e há tempos que quero te dizer isso: um dos motivos para continuar firme e forte te acompanhando no blog é pq você é uma das únicas blogueiras que inspiram o “possível” nos looks. É muitooo legal ver um anel lindo no seu dedo e saber que é da 25 ou um cardigã que é da Marisa!! Se eu gostar muito, poderei me inspirar em você e comprar e tals!

    Eu tenho certas reservas em gastar abusos com roupas,(mas não vejo problema em gastar com livros e séries, por exemplo! rsrs) então sempre procuro “inspireds” quando dá! Acabei de deixar de seguir um blog pq a blogueira só usa chanel e etc e não consegui ter uma identificação, pelo menos não por enquanto, quem sabe quando eu tb for rica, neh??? rsrs

    Amei o look!!! Ficou fofo e sério na mesma medida!!

    bjos!

  23. Mariella Pilotti
    05 de maio de 2012 - 00:19

    Nossa, eu lembro dessa época contra copycats, hahahaha! Sobre o post, concordo em gênero e número! Lindo look, adorei a malha, acho que vou customizar, hahahaha.

  24. Alessandra Taranto
    05 de maio de 2012 - 00:21

    Mais ainda que o look, adorei a declaração. Me fez pensar um pouco mais sobre essas neuras de marcas e consumo. Tenho até evitado entrar nos blogs que amo pra não me sentir deprê por tantos querês e poucos poder. Mas tenho que fazer uma limpeza mental e não deixar que isso me impeça de ver tudo de bonito que os blogs trouxeram pra minha vida. Só tenho a agradecer às blogueiras que nos dão dicas de como estar linda e na moda, só nos cabe interpretar essas dicas e moldá-las à nossa realidade. Vou pensar nisso diariamente pra controlar esse meu consumismo aguçado.

  25. Milena
    05 de maio de 2012 - 00:22

    Nossa, super coerente cada linha que você escreveu.
    Acredito demais que nossas escolhas são bem melhores quando baseadas no valor afetivo e não no valor de mercado!
    Parabéns pelo post!

  26. buvilagran
    05 de maio de 2012 - 00:24

    CLAP CLAP CLAP!

  27. Ritielle Nunes
    05 de maio de 2012 - 00:24

    Lia, concordo com tudo o que disse! Tudinho mesmo!
    E o gatinho eu também tenho (tambem sou apaixonada por gatos)! Já tinha visto esse da Charlotte e simplesmente enlouqueci quando vi no face da Imporium! To louca pra estrear!

    =*

  28. Samara
    05 de maio de 2012 - 00:25

    Oi Lia, achei bem pertinente seu post, n customizo roupas, mas como trabalho com dança eu mesma faço meus figurinos, e é mto gostoso alguem ficar surpreso e dizer “nossa, foi vc q fez?”!
    Ninguem vai ter igual, vc vai ter um look exclusivo! olha q chique beeeim! kkkk

  29. daniele
    05 de maio de 2012 - 00:27

    Eu adoro essas matérias de customizar alguma roupa ou acessório (inclusive eu conheci o justlia procurando no google algum tutorial para customizar short jeans :P), pena que a maioria dos blogs não tem mais o costume de postar esse tipo de matéria.. :( MASSS.. adorei o texto, muito bom! Vi essa sapatilha Emporium no GE e fiquei louca com o preço!!!! sabe se eles tem loja virtual?

  30. Loma
    05 de maio de 2012 - 00:28

    Lia, assino em baixo de tudo o que você escreveu. Muitas pessoas não entendem que cada blog fala de um determinado poder aquisitivo e acha que tem que sair comprando Gucci e Louboutin. Eu adoro customizações, acredito que boas idéias podem até incrementar determinado conceito de moda. Achei muito bacana da sua parte debater sobre isso, quanto muitos blogs ~de moda~ fogem dessa polêmica inspired ou tentam parecer o que não são – ou fingir que tem o que não podem ter. Parabéns! É por isso que você sempre foi (desde a época dos copycats, quando eu tinha blogs no zip.net e já te amava) e sempre será a minha musa mor na blogosfera! <3

  31. Nana
    05 de maio de 2012 - 00:28

    Aaaa..amei o post!Mandou bem, SUPER necessário! E o barraco virtual era uma loucura, todas as blogueiras pro wall of shame…kkkkkk..era divertido..
    A sapatilha é muito fofa, se eu achar algo parecido aqui no Rio, com certeza vou comprar..
    bjs!

  32. Daniele
    05 de maio de 2012 - 00:31

    Concordo plenamente com esse texto, inclusive eu adoro essas matérias de customização de roupa ou acessório e foi assim que eu encontrei o justlia hahah, procurando um tutorial de como customizar um short de tachinhas! Só mais uma coisa, eu vi também essa sapatilha com um precinho ótimo num posto do GE, queria saber a imporium tem loja virtual ou se alguma loja virtual vende sapatos da marca, será que alguém sabe informar?

  33. Julyane Lima
    05 de maio de 2012 - 00:37

    Suuper concordo ctg Lia! Acho que quem compra quqlqr coisa, msm que não ache bonita, mas gasta milhoes SÓ pq é de grife, mt fail.
    E acho que itens inspired pode, copia de marca não pode, sempre falei isso e bati o pé qd passeio pela 25 hahaha
    E eu eeera dessa época do NO COPYCAT kkkkkkkkkkkkkkkkkk desde essa época visito aquii, leitora velha ja! rs

    Beiijo, amei o look

  34. Tarsyla
    05 de maio de 2012 - 00:37

    Essa sapatilha é linda!!! OMFG! =0
    Desejei horrores.
    Adorei tudo o q tu escreveu, siiim li tudinho; mas sou péssima pra me expressar… enfim concordo com o q tu disse, e quem dera TODAS as blogueiras tivessem o mesmo pensamento!
    Bjosss

  35. fê loverox
    05 de maio de 2012 - 00:40

    Adorei o texto! E acho tb que as vezes
    Comprar algo inspired te ajuda a decidir se vale a pena investir no verdadeiro tb! E, lógico, pra quem nao eh milionária é um ótimo jeito se ficar atualizada com “modinhas” que podem se tornar cafonas mês que vem. Comprei um inspired da Isabel Marant e falei justamente isso no blog hoje. Tb nao tenho coragem de dar 300 mangos nos inpireds da arezzo e schutz, já acho demais.

  36. Jéssica Puglielli
    05 de maio de 2012 - 00:57

    Ai Lia, é tão bom ler você! Estava com saudade dos seus posts e da sua sinceridade!
    Sabe, com esses milhões de blogs por ai, muitas meninas acabam entrando em altas dívidas só para ter algo parecido com o look da blogueira, ou para usar o batom que a blogueira usa. Não são todas as blogueiras também que indicam um produto pq realmente GOSTAM do produto e acreditam no que ele pode fazer… Muitas blogueiras indicam produtos apenas para ganhar com a publi, não que fazer posts de publi é errado, mas vc tem que fazer se vc se identifica mesmo com a marca em questão. Acompanho vc a muitoooo tempo e nunca duvidei do que vc postou pq sei que desde o começo vc faz isso de coraçao… Se isso virou um trabalho depois foi apenas resultado do seu esforço e dedicação.
    Um grande beijo.
    Continue escrevendo.
    =*

  37. Thais Soares
    05 de maio de 2012 - 01:05

    Lia, eu faço listas de desejos também, sempre fiz no papel que guardo embaixo do note! hahaha Mas agora com o Pinterest vou visualizar melhor! ;-) Acho que assim a gente foca mais no objetivo! Gostaria de saber onde você comprou o short de renda, estou louca por um! Please! ^^

  38. Anne
    05 de maio de 2012 - 01:07

    Você arrasa nesses tipos de posts! Amo demais! Concordo com cada palavra, não tiraria e nem colocaria nenhuma vírgula, assino embaixo.
    Adorei o look, você foi a que melhor usou a sapatilha de gatinho! (E estou comparando com as famosas que usaram!)

  39. Juliana
    05 de maio de 2012 - 01:08

    Lia, espero mesmo que esse comentario seja aceito, pq vou dar minha opinião sincera… eu compro o que eu estiver afim e ponto! pode ser o que for, inspired, fake com logo da marca.. cada um compra o que quiser! eu por exemplo JAMAIS gastaria meu dinheiro numa sapatilha de gato, pq nao gosto, acho feio mesmo e pronto! mas gosto é gosto cada umtem o seu! Agora se eu quiser comprar uma bolsa fake com logo LV eu vou comprar e duvido que vc vai olhar e dizer que é fake (tenho bom gosto pra fornecedores rs) e pronto! cada um compra o que quer…. enfim! beijos

  40. Camilla Marques
    05 de maio de 2012 - 01:14

    Oi Lia concorco com vc em tudo! eu também comprei essa spatilha da imporium semana passada e amei, comprei pq queria uma sapatilha de gatinho, pq vi que algum blog postou uma foto de uma menina usando, sério nem me liguei de que marca era, só queria uma parecida e que coubesse no meu orçamento, até pensei em customizar uma, mas não tenho jeito de artista. Só sei que estou apaixonada na minha spatilha da imporium que na minha opinião é muito original! Bjuss

  41. Luana
    05 de maio de 2012 - 01:16

    Muito bom o post Lia! Eu também sou assim, eu me apaixono pelo produto e não pela marca. E sobre o look: Ameei a camisa jeans com a malha por cima! E a sapatilha de gatinho é uma graça *.*

  42. Janaína
    05 de maio de 2012 - 02:02

    Acho que este é meu primeiro comentário aqui..rs
    Mas, não pude evitar. Não sei explicar, mas senti até uma certa emoção com seu post.rs. Sério, fiquei os olhos marejados..rs . É de uma maturidade e realidade quase nunca vistas no mundo da moda. Muitas pessoas o acharão o máximo, mas talvez não o entenderão de verdade. Mas, é como vc mesma disse : cada um com seu jeito.

    Ah, que sapatilha fofa! Adorei! =]

  43. Camila
    05 de maio de 2012 - 02:07

    Lia, adorei o seu post. Concordo em tudo que você falou. Quando visito outros blogs dá para notar diferenças extremamente visíveis entre as blogueiras. Tenho o costume de tentar desvendar a personalidade da blogueira só pelo design e modo de escrever de cada uma. E preciso confessar que de todos que costumo acompanhar, o seu é o que mais me identifico, não pelas matérias, mas pelo jeito de expor as ideias. Acho que aqui as coisas são mais naturais e dentro do mundo que vivo. Outros blogs, muitas vezes, me faz sentir uma extraterrestre. E não é pelo fato da blogueira ser a rica milionária, mas o fato de ter que reforçar e comprovar a cada post que possuem “tal peça de tal grife que é ótima!”, como se fosse o substituto do oxigênio da sobrevivência humana. Assemelham-se a pessoas fracas, onde o mundo delas gira em torno das grifes. Normalmente parece uma coisa que não é natural. E isso faz com que toda a essência do blog de disperse no primeiro momento. Nada contra as grifes, cada um tem o que quer e o que pode ter. Mas é a bajulação excessiva misturada com a necessidade de se auto afirmarem através desde escape que estraga tudo. Para não ser só negativa, já vi algumas pessoas que usam e adoram as grifes mais badaladas utilizando brilhantemente isso ao seu favor, de modo que tudo parece se encaixar perfeitamente naquele ambiente e pessoa.

  44. Laura
    05 de maio de 2012 - 02:22

    Ai Lia, eu acompanho seu blog há um maior tempão. E sabe o que eu sempre admirei? Sua simplicidade em tudo. E falando mais especificamente dos looks, eu sempre amei que você não colocava simplesmente mil coisas de marca que eu nunca iria ter. Eu achava incrível os looks que você fazia tipo “vestido de festa da C&A” e arrasava!! Você nesse post disse exatamente o que eu penso. Não tenho condições de ficar gastando todo o meu rico dinheirinho em roupas e acessórios de marca só porque têm uma assinatura importante. (Uma vez ou outra até vai!) E acho que a gente não perde em nada por pensar assim. Pelo contrário, acaba sobrando mais dinheiro e tendo mais peças, mais opções. Como a minha irmã diz: “Por que eu vou comprar um vestido simples de malha por 400 reais nessa loja se em uma outra eu posso achar 3 tão lindos quanto pelo mesmo preço juntos?!”. hahaha
    Enfim, amo aqui, Lia. Continue assim. <3

  45. Mayara Farel
    05 de maio de 2012 - 03:25

    Mas é claro que eu vou querer ouvir você!ruum
    Então, quando era adolescente tinha muiita frescura em relação a marcas, tinha lojas na minha cidade que nem entrava!De uns tempos pra cá, percebi que tudo isso era pura bobagem, até porque nunca fui rica, então não dá pra pagar como tal!Antes eu usava marca, hoje uso roupas, uso o que eu gosto e acho bonito, as lojas que antes nem entrava, hoje eu caço coisas e se gostar levo.
    E independente do preço eu compro, claro que dentro da minha realidade, né!hauhauahua
    ;)

  46. Paula
    05 de maio de 2012 - 07:43

    Olha, geralmente eu não comento quando concordo, mas pra vc não ficar reclamando resolvi comentar Hauahuaha
    Concordo com absolutamente tudo q vc disse sobre marcas! E digo mais: tenho preguiça de blogueira q só posta coisa de grife, só faz look do dia com peças caríssimas (fora umas a tão sempre parecendo a tão indo numa festa)! Afe, parece uma vitrine ambulante e passa a impressão q a pessoa só quer mostrar q tem dinheiro sobrando (e o leitor é um pobre coitado q não vai ter nunca uma bolsa chanel)

    Ah, e esse look do dia eu amei, super usaria tudo!

  47. Bia
    05 de maio de 2012 - 07:50

    Oi Lia, legal seu post. Sou leitora das antigas ( da época me q todo mundo juntava para falar mal das copycats rs ) e tomei um susto enorme qd vi TODOS os blogs só falando sobre moda e o pior, sobre coisas caríssimas que meu orçamento (mesmo de pessoa adulta agora rs) não dá para comprar.
    E ai eu fico pensando apra que comprar uma coisa tão cara ? Só para dizer q é de marca ? Tem coisas q vejo em blog por aí que não dá no orçamento de uma menina comum de jeito nenhum !
    Achei ótimo o q vc postou , talvez abra os olhos de mtas meninas que acham que têm de consumir determinada coisa para ser melhores.
    Beijos,

  48. Juliana Sena
    05 de maio de 2012 - 08:58

    Lia, adorei todo o look!
    E que “postão”, hein? Li tudo e concordo com sua opinião.
    Agora me responde, vc comprou essa sapatilha no RJ? Queria tanto uma igual…é fofinha demais.
    Beijos.

  49. Mariane
    05 de maio de 2012 - 09:12

    Adorei Lia, falou tudo! A sapatilha é lindinha.

    Beijos

  50. Kah
    05 de maio de 2012 - 09:20

    Amei o texto. Eu odeio quando as pessoas se apegam demais à marca, acha que algo é melhor só por ser grifado. Se eu gostar (e puder) eu compro, não importa a marca!

  51. jessica lopes
    05 de maio de 2012 - 09:26

    adorei o texto, eu tenho um blog mas ainda não tive oportunidade de me aprofundar nas compras de make ou roupas, mas por que sei que agora não posso, mas adoro customizar e acho isso bem válido através de um DIY. O texto me mostrou que nem as blogueiras mais cotadas na internet diz que precisa de marca para ser popular, tu eis popular por talento e não por mostrar riqueza!

  52. mariana
    05 de maio de 2012 - 09:29

    Por isso que eu amo esse blooog!
    Vc eh dmais Lia e desde que conheci o seu blog, visito ele tooooodo dia, aprendiii e aprendo muuuito. Parabens msm!bjoO

  53. Gislene
    05 de maio de 2012 - 09:58

    Lia, achei super bacana seu post e sua iniciativa.
    Acho que a questão vai também da cabeça das pessoas. Os blogs são bacanas pq acabam por um lado mostrando produdos bacanas, achados, looks inspiradores. Por outro lado, acho que há muito uma incetivação ao consumismo. Todo mês a MAC lança um batom lindo, por exemplo, que aqui no Brasil custa super caro. Se formos comprar tudo, no final do mês o banco vai estar sempre no vermelho. Acho que devemos estabecer nossas prioridades e o nosso bolso deve estar de acordo. Não sou ligada a nenhuma marca, não acho bacana usar uma bolsa FAKE descaradamente. Agora as versões inspired são super bacanas e muita gente tem e nem sabe. Achei sua iniciativa bacana, assim as pessoas podem saber que nem sempre o bonito é o mais caro. Você usa looks bem bonitos, viaveis e que estão dentro de uma realidade comum. Super comprei aquele colar geometrico do Ebay depois que vi aqui :)

  54. Gabi
    05 de maio de 2012 - 10:11

    HSUHASUHSUAHUSHAU ri demais com os comentários dos meninos sobre a sapatilha de gatinho. A sapatilha ficou linda com esse look!

  55. Tati
    05 de maio de 2012 - 10:28

    Comcordo totalmente com vc! É bom ver que nesses tempos de glamour dos blogs ainda tem alguém com a cabeça no lugar, que não se considera melhor que o resto da humanidade só pq usa determinadas grifes!
    E fiquei curiosa quais foram as duas peças caras que vc comprou, principalmente a que vc pegou birra hehe pode contar?
    Beijo

  56. pi
    05 de maio de 2012 - 10:41

    Discordo do discurso, em partes, porque sou Designer e defendo o meu com unhas, dentes e advogado! Mas confesso que amei a sapatilha. Se a Melissa tivesse tido a consideração de fazer a Mini Melissa Ultragirl gato em versão adulta, eu a compraria e dane-se se sou “velha” para isso. Pena que não uso couro e a tal da Imporium não tem loja online, então, a sapatilha-gato continua na lista de desejos…
    Ah! Amei a malha!

  57. kryshna
    05 de maio de 2012 - 10:47

    amei a sapatilha e linda…….

  58. Tainara
    05 de maio de 2012 - 10:47

    Eu simplismente AMEI, quero uma sapatilha dessa pra ontem, e tô agora msm fazendo um sueter personalizado com perolas, vai ficar tipo o seu!

  59. Dani
    05 de maio de 2012 - 10:55

    Eu gosto do seu estilo, Lia. Acho que você usa de tudo numa boa, sem se preocupar com marca. Mas discordo quando você diz que não tem paixão por grifes, a maioria das suas roupas são da Zara(pelo menos as que vc posta aqui). Eu amo seu Blog, te acompanho desde a época que você fazia daqui um diário virtual, e falava toda fofuxa. Tenho uma revista com uma matéria que fala de algumas Blogueiras e lá está você, com carinha de menina. Mas confesso que fiquei triste quando vi que você tinha Twittado uma frase falando mal sobre o Instagram para Androide, ou seja, desmerecendo totalmente quem tem um. Não vou deixar de gostar de você por isso (sei que vc tb não tá nem aí, rsrs), gosto demais de vir aqui e não vou deixar de te admirar por isso, mas eu confesso que fiquei tão triste e decepcionada com essa sua atitude. Bjs, e por favor, não fique chateada comigo, mas meu carinho por você é imenso e eu precisava falar (nem precisa aceitar se não quiser)

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:19

      Dani em 05 de maio de 2012 às 10:55 disse:

      Eu gosto do seu estilo, Lia. Acho que você usa de tudo numa boa, sem se preocupar com marca. Mas discordo quando você diz que não tem paixão por grifes, a maioria das suas roupas são da Zara(pelo menos as que vc posta aqui). Eu amo seu Blog, te acompanho desde a época que você fazia daqui um diário virtual, e falava toda fofuxa. Tenho uma revista com uma matéria que fala de algumas Blogueiras e lá está você, com carinha de menina. Mas confesso que fiquei triste quando vi que você tinha Twittado uma frase falando mal sobre o Instagram para Androide, ou seja, desmerecendo totalmente quem tem um. Não vou deixar de gostar de você por isso (sei que vc tb não tá nem aí, rsrs), gosto demais de vir aqui e não vou deixar de te admirar por isso, mas eu confesso que fiquei tão triste e decepcionada com essa sua atitude. Bjs, e por favor, não fique chateada comigo, mas meu carinho por você é imenso e eu precisava falar (nem precisa aceitar se não quiser)

      Eu lembro a primeira vez q fui na Zara: trabalhava como webdesigner na Game tv e acompanhei uma amiga. Fiquei assustada com os preços, achei surreal.
      Hj a Zara tem preços q considero ok de pagar e de todas fast fashion eh a q traz mais rapidos as tendencias. Alem disso, mtas peças deles tem numeracao europeia q significa calças compridas de verdade (tenho 1m78 e em outras lojas, soh acho calça curta).
      Zara nao eh uma grife!!!! Nao sei se vc ja entrou na loja, mas mo prlo contrario, ela eh uma das que mais cria inspireds no mundo!!!!

      Sobre a frase: foi total infelicidade minha, entrei no clima das piadinhas q tavam rolando e me arrepwndi no segundo seguinte que twittei. Se vc usar a busca do blog vai er que eu ja tive 2 smartphone com android e adorava.
      Alem isso, agora minha irma e namorado podem ter instagram, pq eles sao usuarios. Realmente, foi um vacilo besta meu, nao fique chateada, nao expressa o q eu realmente sinto.

      Um beijo, e obrigada pela sinceridade!

  60. jessica
    05 de maio de 2012 - 11:17

    amei o post Lia!! pq ando meio cansada de ler por aí que a gente “tem que ter” tal marca… muito bom ver que vc pensa assim, pq atualmente até as fast fashions estão antenadas, as tendências chegam rapidinhos nelas, é só saber “garimpar” que dá pra ficar bem vestida com muito menos.

  61. Mariana Carvalho
    05 de maio de 2012 - 11:25

    É por coisas assim que adoro seu blog Lia, e ele passa fácil fácil na frente de muitos outros blogs que tbm leio(e porque não,ne?!).. não se compara, a gente sente simplicidade e simpatia de longe em você, Lia!
    E pelo que vi nos outros comentário, quase todas (se não todas!)tbm pensam assim!!!
    Beijo enorme e continue assim Lia, sincera e de personalidade pura! :) :*

  62. eve
    05 de maio de 2012 - 11:28

    Adorei o post, e seus pensamentos. Acho legal ter coisas bonitas, tentar andar bem vestida para se sentir bem, mas as vezes vejo pessoas que se importam apenas com a marca e em ostentar riqueza e luxo. Outro dia vendo em um blog sobre os preços de bolsas de luxo no valor de 16 mil reais, fiquei pensando por mais dinheiro que voce tenha, ela vale tudo isso? Voce esta comprando a beleza da bolsa ou o status social que ela te dá? Será que o encanto é só dizer que tem poder para ter essa bolsa logo é superior a muita gente ou somente esta interessada na beleza do objeto?
    Acho que comprar peças falsas realmente é nada haver, mas quanto as inspiradas na original não vejo problema nenhum e nem tira consumidor do original .
    Adorei o look, ficou muito charmoso. Infelizmente não posso usar sapatilhas devido um problema ortopédico, mas com certeza se pudesse esta já estaria nos meus pés.
    beijos

  63. Isabela
    05 de maio de 2012 - 11:30

    Ficou lindo Lia! :o

  64. Kalinka
    05 de maio de 2012 - 11:57

    Quanto vc tem de altura lia?

  65. Fernanda
    05 de maio de 2012 - 11:59

    Lia! Primeiramente, queria te parabenizar pelo post! Sempre que vc traz esses assuntos mais sérios à baila, vc o faz com uma naturalidade e clareza não fica chato de ler! Not at all! Agora, o assunto leva àuma discussão interessante (talvez chata para muitos =P) sobre a proteção jurídica que a moda merece (sou advogada, por isso fico pensando nessas coisa, que, de novo, muita gente pode achar super chato). Se nós damos proteção à uma marca, porque não pensamos no mesmo para designs de roupas? Isso é até o que foi levantado naquele caso YSL vs. Loubotin, não sei se vc conhece.. De qq forma, certamente quando juízes e advs tiverem que resolver isso, vcs blogueiras terão de ser ouvidas! Afinal, quer uma opinão melhor que a de vcs sobre o assunto? Bom, falei demais, mas só quero concluir que, entre os diversos valores envolvidos nessa questão, eu prefiro o da “democratização da moda”, e acho que nisso estamos de acordo :) mais uma vez, parabéns não só pelo post, mas pelo blog! Está cada vez melhor!

  66. Anne Kulpa
    05 de maio de 2012 - 12:01

    Adorei o post Lia! Arrazou!!! bjs

  67. […] A Lia escreveu um post excelente sobre originais e cópias, faço minhas as palavras […]

  68. Celinha
    05 de maio de 2012 - 12:22

    Ó uma leitorinha das antiga aqui kkkk, eu lembro como vc ficou louca quando a menina copiou seu layout da Sininho. Eu sigo seu blog pq acho que vc não ficou deslumbrada, mas, sinceramente, tem blogueiras por aí que são pura ostentação. Ainda bem que vc é pé no chão. Também acho bobeira esse negócio de grife. Gostou? Não importa se não tem marca, compra e usa à sua maneira. Agora fiquei triste com a sapatilha pq a Imporium não tem loja virtual e moro em Sampa.Achei muito linda.

  69. Mía
    05 de maio de 2012 - 12:32

    Eu sou da época do copycat e também já fiz parte de “associações” auahauahaua

    Lembro também da época do Girls Making quando fazíamos template (nome velho né? hehe) e as meninas ficavam enlouquecidas esperando que nunca vissem alguém com o mesmo q escolheram

  70. Julia
    05 de maio de 2012 - 12:43

    Ótimo post. Li tudinho! :)

    E dane-se que eles não gostaram da sapatilha, achei queridíssima <3

  71. Mandy
    05 de maio de 2012 - 12:53

    Adorei seu post, de verdade MESMO! Estava precisando ouvir (ou melhor, ler) algo assim (e tenho certeza que um monte de menina aqui tambem)… tô num momento em que “preciso” de determinada coisa e fico na maior deprê por não poder ter aquilo que eu quero, ainda mais quando o preço da “inspired” também não colabora né? hehe.
    Enfim, Achei demais você ter falado sobre isso. :) brigadão Lia, seu blog sempre inspirando as leitoras. Sucesso, um beijo!

  72. Thata Chaves
    05 de maio de 2012 - 12:54

    Lia, quando descobri esse mundo que são os Blogs!
    O Just Lia foi um dos primeiros blogs a estar
    nos meus favoritos, muitos já saíram de lá, outros
    novos entraram mas,o seu permanece, em meio a tudo
    que há e tudo que leio sobre o meio Blogueiro,
    ainda te admiro muito, ainda vejo a simplicidade
    de sempre que há em ti, e por isso continuo vindo
    aqui todos os dias! Parabéns pelo post fantástico
    você é uma linda!

    BeijoO

  73. Andressa Marques
    05 de maio de 2012 - 13:05

    Lia, a sapatilha de gatinho você comprou na loja física ou conseguiu através daquele e-mail da gerente para encomenda? Arrisquei encomendar uma pra mim, já que a que vende online está esgotada, espero que dê certo!

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:43

      Andressa Marques em 05 de maio de 2012 às 13:05 disse:

      Lia, a sapatilha de gatinho você comprou na loja física ou conseguiu através daquele e-mail da gerente para encomenda? Arrisquei encomendar uma pra mim, já que a que vende online está esgotada, espero que dê certo!

      Pela internet pq nao tem loja aqui!!

  74. Raissa
    05 de maio de 2012 - 13:20

    Sempre frequento o blog, mas nunca tinha comentado hehehe, mas tô comentando pra dizer que adorei o post, concordo total…e também pra poder falar: atéééé que enfim fizeram essa sapatilha de gatinho!!!!! :D

  75. Priscila
    05 de maio de 2012 - 13:22

    Lia, amei o look, sua sapatilha é realmente muito linda! E quanto a esse negócio de moda e de moda fake, acho que você está super certa, não ter dinheiro pra comprar um Loubotin e comprar um sapato da sola vermelha (aliás eu tenho um sapato da sola vermelha que eu amo tanto!) tudo bem, mas comprar um fake e passá-lo por original já não é legal..

  76. marcela
    05 de maio de 2012 - 13:31

    concordo!
    acho que as blogueiras às vezes nao tem noção do poder de influência que tem sobre as leitoras.
    claro que se a menina pode usar o ‘original’, usa! mas é legal ver essa interatividade e mostrar como se pode ficar bonita sem gastar uma fortuna.

  77. Suellen
    05 de maio de 2012 - 13:43

    Ameeiii *—* essa sapatilha.
    Gostaria de comprar uma pra mim também, mas no site da Imporium eu não achei, você pode me ajudar. please :)

  78. natalia
    05 de maio de 2012 - 14:12

    Ah Lia, concordo muito com tudo que vc disse. Se a gente gosta e usa bastante vale pagar R$10 e vale pagar R$200, desde que esteja dentro das nossas possibilidades. Só não vale querer comprar coisa cara e ter nem onde usar.

  79. Poli
    05 de maio de 2012 - 14:19

    Eu tbm me apaixono por coisas e não por grifes, mas não sou fã de cópias, prefiro algo sem marca do que usar algo que imita.
    Achei o look bem legal e fofo!!!
    Beejos

  80. Marina
    05 de maio de 2012 - 14:21

    Eu vim de uma família de costureiras e resolvi aprender a costurar também a pouco tempo. Normalmente eu tenho uma regra pras coisas que eu faço…se é possível ser copiado então pode ser copiado.
    Afinal de contas por mais que uma ideia pareça super original o próprio criador da peça se inspirou em vários outros trabalhos para chegar no ponto final. Então quando eu vejo que da pra bordar daquela forma, ou da pra copiar aquele recorte, qual seria o mal?Você não ta falsificando uma peça e nem afirmando que aquilo é de tal marca, só se inspirou na ideia. Eu deixo para investir o dinheiro quando encontrar um bordado nível ultra hard, uma estampa impossível de se encontrar, um desenho super diferente,ou caso seja acessível para comprar a marca que eu gostei tanto.
    E é isso que é o interessante da moda, você não tem patente na moda, os estilistas tem sempre que se reinventar, eles vão fazer coisas melhores para continuar tendo reconhecimento, e isso é bom.
    ps: De volta ao túnel do tempo com sua associação anti copycats, era da época que eu ia no dolls.

  81. Ginha
    05 de maio de 2012 - 14:45

    Ai, eu leio isso e me pergunto “o que vc faz no meio dessas fuckhitas”?????

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:13

      Ginha em 05 de maio de 2012 às 14:45 disse:

      Ai, eu leio isso e me pergunto “o que vc faz no meio dessas fuckhitas”?????

      Ginha, vc sempre eh agrdavel nos comentarios e faz partiipacoes q eu adoro. Nao achei q precisava falar assim
      Um beijo.

  82. Ane
    05 de maio de 2012 - 14:50

    ”Prefiro usar algo sem marca do que usar algo que imita” concordo com a Poli. E Lia ta lindona!

  83. Lóly
    05 de maio de 2012 - 15:05

    hahahah, eu TENHO que comentar! Lia, você tá mega inspirada ultimamente, hein? Isso é BOM!
    Meu, eu sou da época das coypcats. Puuuuuuuutz! Revirei meu baú agora! Pelo jeito eu saí dessa onda de internet e você só ficou mais afiada ainda (lê-se craque!).

    Beijocas!

  84. Friday
    05 de maio de 2012 - 15:26

    Lia, sua fofa! Nunca vi nenhuma outra blogueira de moda abordar o tema consumismo como você fez, gostei mesmo viu? Por isso amo esse blog, ele tem um diferencial enoooorme =)

  85. Vi
    05 de maio de 2012 - 15:29

    Bacana uma garota com valores como os seus nesse mundo dos blogs, Lia! Bom gosto não tem preço!

  86. Liane Franco
    05 de maio de 2012 - 15:31

    Um ótimo texto, bom pra fazer refletir, e amei a sapatilha!!!!

    :)

  87. Cristiane
    05 de maio de 2012 - 15:40

    Menina, virei sua fã… Você mostrou muita maturidade com essa reflexão sobre o consumismo. Compartilho da sua opinião. Bjus e sucesso.

  88. Equipe Imporium
    05 de maio de 2012 - 15:50

    Parabens pelo texto incrivel….”O belo tem de ser pra todos”…bjs no coracao

    • Erika Tereza
      06 de maio de 2012 - 08:47

      É possível venda online da sapatilha???? Sou de SP….

      Ah, gostaria de saber ainda se vcs trabalham com numeração 33…

      Bjs.

  89. rafa
    05 de maio de 2012 - 17:24

    Aiai lia, todas as palavras que vc linka nos teus posts eu saio clicando para ver oq é ahusahsuah Estou amando coisas de tachinhas, esses dias eu tava no shopping daí passou uma moça com um sapato igual aquele seu branco de tachinhas aí eu: OOOHHH IGUAL DA LIAA! ahsuahsuhs com maior cara de babaca e a mulher me olha tipo Oo e ainda TEM CORAGEM DE ME PERGUNTAR: quem é Lia??? E eu *sorriso amarelo sem graça* tento sair de fininho ahusahsuhs e apaixonei nessa bolsa, adoro azul!!!

  90. Bianca
    05 de maio de 2012 - 17:27

    Acho muito legal customizar para si, mas acho meio tosco uma marca consolidada fazer uma versao IDENTICA de algum objeto só pq sabe que vai vender bastante se disponibilizar no mercado uma versao mais barata. Eu compraria mesmo assim, hahaha, mas acho que é um atestado de falta de criatividade para a marca.

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:12

      Bianca em 05 de maio de 2012 às 17:27 disse:

      Acho muito legal customizar para si, mas acho meio tosco uma marca consolidada fazer uma versao IDENTICA de algum objeto só pq sabe que vai vender bastante se disponibilizar no mercado uma versao mais barata. Eu compraria mesmo assim, hahaha, mas acho que é um atestado de falta de criatividade para a marca.

      Concordo!
      Acho q qdo vc cria uma mrca vc tem q dar uma personalidade a ela. E se vc copia o item 100% igual, vai vender, mas perdeu a chance de fazer uma melhoria na inspiracao.

      Existe um conselho que diz:”copie a inspiracao e nao o resultado”.

  91. Jaqueline
    05 de maio de 2012 - 17:27

    Linda sua roupa!! Já vi a Bey usando essa sapatilha…awnnn LINDA!! E essa malha já da inspiração pra um DIY!

  92. Gloria
    05 de maio de 2012 - 19:41

    Fui na Imporium hoje louca por essa sapatilha, calcei e não ficou boa não. Desconfortável demais.

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:10

      Gloria em 05 de maio de 2012 às 19:41 disse:

      Fui na Imporium hoje louca por essa sapatilha, calcei e não ficou boa não. Desconfortável demais.

      Eu sempre compro sapatilhas um numero acima, independente da marca. No meu pe, fica soltinho atras, sem cair. Fca realmente confortavel sem pegar no pe. A minha de gatinho eh um numero a mais e no primeiro uso foi otima!

  93. thiciane carvalho
    05 de maio de 2012 - 19:51

    Lia, menina de Deus meus PARABENS
    pelo post e pelo seu jeito de ser
    e concordo muito com seu jeito de pensar. Não é a toa que que o Just lia faz tanto sucesso e é o meu blog favorito do coração. amooooooo
    bjim

    Ps. linda a sapatilha

  94. Camies
    05 de maio de 2012 - 20:32

    le assinando embaixo. <3

  95. Camies
    05 de maio de 2012 - 20:39

    As pessoas estão esquecendo o que é MODA e o que é MARCA. Tão se perdendo mesmo. Isso da customização e de gostar do conceito, como vc disse, do sapatinho de gatinho e ficar feliz de achar um parecido e fofo pra comprar. Eu penso assim tbm. Fico feliz com esse post :)


  96. 05 de maio de 2012 - 20:55

    Lia, MUITO bom o post!!! Concordo plenamente com vc! E a sapatilha de gatinho é linda! <3

  97. Fá/ Gavetinhadeluxo
    05 de maio de 2012 - 21:05

    Adorei o post! Primeiro porque o texto é super pé no chão, verdadeiro e direto, segundo porque como dona de dois gatinhos enlouqueci com a sapatilha fofa! Beijos Lia! Curti muito o look :), tá linda!

  98. Indira
    05 de maio de 2012 - 21:06

    Fantastico esse seu posicionamento, lia!!!Antes era legal ver e ler nos blogs as alternativas fashion, hoje o que mais encontramos são blogueiras que, agora, só se vestem com marcas e grifes carissimas que a maioria das pessoas “normais” não poderia comrpar. Ademais, dá pra verificar que muitos dos blogs estão “vendidos” p determinadas marcas e fugiram totalmente do foco que tinham anteriormente. Fico feliz que ainda tenham blogs, como o seu smepre agradável de ler!!!Um beijo

  99. Flavia Signori
    05 de maio de 2012 - 21:08

    Excelente post Lia! Espero que o pessoal tenha parado pra ler, porque vale a pena. Gostei de tudo que falou, principalmente por incentivar a customização. Ao usar sua criatividade pra criar o que deseja, torna este objeto único. Quer algo melhor do que um item OOAK (one of a kind)? ^^ Eu mesma quero aproveitar uma sapatilha velha que amo pra transformá-la em uma sapatilha glitteriosa <3

    Sobre o look, mesmo que ELES não curtam, o que vale é que você gostou e se sente bem usando. Eu achei uma gracinha! ^^

    =*****

  100. Tayra
    05 de maio de 2012 - 21:24

    Lia,

    que texto incrível!!! Tudo que eu queria dizer as leitoras acabaram já dizendo, mas eu penso justamente isso: tem que se vestir do jeito que gosta e se sentir bem com isso (independente d’O que eles pensam, da grife, do preço ou da tendência). Super concordo que quando a gente quer muito uma coisa e não tem $$$, vale economizar se achar que vale muito a pena, ou vale seguir adiante e encontrar outras opções – é melhor do que se individar por algo que daqui 3 meses estará fora da moda…

    Excelente, sensato e super sincero. Adorei!!!

  101. Bea Y
    05 de maio de 2012 - 21:31

    Penso bem parecido. Li em algum lugar sobre como que começou essa história de “it item” e o motivo de tal bolsa/sapato ser assim, absurdamente caro. Resumindo bastantão, a peça é caríssima porque tem gente que compra.

    Tem gente que compra porque tem o dinheiro, mas também tem gente que compra porque tem um desejo profundo pelo produto.

    Existem casos e casos, mas comigo o pensamento é assim: se tem uma marca super famosa que faz X que me chamou muito a atenção e eu encontro Y que me chama tanta atenção quanto e por bem menos ($), CLARO que vou ficar super feliz com o Y e ainda fico super orgulhosa por ter o Y barato e bonito, com dinheiro de sobra para fazer uma mini viagem, do que um X bonito e caríssimo que vai me fazer ficar economizando até o final do ano!

    Acho linda a idéia dos blogues que fazem DIYs, pois nada melhor do que customizar para ter algo LINDO sem ter que gastar horrores!

    Adorei o post e também gostei da sua idéia de fazer um look mais “careta” para usar com a sapatilha que poderia deixar infantil.

    beijos

  102. Tamara Mansur
    05 de maio de 2012 - 22:48

    Lia, adoro seu blog e acompanho faz um boooom tempo já, mas nunca tinha comentado (o que vai mudar!!). Gosto tanto desse mundo que resolvi criar meu blog também! Enfim, queria saber de você, porque eu fiz um post sobre saia plissada e quis colocar como exemplos algumas blogueiras que adoroo, como você!! então, coloquei e linkei uma foto sua usando sainha plissada preta e a blusa de caveirinha da zara que eu amo. maas achei que devia vir te perguntar se você se importa, talvez devesse ter feito isso antes. então, desculpa se não gostou e tiro imediatamente se quiser, só falar. o link é: http://rendasebatons.blogspot.com.br/2012/05/tendencinhas.html desculpa qualquer coisa!

  103. baby
    05 de maio de 2012 - 23:08

    na vdd as marcas caras tem como alvo as pessoas com um poder aquisitivo mais alto… para um grupo q pode dar altas quantias numa coisa q as vezes vai ter a vida util de uma estaçao. mas acredito q o publico desse blog sejam meninas com mais possibilidades de acesso. mas para as demais ‘meras mortais’ como eu… tambem queremos saber o q é tendencia e nos inteirar de tudo q rola em termos de moda para adaptar do nosso jeito no dia a dia… e o blog é excelente em tudo q oferece de informaçao.

  104. josiane
    05 de maio de 2012 - 23:17

    oi lia, gostei mto do que vc falou sobre inspiração e costumização, eu tenho 23 anos e tenho uma confecção, costuro para algumas marcas da minha região mas as vezes faço algumas coisas para mim. Minha proxima “criação” sera uma blusa da maria filo com perolas na manga que vc mostrou nos seus looks

  105. nyny
    05 de maio de 2012 - 23:35

    Na verdade tem muita gente que so vai poder consumir o inspired, nao se pode ignorar isso. Mas acredito que a realidade do blog seja outra. Apesar de ser legal e com boa informaçao… nao percebe a realidade da massa, que vive na realidade, salario minimo… meninas que querem sim andar na moda mas que precisam fazer isso dentro da sua possibilidade.

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:07

      nyny em 05 de maio de 2012 às 23:35 disse:

      Na verdade tem muita gente que so vai poder consumir o inspired, nao se pode ignorar isso. Mas acredito que a realidade do blog seja outra. Apesar de ser legal e com boa informaçao… nao percebe a realidade da massa, que vive na realidade, salario minimo… meninas que querem sim andar na moda mas que precisam fazer isso dentro da sua possibilidade.

      A realidade do blog é a realidade q eu estiver vivendo.
      O blog é acima de td um diario sobre a minha vida, há 12 anos.

      A gente da mtas ideias de moda sem citar marca ou preço, e nesses momentos atinge o publico a b e c.

  106. Ana Beatriz
    05 de maio de 2012 - 23:38

    Pooo Lia, eu vi essa sapatilha de gatinho na imporium e fiquei looouca pra comprar, mas não comprei pq na hora estava com minha mãe e meu namorado e eles ficaram dizendo que era infantil, feio, sei lá mais o q kkkk e como eu to arrependida de não ter comprado, achei linda demais >< acho que vou voltar lá pra ver se ainda tem, pq ela não sai mais da minha cabeça qqq

  107. Geovana Cybele
    05 de maio de 2012 - 23:43

    Adorei o look…
    Bjs.

    Visitem e sigam…
    http://gostofashion.blogspot.com/

  108. mari
    06 de maio de 2012 - 00:41

    Então, eu SEMPRE acesso ao Just Lia (já deve fazer uns 2 ou 3 anos, sou piolho de posts novos hauehuaeh) mas acho que nunca comentei…
    Bom, o motivo desse ser o meu primeiro comentário é que quis vir dizer o quanto vc é a minha blogueira favorita, não só pelo os looks do dia (que realmente são os meus favoritos de toda a blogosfera) mas também pelo o que você distribui de positivo.
    Gosto de como você pensa e gosto mais ainda de vc incentivar outras pessoas a pensarem assim. Falo isso não só nos posts com tema “moda”, mas de assuntos random também.
    Ah, só pra constar, adoro mesmo todos os seus looks, me inspiro bastante neles! Espero que vc continue postando-os com freqüência!
    Beijos

  109. Shirley Stamou - Garotas Modernas
    06 de maio de 2012 - 02:02

    Lia,
    Penso exatamente o mesmo que vc: só não é bacana comprar coisas falsificadas de fato, com a logo da marca original… DE resto, na moda todas as marcas se inspiram mais ou menos em outras… Até marcas como Marc Jacobs, Lanvin e outras super bacanas tem suas bolsas de metalassê e alça de corrente, cuja ideia original foi da Chanel.
    Amei seu look e vou copiar vc, posso? Quero esta sapatilha, pois ja havia me apaixonado pelas “originais” e postado elas lá no GM há um tempão.
    Será que consigo comprar pq em Floripa não tem esta loja…
    beijos e parabéns pelo blog, cada dia mais bacana!

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:05

      Shirley Stamou – Garotas Modernas em 06 de maio de 2012 às 2:02 disse:

      Lia,
      Penso exatamente o mesmo que vc: só não é bacana comprar coisas falsificadas de fato, com a logo da marca original… DE resto, na moda todas as marcas se inspiram mais ou menos em outras… Até marcas como Marc Jacobs, Lanvin e outras super bacanas tem suas bolsas de metalassê e alça de corrente, cuja ideia original foi da Chanel.
      Amei seu look e vou copiar vc, posso? Quero esta sapatilha, pois ja havia me apaixonado pelas “originais” e postado elas lá no GM há um tempão.
      Será que consigo comprar pq em Floripa não tem esta loja…
      beijos e parabéns pelo blog, cada dia mais bacana!

      Claro q pode querida!!!!

  110. Winnie
    06 de maio de 2012 - 02:41

    Alguem sabe se dá pra comprar a sapatilha online???
    bjao

  111. Erika Tereza
    06 de maio de 2012 - 08:43

    Procurei ontem mesmo por alguma loja online da marca Imporium….mas não achei nada! Pelo que pesquisei, a Imporium é carioca não é isso?

    Não descobri sequer uma loja multimarcas que vendesse por aqui, em SP…snif….

    Se alguém souber de algo me avise!!!! Please!!!! Estou apaixonada por essa sapatilha!!!!

    Bjs.

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 10:04

      Erika Tereza em 06 de maio de 2012 às 8:43 disse:

      Procurei ontem mesmo por alguma loja online da marca Imporium….mas não achei nada! Pelo que pesquisei, a Imporium é carioca não é isso?

      Não descobri sequer uma loja multimarcas que vendesse por aqui, em SP…snif….

      Se alguém souber de algo me avise!!!! Please!!!! Estou apaixonada por essa sapatilha!!!!

      Bjs.

      Entra em contato com eles por twitter pq eles enviam

  112. Carolina Freddi
    06 de maio de 2012 - 12:08

    Achei que a sapatilha de gatinho tinha comecado com o Marc, vi que ele ia lancar a colecao (to bem usando um mac hein, super bem escrito meu comentario). Anyway, achei meio bizarro, curto nao!

    Mas tambem concordo que nao da pra ter coisa falsa. Tava lendo um livro da Chanel no comeco do ano, e ai que confirmei mesmo que NAO DA. A peca temm historia, tem todo um conceito por tras. Ia ser a broxa da vida comprar uma dessas ~inpired~ da Chanel. Mas um dia, assim como voce, vou ser RYCA e ter 10 modelos de bolsas da Chanel auhahuuhahuhua

    bjao!a

    • Lia
      06 de maio de 2012 - 23:53

      Carolina Freddi em 06 de maio de 2012 às 12:08 disse:

      Achei que a sapatilha de gatinho tinha comecado com o Marc, vi que ele ia lancar a colecao (to bem usando um mac hein, super bem escrito meu comentario). Anyway, achei meio bizarro, curto nao!

      Mas tambem concordo que nao da pra ter coisa falsa. Tava lendo um livro da Chanel no comeco do ano, e ai que confirmei mesmo que NAO DA. A peca temm historia, tem todo um conceito por tras. Ia ser a broxa da vida comprar uma dessas ~inpired~ da Chanel. Mas um dia, assim como voce, vou ser RYCA e ter 10 modelos de bolsas da Chanel auhahuuhahuhua

      bjao!a

      Teve sapatilha de ratinho do Marc, sapatilha de Mickey do JC de Castelbajac… Não sei quem começou e com certeza teve mais coisa!
      Enfim, a mesma inspiração, mas um resultado diferente.

  113. Carolina Freddi
    06 de maio de 2012 - 12:09

    Achei que a sapatilha de gatinho tinha comecado com o Marc, vi que ele ia lancar a colecao (to bem usando um mac hein, super bem escrito meu comentario). Anyway, achei meio bizarro, curto nao!

    Mas tambem concordo que nao da pra ter coisa falsa. Tava lendo um livro da Chanel no comeco do ano, e ai que confirmei mesmo que NAO DA. A peca temm historia, tem todo um conceito por tras. Ia ser a broxa da vida comprar uma dessas ~inpired~ da Chanel. Mas um dia, assim como voce, vou ser RYCA e ter 10 modelos de bolsas da Chanel auhahuuhahuhua

    bjao! (nunca sei se meu comentario foi ou nao ahuauhuha)

  114. Tainá
    06 de maio de 2012 - 12:12

    Lia, com suas respostas fica claro sua diferença entre muitas. Gosto muito de você, simplesmente pelo fato de não se apegar a marcas e ser realista no quesito “gastar”. Quando o nosso nível de vida melhora, fica claro que compraremos coisas mais caras, esse é o mundo. Eu cursei Relações Internacionais e no período da faculdade vivia em um mundo diferente em que eu focava que todos deveriam ter oportunidades reais e praticamente iguais (era extremista MESMO). Hoje já concluida a faculdade a quase três anos e com muita batalha, mudei completamente meu conceito sobre tudo e todos. Gasto meu suado dinheiro com tudo o que gosto, mas com o que posso e não me apego a marcas, claro que desejamos muitas coisas, mas consumir com responsabilidade é necessário! Beijos e continue assim, parece-me que está feliz!!! :) rsrsrs

  115. Lóly
    06 de maio de 2012 - 13:58

    Caracas, tô impressionada. Te acompanho há muuuuuuuitos anos e você está muito mais aberta! Totalmente esclarecida. Óbvio que você sempre foi uma pessoa ótima, mas observei essa mudança.

  116. Renata Freitag
    06 de maio de 2012 - 14:16

    Aqui inclusive ensina como vc pode fazer seu proprio sapatinho de gatinho http://25.media.tumblr.com/tumblr_lzrwydg9Zq1qzymieo1_1280.jpg

  117. Ginha
    06 de maio de 2012 - 14:45

    Lia em 06 de maio de 2012 às 10:13 disse:

    Ginha em 05 de maio de 2012 às 14:45 disse:

    Ai, eu leio isso e me pergunto “o que vc faz no meio dessas fuckhitas”?????

    Ginha, vc sempre eh agrdavel nos comentarios e faz partiipacoes q eu adoro. Nao achei q precisava falar assim
    Um beijo.

    Bom, foi só uma opinião. É q acho destoante demais, mas enfim, desculpa pela sinceridade. Não está mais aqui quem falou :)

  118. Karol
    06 de maio de 2012 - 17:04

    LIAA, eu estava pensando nisso esses dias, acredita??!! tudo começou quando entrei no face e vi uma loja vendendo uma replica de Ray Ban por 40R$. como asseeem, réplica??? o óculos é do Paraguai, china e pronto. uma coisa é ser inspired, outra é ser falso, vir de contrabando e etc…
    gostei do post. bjuu

  119. Jackeline
    06 de maio de 2012 - 17:16

    Eu concordo com o que vc disse sobre se apaixonar pelas coisas ao invés de grifes. Eu acho que aderir a grifes é mais uma questão de status do que de estilo. Eu não acho que é preciso comprar coisas super caras pra ter um estilo legal. E é por isso que eu também acho super tosco comprar coisas fakes de originais, porque daí vira uma coisa meio.. paga pau / wannabe – a peça finge ter um status que não tem. Agora, eu sou super a favor de peças inspired, principalmente se custar menos, haha. ;D
    Sobre o look, gostei dele, essa sapatilha é mesmo um amor e deu um toque meiguinho. ^^

  120. Nataly Costa Balardini
    06 de maio de 2012 - 18:52

    Lia,
    Sou daquelas leitoras que só devora o conteúdo dos blogs no reader e nunca comenta. Mas esse post é mto digno de comentário, não me aguentei!
    Com esse tanto de blog de moda e de coisas lindas marcas pipocando por aí, é mta judiação a gente não poder usar o que achou bonito mas não tem coragem de comprar o “original”! Sou completamente a favor das inspireds e dos DYI, ontem mesmo fui comprar pérolas pra fazer meu casaquinho da “Farm”!
    Parabéns pelo texto! Concordo com tudo o que vc escreveu!
    Beijos

  121. tati's
    06 de maio de 2012 - 19:26

    Frequento seu blog há pouco tempo,e me arrependo de não ter conhecido antes, gosto de pessoas assim: autênticas sem perder a educação, de estilo mas sem arrogância, Parabéns Lia!

  122. Ana Carolina
    06 de maio de 2012 - 20:48

    Por isso que junto com a Ashley Greene e com a Maite Perroni, a Lia é minha diva.Sempre estou aqui, mas quase nunca comentou, sou uma fã quietinha hahaha.

  123. Brunella
    06 de maio de 2012 - 21:41

    Lia,
    há pouco tempo escrevi um post para o blog de uma loja chamado “liberdade é uma bolsa inspired”. Acredito muito na democratização da moda, e acho que as “inspirações” trouxeram uma dose fundamental de bom humor para nosso guarda roupa. É também muito complicado estabelecer um “criador” para a coisa; normalmente ganha esse status a etiqueta mais poderosa ou que tem a melhor publicidade/marketing. Sabemos que a indústria cria muito baseada em pesquisas que preveem a “vontade coletiva”, sabemos que o Peter Philips está criando hoje a cor de esmalte Chanel que vamos querer usar em 2014! Não é mera coincidência que em uma mesma semana de moda vários desfiles usem as mesmas cores, tecidos e modelagens.Tudo parte de uma influência. A primeira pergunta que todo jornalista de moda faz ao estilista é “qual foi sua INSPIRAÇÃO para esta coleção?”. Como você disse, a arte contemporânea derruba essa noção rígida de autoralidade, e acho que podemos pensar na moda como, hoje, ponta dessa corrente. Todas as pessoas que tem personalidade para abrir o armário pela manhã e montar o próprio look são um pouco artistas, são muito criadores, porque criam em cima de si mesmos. Eu só fui desejar uma bolsa Alexa quando vi uma inspired feita de palha e que combina muito mais comigo do que as “originais”.

    frequento seu blog há um tempão mas é a primeira vez que comento. É impossível para mim não falar sobre isso. hehe.
    beijo

  124. Juliana Lima
    06 de maio de 2012 - 23:31

    Olá Lia, adorei o look! Fofo demais, a minha cara!Fiquei super interessada na sapatilha, entrei no site mas não consegui achar, me da um help, please!!!Beijokas

  125. Luiza de Moraes
    07 de maio de 2012 - 00:03

    Bom, acho que você tem em mente mais ou menos as leitoras do blog, e sabe que eu – a doida que te viu no SPFW e ficou toda emocionada – visito o blog sempre, q qnd não dá para comentar, falo alguma coisa no facebook ou no twitter !
    Visito aqui porque realmente gosto, gosto das customizações, da sua simplicidade, nada dessas coisas surreais de Thassia Naves ! Acho que quando se tem 12 anos, você procura alguém em se inspirar, e enaquanto minhas amigas gostavam de cantoras, eu lia seu blog e ficava louca por suas roupas, porque eu via que dava para eu comprar.
    Odeio blog que coloca essas peças nada acessíveis, pois, querendo ou não blogs de moda são populares, você precisa agradar os leitores de alguma maneira, e você me conquistou por isso ! Por meter o loco, falar mal de Melissa, ter suas crises existenciais ! hahahaha
    Enfim, apoio o que você disse, e eu amei esse look *-*
    Meu, é uma calça jeans ! Blogueiras do mundo, a Lia consegue ser f*da usando calça jeans, ela não precisa de Prada e vestidos curtos cheios de plumas e brilhos ! HAHAHAH

  126. Julia B.
    07 de maio de 2012 - 08:45

    Adorei o post, Lia. Concordo plenamente que podemos comprar uma peça inspired e fica mto satisfeita, ainda mais pelo $$ pq afinal mta gente gosta e quer ter algo tão bonito quanto mas não pode pagar o preço “original”.
    Mas comprar uma réplica exata do produto (falsa) já é demais né? Prefiro ter algo de uma marca mais barata mas no mesmo estilo do que ter uma falsa. =D

  127. Vânia
    07 de maio de 2012 - 10:29

    Quero essa malha! Lia que malha linda de viver!! ><

  128. Cris
    07 de maio de 2012 - 14:33

    Oi, Lia!

    Acompanho seu blog e concordo com suas opiniões…admiro como você usa bem todas as marcas, famosas ou não, e fica à vontade com todas elas…triste ver algumas meninas pirando por causa dos blogs, querendo viver uma realidade que não é a delas, sendo que tudo dá para adaptar.
    Gostava dos seus posts de provador! hahahahaa…

    Adorei a sapatilha de gato…

    Bjs!

  129. Nathalia Milhazes
    07 de maio de 2012 - 15:39

    Lia, nunca comento no seu blog (coisa feia), mas sempre te acompanhei! Hoje, não pude ficar indiferente a sua postagem! Simplesmente amei! Tenho pensado muito mais no meu bolso ultimamente. Tenho outras prioridades na vida e posso viver muito bem com o meu guarda roupa! Vivo a minha realidade, que não é de luxo e me questiono um pouco essa febre dos blogs. Claro, agradeço a tooooddoooss os que leio, pois apartir deles, inclusive o seu, mudei meu modo de vestir do sem graça para um mais elaboradinho. Eu não quero ter as mesmas marcas do seu look, por exemplo, e sim, tirar dele o que de legal ficou e o que combina comigo! Nós, consumidoras, precisamos pensar nisso. Nos identificar com o look, com uma peça e não criar um falso eu cheio de tendencias e vazio de personalidade. Parabens pelo belo texto! E o look ficou lindo! Beijos!

  130. AnaKloss
    07 de maio de 2012 - 15:49

    Ainn tou doida por uma dessa S2

  131. Myriam
    07 de maio de 2012 - 15:57

    Adorei o post! Que bom que vc é adepta da conscientização da moda!! E está cada vez mais difícil ver isso…para onde quer que vc olhe, a ordem é consumir!! Desmedidamente…fazer qq coisa para usar uma grife é apelativo demais! Moda é bom senso e não uma etiqueta!

  132. […] 5- Look do dia: Sapatilha de gatinho, Papo sobre cópia e inspiração, no Just Lia […]

  133. […] depois, a Lia fez um look fofo com a inspired dela e aproveitou para fazer um post enorme sobre cópia, fake e inspiração que nós concordamos bastante e recomendamos a […]

  134. Erika
    07 de maio de 2012 - 17:05

    Gata!!! Falou tudo!
    Leio o seu blog sempre e é a primeira vez que comento (sou tímida…hahahaha),mas concordo com você! O importante é estar feliz, se é inspired pouco importa!
    bjo

  135. […] Olympia.Logo depois, a Lia fez um look fofo com a inspired dela e aproveitou para fazer um post enorme sobre cópia, fake e inspiração que nós concordamos bastante e recomendamos a leitura.PS da […]

  136. Carol
    07 de maio de 2012 - 23:10

    Lia,me doa sua coleção de cardigãs?Brigada!

  137. Amanda
    07 de maio de 2012 - 23:16

    Eu gostei bastante de saber que voce tem essa consciencia e noção de preço, grife e tals. Porque apesar de ser mais pé no chao que muuuuito blog por ai, pra mim ainda é outro patamar de compras, huhuh. Tinha ficado um pouco chateada por voce nunca ter falado nada sobre a zara e trabalho escravo, então fiquei feliz com esse post consciente. Sei que são assuntos sem relação, mas o post de hoje foi consciente… Não sei se deu pra entender… o.o Enfim. Gostei.

    Poxa Lia, não sabia dessa historia do Android, apesar de voce ter esclarecido doeu u.u Hhauhsuah, eu li gente falando até que quem tinha android era “Dalith”… O pior é que a pessoa estava falando sério e não se arrepende. Gente, mente fechada ngm muda. Desabafando aqui…

    • Lia
      08 de maio de 2012 - 00:54

      Amanda em 07 de maio de 2012 às 23:16 disse:

      Eu gostei bastante de saber que voce tem essa consciencia e noção de preço, grife e tals. Porque apesar de ser mais pé no chao que muuuuito blog por ai, pra mim ainda é outro patamar de compras, huhuh. Tinha ficado um pouco chateada por voce nunca ter falado nada sobre a zara e trabalho escravo, então fiquei feliz com esse post consciente. Sei que são assuntos sem relação, mas o post de hoje foi consciente… Não sei se deu pra entender… o.o Enfim. Gostei.

      Poxa Lia, não sabia dessa historia do Android, apesar de voce ter esclarecido doeu u.u Hhauhsuah, eu li gente falando até que quem tinha android era “Dalith”… O pior é que a pessoa estava falando sério e não se arrepende. Gente, mente fechada ngm muda. Desabafando aqui…

      Eu cheguei a falar de Zara nos comentários do blog, pra quem me perguntou e acho que também respondi mensagens sobre isso no Twitter.
      A verdade é que existe trabalho escravo em detalhes como vc nem imagina, tipo o botão da calça q vc está usando agora, sabe? A Zara sofreu o flagrante, mas uma infinidade de marcas comete os mesmos crimes. Seria muito complexo debater isso por aqui. ;)
      Eu sei que doeu.. hahaha desculpa?!

  138. Luciana
    07 de maio de 2012 - 23:40

    Lia adorei o seu post. Parecia que vc estava falando direto comigo, frente a frente quando disse: ” Nao compre por impulso”… rs rs
    Sou sua fa mais do que nunca menina e te desejo mais sucesso ainda.
    Vc me inspira a ter um blog. Sempre que leio o seu ( leio todos os dias) me da mais vontade ainda de criar o meu blog. So nao fiz ainda por falta de tempo. ( sou mae de 2 criancas pequenininhas rs rs ), mas enfim…
    Fica com Deus querida, sucesso e saude sempre na sua vida.

  139. Marilia Sestari
    08 de maio de 2012 - 14:27

    Post incrível! Do tipo que todo mundo deveria ler na vida. Adorei!!

    E o look está lindo!
    Eu comprei essa sapatilha semana passada e to ansiosa esperando chegar *-*
    hehehe

    Beijobeijo

  140. Fernanda Fusco
    08 de maio de 2012 - 17:37

    Muito legal o post, Lia! =)
    Também sou da opinião que cada um tem que usar aquilo que o faz sentir bem (sendo confortável ou não, contanto que se sinta bem) e não porque alguém “ditou”.
    E eu fazia parte desta associação contra copycats (como Fê Croft).. XD

  141. Débora
    09 de maio de 2012 - 13:39

    Eu quero essa sapatilha… não exatamente essa, mas uma igual….Linda Lia.

  142. Jordana
    09 de maio de 2012 - 13:43

    Liaaa!Ameeeiii o post! Penso exatamente como vc! Acredito que realmente temos que ser realistas nessas questões de consumo, e ñ importa se vc gastou 19,99 numa blusinha básica ou 199,99 na mesma blusinha com etiqueta de grife, se vc amou e sentiu satisfeita!!! Cada um usufrui daquilo q pode comprar!Bjooo

  143. Julia Veloso
    09 de maio de 2012 - 23:15

    “Meus valores são esses, de dar a mesma importancia pra uma joia Tiffanys e uma bijou da 25 de março, é só ver meus looks. E respeito quem se sente diferente a isso! Cada um do seu jeito.” QUE afirmação inspiradora, sinceramente! Desculpa, mas eu precisava falar isso aqui. Lia, você é uma pessoa maravilhosa, sempre inspirando as pessoas não só com seus looks (que são perfeitos btw hihihi) como também com suas palavras. Sei que eu sou provavelmente uma das milhares de pessoas que já te falaram isso, mas precisei vir aqui pra expressar o que eu sinto, e o quão você me maravilha com seus textos e pensamentos. Você é minha diva. É por isso que eu tenho orgulho de dizer: sou leitora do Just Lia e sempre vou ser! (hahahaha rimou!)

  144. Marijleite
    10 de maio de 2012 - 10:24

    Gostei do post.Nosso país é tão grande e com realidades tão diferentes.Na minha cidade tudo é bem diferente da sua,não tem nenhuma dessas lojas ou marcas MAS por que não ver o que você,Lia,está usando ou mostrando como usar e procurar algo parecido por aqui.Foi assim com as “espadrilhas” que eu vi aqui no JL,gostei da ideia de o salto plataforma/anabela estar voltando e comprei uma sandália assim aqui na minha cidade por menos de R$100,00.Cada um vive e deve comprar de acordo com sua realidade,o que não acho legal é comprar produtos falsificados e dizer que são verdadeiros.Fui em Aparecida mês passado e fiquei pasma com as bolsas de R$15,00 com a logomarca da Vitor Hugo.Pior foram os óculos de R$5,00 com etiqueta da Prada e da Dior,que compra óculos pirata pode prejudicar a saúde,como alguém pode fazer um produto assim???
    Antes de acompanhar blogs de moda (o JL foi um dos primeiros que segui) eu não tinha a menor ideia do que eram as marcas famosas e tal,com os blogs de bom conteúdo e que são acessíveis a todos (ao contrário de revistas e livros que demoram séculos para chegar a minha cidade,além de serem caros) eu aprendi muita coisa.Consegui ver além das fronteiras do meu dia-a-dia!

  145. Sarah
    10 de maio de 2012 - 13:41

    Confesso que no inicio pulei direto para as fotos. Mas aí, fiquei curiosa e li o texto todo, haha. E concordo plenamente com você Lia, até me inspirou um pouquinho rs

  146. Anna Paula Secco
    11 de maio de 2012 - 14:16

    Amei seu post e penso como você, tirou as palavras da minha boca, ou dos meus dedos kkk

    beijinhos

  147. Luana
    11 de maio de 2012 - 17:12

    Nunca comento aqui, mas resolvi falar. Li esse post e me lembrei de um outro post de um outra blogueira bem conhecida na rede. Ela falava sobre uma determinada grife usada por uma personagem vulgar e suburbana numa certa novela global. Achei tão pequeno e mesquinho o tipo de crítica que a blogueira deflagrava que me manifestei negativamente lá. Não deixei de gostar do tal blog, mas me decepcionei com o que li.

    Essa sua postagem me pareceu ter surgido de uma reflexão a partir da leitura dessa postagem a que me referi e de tantas outras posturas semelhantes que se vê por aí. Mas mesmo que sua motivação não tenha sido essa, gostei do que li de você, Lia.

    Beijos.

  148. Juliana
    13 de maio de 2012 - 18:14

    tá certíssima, adorei o post e a sapatilha!

  149. Bianca Gerbelli
    15 de maio de 2012 - 01:20

    Sabe, Lia…
    Você citou no texto a “associação” contra os copycats, e eu acompanho seu blog desde essa época e até então, nunca tinha comentado nada aqui na “caixinha” rs.
    Cheguei a ganhar uma promoção da threadless, acabei conversando com a Tayra por email e acabamos descobrindo que a tia dela foi minha vizinha(enfim, depois vc pergunta pra ela a história se quiser, eu nem vim aqui pra falar sobre isso! rs)! Desvirtuei…deixa eu voltar! hahaha
    Hoje, lendo este seu texto, pude ver a Lia que sempre admirei. Afinal de contas, durante muito tempo só acompanhava o seu blog, não tinha interesse por mais nenhum. De pouco tempo para cá tenho lido mais blogs e pude notar o lance das diferentes realidades que você cita no texto. Comigo o que acontece é basicamente assim: vejo blogs de todos os tipos de meninas, os que estão completamente fora da minha realidade acabam virando INSPIRAÇÃO. Tudo bem que num primeiro momento muitas coisas viram DESEJO, mas logo após pensar o que poderia ser feito com a mesma quantia que seria gasta em tal item e investida em algo muito mais prazeroso, como por exemplo uma viagem ou um passeio com meu namorado, um restaurante, presentinhos para quem gosto, etc. Ou então muito mais peças para rechear o guarda roupas que dão muito mais possibilidades para “brincarmos” com o look nosso de cada dia! Isso, claro, pq minha realidade ainda não é entrar numa loja com grifes internacionais e escolher o que eu quiser, se entro, é para comprar algo como você disse, que sei que não encontrarei igual, ou algo que eu esteja querendo demais, sonhando durante a noite com o tal objetinho de desejo e que seja muuuuuito pensado e repensado.
    De qualquer forma, nessa minha nova descoberta de ler milhares de blogs, vejo que não me identifico nadinha com as blogueiras famosonas que usam loubotin pra comer no McDonald’s. Mas aí não entra a minha realidade, e sim a minha verdade. Sou molecona, eclética e brincalhona, e logo, me identifico mais com as blogueiras de perfil como o meu. Dessas sim, me torno leitora fiel, as outras são apenas inspiração para de vez em quando, e acho que está bom assim. Sou feliz comigo e com o que posso possuir, brincar com as possibilidades e experimentar o novo independente do seu preço é o grande lance.
    Bem, Lia, acho que estou aqui desabafando com sua caixinha de comentários e ainda não aproveitei a rara vez que vim aqui para dizer que adoro o blog, admiro sua personalidade, suas dicas, enfim…depois deste texto eu comprovei que a Lia – que no início era para mim a “menina colecionadora de hello kitty – com o passar desses anos que acompanho, se tornou uma mulher de personalidade(a qual me identifico muito), autenticidade e de opinião! Isso é que é realmente valioso.
    Mais que admiro, adoro! É um prazer “lê-la” sempre.

    Um beijo grande,
    Bia

  150. Danyela Tomio
    15 de maio de 2012 - 15:05

    Que legal ler um post assim, num blog assim. Post com conteúdo num blog com mais conteúdo ainda! Parabéns Lia, acho que a conscientização geral começa com quem faz opinião, assim como você. É por isso que eu leio o J. L. todos os dias e que meu casaco (no dia que ficar pronto) vai ser um DIY com muito orgulho! =D
    Beijo!

  151. Helô
    18 de maio de 2012 - 00:16

    Oii Lia. Sempre leio seu blog e adoro!! Não sou mto de comentar, mas hj alguns dias depois do post, vim deixar minha opinião. Concordo em tudo com vc! Leio vários blogs e o seu é o que mais me identifico. Claro que tem mtas coisas que não tem mto a ver comigo, seja pelo preço, pela acessibilidade ou por estilo mesmo. Seu blog é mais real, mais meu dia-a-dia. Diferente de algumas blogueiras que querem mostrar uma coisa que não é a realidade das leitoras. Sei tbm q algumas leitoras se deixam influenciar por isso. Mas a gente é que tem que ter consciência da nossa realidade e ter os blogs/sites como o nosso ‘inspired’ .. Não sei se fui clara, mas resumindo adoro seu blog, continue assim!!!
    Bjo

  152. Giseli Alcantara
    18 de maio de 2012 - 09:55

    Lia!
    Essa é a primeira que entro no seu blog, e me apaixonei tanto, que ja fui lendo assim, TUDÃO!
    Seu post, despertou em mim, um desejo que tenho a um tempão… Ter meu próprio blog, pra falar do que acho bacana, e não necessariamente de “grifes”. Parabéns pelo Blog, pelo ponto de vista…
    Já virei fã!
    Beijoca

  153. Micheline
    04 de junho de 2012 - 13:35

    Oi, Lia!
    Perfeito o seu texto.
    Seu blog é um diferencial entre os váááários que existem hoje e que tratam a moda não como arte, mas como consumo inútil e vazio de sentido.
    Bom saber que você engrossa a lista de pessoas que gostam de moda, E têm conteúdo. Que gostam de moda, E sabem escrever.
    Legal, isso.
    Beijos.
    Micheline – Natal/RN.

  154. Carol
    04 de junho de 2012 - 15:33

    “MAGNIFICO”… faço das suas palavras meu pensamento !

    super gostei …

    ;)*

  155. Elyana
    08 de julho de 2012 - 21:56

    Lia de Deus! Faziam meses que eu estava louca das idéias atrás de uma sapatilha de gatinho (desde que vi em algum lugar a original) e agora, finalmente indo atrás desta da imporium comprei pela fanpage deles.
    Menina, quando esta sapatilha chegar vou fazer uma cerimônia em sua homenagem.
    É, eu sou a louca dos gatos! :P

  156. Roberta
    17 de julho de 2012 - 06:16

    Ola Lia, acabei de ver seu blog, estou apaixonada pelos detalhes. Eu sou nova no mundo blogsferio rsrsr se der pra dar uma passada no meu blog, ficaria feliz. O blog eh diferente pois conta um pouco sobre minha vida aqui em Dubai, espero que voce goste. beijao

  157. Rachel
    20 de agosto de 2012 - 22:58

    Preciso comentar aqui, quando vi esse post logo que você fez pulei direto para as fotos por estar sem tempo, agora deu a louca de eu vir aqui e tenho que comentar, haha.

    Comprei um tênis daqueles baratinhos parecido com all star porque eu adorei a cor e NUNCA vi um all star com aquela cor, então se é confortável eu compro, eu sou assim e quem me conhece sabe. Adorei e comprei é mega confortável, se bobear até mais que um all star.

    Algumas pessoas de ‘mente fechada’ passam na rua e ficam comentando “é fake de all star” ou “usa imitação” e dá uma mega raiva, mas é o que eu gosto e o que eu uso, e não escondo de ninguém, até porque uma vez um sábio me disse (cliche isso, haha) que não é a marca que nos faz, mas sim nós que fazemos a marca.

    Beijos Lia e mais customização nesse mundo!

  158. […] Eu adoro quando têm essas inversões de cor da personagem, mas não usaria. Uso muuuito meu gatinho inspired e gosto dos ratinhos do MJ, mas acho que essa sapatilha da Kitty é mais chamativa por causa do […]

  159. Larissa
    02 de outubro de 2012 - 12:50

    Ola Lia!
    Sei que o post é antigo mas so agora to comentando pq nao tinha visto o texto e queria aproveitar pra fazer um desabafo. Eu adoro seu blog mas ha mais um menos uns 8/9 anos atras fiz um blog que “copiava” o nome do seu, acho que era justlari ou coisa parecida (eu tinha uns 11 anos, nao repara a tosquice). Nunca quis te fazer mal algum, acontece que eu te copiei pq te admirava. Ai voce bloqueou meu IP pro seu site (em vez de abrir o seu site aparecia: “viu o que deu falar besteira?”, acho que era isso). Nossa, tive que queimar uns neuronios loiros pra entender. Ai fiquei um tempao sem olhar o site e depois de um tempo, voltei. Hoje em dia devo ter mais ou menos a idade que vc tinha na epoca, uns 20 anos, e nunca entendi muito bem o porque daquilo, nem acho que eu ficaria bolada com alguem por causa disso. Afinal nunca ganhei dinheiro com essa ideia. A menos que vc tenha me bloqueado por outro motivo, mas nunca comentei nada demais no seu site. Acho vc uma excelente blogueira mas isso ficou meio engasgado. Talvez vc nem veja esse comentario, mas eu precisa falar isso. De qualquer forma, te desejo muito sucesso!

    • Lia
      20 de dezembro de 2012 - 20:32

      Larissa em 02 de outubro de 2012 às 12:50 disse:

      Ola Lia!
      Sei que o post é antigo mas so agora to comentando pq nao tinha visto o texto e queria aproveitar pra fazer um desabafo. Eu adoro seu blog mas ha mais um menos uns 8/9 anos atras fiz um blog que “copiava” o nome do seu, acho que era justlari ou coisa parecida (eu tinha uns 11 anos, nao repara a tosquice). Nunca quis te fazer mal algum, acontece que eu te copiei pq te admirava. Ai voce bloqueou meu IP pro seu site (em vez de abrir o seu site aparecia: “viu o que deu falar besteira?”, acho que era isso). Nossa, tive que queimar uns neuronios loiros pra entender. Ai fiquei um tempao sem olhar o site e depois de um tempo, voltei. Hoje em dia devo ter mais ou menos a idade que vc tinha na epoca, uns 20 anos, e nunca entendi muito bem o porque daquilo, nem acho que eu ficaria bolada com alguem por causa disso. Afinal nunca ganhei dinheiro com essa ideia. A menos que vc tenha me bloqueado por outro motivo, mas nunca comentei nada demais no seu site. Acho vc uma excelente blogueira mas isso ficou meio engasgado. Talvez vc nem veja esse comentario, mas eu precisa falar isso. De qualquer forma, te desejo muito sucesso!

      Oi Lari, acabei de ler seu comentário!
      kkkk Eu tinha esquecido dessa “mensagem simpatica” que eu deixava pras bloqueadas… heheheh
      Bom, eu tenho uns 14 anos fazendo sites e blogs, e obviamente minha cabeça foi mudando muito com o tempo. No começo eu ainda não sabia lidar com muitas coisas que aconteciam, quer a gente chame de inspiração ou de plágio. Nome de blog inspirado, foto roubada, post copiado, seção imitada, etc etc.
      Toda hora acontecia algo assim naquele tempo e como a internet era “menor” era mais revoltante rs
      Se vc nunca me xingou, é bem possível sim q eu tenha te bloqueado pq não gostei de algo do seu blog. Provavelmente não era só o nome, talvez vc tivesse se inspirado em algo mais e eu achei melhor afaastar kkk
      Vamos fazer as pazes??? <3 <3

  160. […] gente já teve uma giga discussão sobre cópia e inspiração neste post aqui. Agora falando sobre cosméticos, tenho que contar que vibrei quando recebi da Yes Cosmetics esses […]

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @kittykills no instagram9