Home » Sobre o meu emagrecimento
09 de outubro de 2014 - 17:05
98
Pessoal

Sobre o meu emagrecimento

Muitas leitoras tem me perguntado sobre o meu emagrecimento, então resolvi falar um pouquinho a respeito. Eu continuo pensando como antes, não acho que “magra” é elogio ou que é legal ter ~fita métrica~ no olhar, mas ao mesmo tempo sei que geralmente quem pergunta a respeito está procurando alguma instrução ou dica.

Eu tenho medo de propagar ignorância, então me limito sempre a falar apenas daquilo que experimento ou consigo estudar. Não tenho como postar aqui uma dieta, indicações de alimentos e complementos, posso só contar o que tenho feito mesmo, sabem?! Acho que é muito legal seguir perfis motivacionais e fitness, mas quando o assunto é saúde / alimentação / malhação, o 1º passo é procurar profissionais, porque uma pessoa ~comum~ mesmo que seja muito gata (kkk) não tem a mesma base pra falar das coisas. Fora que na internet é sempre uma bagunça de informações, a cada hora tem um novo vilão e um novo mocinho nas dietas, o certo mesmo é você descobrir o que funciona para você.

No começo de Agosto fiz minha 1ª consulta com o Dr Ricardo Barroso, que é endocrinologista numa clínica que frequento há alguns anos. Já queria emagrecer, mas também queria checar a saúde (em especial tireoide) e tava cismada que o meu metabolismo tava cada vez mais lento. Na época, eu estava com 74 quilos, mas isso não é o problema, o que me assustou, foi ver no exame de bioimpedância o contraste entre a minha massa de gordura e minha massa muscular. Não adianta parecer magra, se o corpo é praticamente só gordura e nada de músculo, por isso meu metabolismo não funcionava. #liagelatina E aí o Dr Ricardo interveio na minha relação com academia, porque eu sempre ficava só correndo na esteira (odeiiiooo ferro!), mas se eu não fizesse musculação, não ganharia músculos. E com músculos o seu corpo queima mais gordura naturalmente, uma coisa tá ligada à outra. A idade passa, o metabolismo muda e a gente tem que mudar os hábitos também, faz parte.

bioimpedancia

O choque de realidade: essa bio é da 2ª consulta, a 1ª bio que era pior ainda tá com o professor da academia kkk

Bom, além de ter botado em dia meus exames (nada grave, só falta de uma vitamina e uma inflamaçaozinha!), começamos uma dieta de proteínas, incluímos suplementos na minha rotina de academia (haha vocês não imaginam a minha cara quando fui apresentada ao pote de whey, eu devia ter filmado esse momento) e o endócrino deu a opção de usar ou não medicamentos (eu optei por sim). Só que eu não posso usar nenhum medicamento ~famosão~ desses de dieta, pois tive Transtorno do Pânico e qualquer coisa de inibir apetite ou acelerar queima de calorias, me deixa mal novamente. Mesmo assim ele me deu uma alternativa, que eu não sei dizer a porcentagem de responsabilidade que tem tido no efeito, mas não me dá nenhum efeito colateral.

Acho que o resumo do post é que não foi uma coisa simples, é um conjunto de ações e esforços. Nas 2 primeiras semanas de dieta eu queria morrer ou matar (sentia muita falta de doce, apesar de estar comendo só coisas que eu gosto), mas depois você simplesmente sobrevive e fica super animada com o resultado. E os desejos, as ~fomes~ mudam! Pra mim foi uma grande vitória voltar depois de 10 dias nos Estados Unidos sem engordar e sem passar vontade, porque lá… AIAIAIAIAIAIA

Hoje estou com 67kg (tenho 1m78). Foram cerca de 6 a 7 kg perdidos e a dieta mudou um pouco. Estou muito atrasada na questão dos músculos porque não consegui engatar uma rotina certinha na academia nova (agora faço aqui no prédio mesmo, desde que mudei de apto!)

Julho X  Setembro

Em Julho e em Setembro

Duas coisas que aprendi recentemente: a me pesar todos os dias (sim, porque emagrecer demora, mas engordar é rapidinho, então tem que acompanhar sem medo) e a consultar rótulos de TODOS os alimentos. E esse segundo te deixa meio revoltada da vida quando você começa a entender, que os ingredientes estão sempre dispostos em ordem de quantidade. E TUDO é lotado de açúcar, até a “granolinha light”… Não dá pra acreditar no monte de tranqueira que a indústria coloca desnecessariamente nas coisas que a gente consome. (não virei nem virarei pentelha-fit, jamais, só fiquei #chati de descobrir que não comemos chocolate e sim açúcar e etc kkkk)

O post não é sobre os motivos que me levaram a querer emagrecer, muito menos sobre se vocês acham que estou mais bonita ou mais feia. Ainda acho que o seu corpo é problema seu, o meu corpo é problema meu. Pra isso que cada um ganhou seu próprio corpo, pra cuidar de si e não pentelhar os outros! kkkk E nesse pensamento está incluso que se você quiser emagrecer o seu corpo, engordar o seu corpo, essas opções continuam sendo problemas seus, e não dos outros. Entendem? Vou pedir que vocês continuem respeitando o fato de que não me sinto confortável com comentários sobre corpo, como já expliquei em outros momentos. Pra mim é bastante invasivo um post como esse, faço pois realmente acho que pode aconselhar quem busca uma mudança.

O que posso dizer é, se você decidiu emagrecer, faça com responsabilidade e com empenho. Mas não pira copiando a dieta de uma amiga, ou o treino de um blog pra malhar por conta, porque é coisa séria e precisa de acompanhamento. Não tem receita pronta, não tem remédio milagroso, não tem treino da moda. Cada pessoa tem uma necessidade e cada organismo precisa ser estudado, procure um médico e profissionais.

E mais, ninguém tem nada a ver com isso! Você não tem que justificar, só tem que ser feliz com o seu corpo e sua vontade.

→ Quem for de São Paulo e estiver na busca por um bom médico, com certeza recomendo o Dr Ricardo Barroso. Ele atende na Clínica Villa Vita no Alto da Lapa (11) 3832-1062 e contato@clinicavillavita.com.br.

Post Anterior
Estilo de blogueira: Tokyobanhbao
Próximo Post
Estilo: Nikki Reed
...Comentarios...
98 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. JESSICA VITORINO
    09 de outubro de 2014 - 17:51

    Arrasou no post Lia! Me deixou muito curiosa pra saber da minha saúde também, acho que é muito válido esse tipo de conteúdo ! Obrigada pelas informações e se você não se incomodar posso dizer que acho que você ta sempre linda e arrasando com 74/67 kg ou qualquer número que a balança diga que você está, simplesmente porque fantástica te define, e muito !! Sou super sua fã… Bjss.

  2. Carla
    09 de outubro de 2014 - 17:56

    Lia, gosto muito do jeito como vc trata esse assunto, pois o que vejo por aí é que as pessoas não tem um pingo de responsabilidade e tratam essa questão de um forma muito leviana. Parabéns pelo post simples e esclarecedor, mas sem ‘fórmula mágica’ e receitas milagrosas pra emagrecer.

  3. Steh
    09 de outubro de 2014 - 18:03

    Me motivando a voltar pra dieta rs, to relaxadinha =/ doce faz falta no começo dps acostuma e a gente começa a maneirar.. Uma dica tb nao sou fa de musculaçao prucura uma aula de funcional, cross fit .. essas aulas sao otimasss pq sao animadoras, gastam bastante energia e ainda da pra ganhar uma massa muscular, rs qdo tava fazendo perdimais de 10 kg isso contando q ganhei massa magra, e so fazia aula 3 vezes na semana, ou seja o resultado é otimoooo.. e as aulas me deixavam super feliz e motivada =D

  4. Mari
    09 de outubro de 2014 - 18:22

    Amei, seu post. Meu caso é bem esse: mais gordura. Eu também estou correndo atrás dos músculos, mas o que mais gostei foi sua postura de deixar claro que nosso corpo é nosso e o que decidimos fazer com ele não interessa a ninguém.

  5. Cristina Cassol
    09 de outubro de 2014 - 18:27

    Lia, eu sou daquelas leitoras que acompanha o blog há anos e nunca comenta hahaha. Mas enfim, precisei me manifestar hoje e dizer que está de PARABÉNS, MIL VEZES PARABÉNS não pela dieta, ou por emagrecer, mas por deixar claro pra todos que o corpo de cada indivíduo é problema dele e apenas dele! Parabéns por deixar claro que ninguém precisa se justificar, e muito menos vc por ser uma pessoa pública. De coração, o mundo precisa de mais pessoas como você! Um super beijo!

  6. Dani Pereira
    09 de outubro de 2014 - 18:57

    Oi, Lia!! Adorei o post e me identifiquei com a aversão a ferro! kkkkk Não tenho a mínima paciência. Tinha uma época que ia na academia tipo cumprir horário: fazia a esteira para manter o peso; abdominal para a hiperlordose e braço para a tendinite e tchau! hauahuahauh
    [Pega A velha que vai na academia cuidar de doença! rs]

    Estou comentando, para te falar da alternativa que descobri para mim: o pilates!! Imagino que você já conheça, e como você falou que está focada na questão de definir músculos, acredito que se você curtir, ele vai te ajudar nisso e em muitas outras coisas, como o equilibrio, flexibilidade e resistência!

    Eu acabei apaixonando e fico até ansiosa para a aula, sabe? E me sinto super bem depois! Sem contar que sinto que tenho um objetivo dentro das aulas, que é atingir as posições e movimentos avançados da prática, o que me motiva muito!

    Se você já fez ou faz, conta da sua experiência aqui para a gente também! Agora tô a louca lendo tudo que aparece! hauhauah

    Super beijo!! =D

  7. Annanda Sousa
    09 de outubro de 2014 - 19:04

    Com certeza o seu post me ajudou. Terminei de lê-lo decidida a ir no médico. Eu já fui na nutricionista mas sinto meu metabolismo bem lento também.

    Obrigada por compartilhar.
    Beijos.

  8. Vivi
    09 de outubro de 2014 - 19:07

    Obrigada por compartilhas suas experiências, Lia! Curto esse tipo de post porque você é bem pé no chão e confio nos seus relatos. :) rs Confesso que só comecei a perceber uma mudança no seu corpo quando você comentou num vlog que estava de dieta (e recusou sorvete do Dani! hehehe) e um dia desses até comentei numa foto sua do insta como seu corpo estava bonito! Nem usei a palavra “magra” porque acho que esse adjetivo realmente não tem nada a ver com beleza (e você já era linda antes da dieta!), mas achei válido comentar porque, já que você estava postando fotos de look do dia, acho que isso influencia também na forma como as roupas ficam no seu corpo e etc. Ano passado comecei a ir à academia e também tive uma surpresa, pois estava acima do peso mesmo não aparentando – tudo por causa da grande quantidade de gorduda – uns 24% -. Esse ano não tô podendo fazer exercício nenhum, então sei que engordei, mas tô tentando comer mais conscientemente. :) Compartilha suas dicas de como você tá se saindo na dieta (no sentido de não cair em tentação) hehe! Beijo!

  9. Diuly Ottobeli
    09 de outubro de 2014 - 19:07

    Acredito que todas as mulheres devem se cuidar é muito bom estar feliz com nossos corpos desde que não vire uma compulsão, acho que se cuidar e estar bem tanto por dentro como por fora é sempre bem vindo ! (você esta com um brilho mais feliz) …
    Eu durante a semana tento comer mais coisas saudades para que no fim de semana eu possa comer doces e etc moderadamente sem problemas, não para emagrecer mais para mater o peço e estar mais saudavel sem me previr de comer tudo que sinto vontade :D
    http://www.diulyottobeli.com

  10. Vivi
    09 de outubro de 2014 - 19:08

    Ps: a internet é linda e é ótimo ter pessoas como você nela. A cada post seu me sinto mais perto de você. <3

  11. Vivi
    09 de outubro de 2014 - 19:11

    Ps: Lia, você não curte exercícios como pilates, ballet e yoga não? Faço (quer dizer, parei nesse ano) ballet há 7 anos e me deixou mais forte do que ir a academia, viu? ok que eu fiz academia por menos que um ano, mas eu ficava tão desmotivada que não adiantava nada. Ano que vem pretendo voltar ao ballet e entrar na yoga. Quero melhorar minha relação com o corpo e com a mente. Bjo!

    • Lia
      09 de outubro de 2014 - 19:32

      Vivi em 09 de outubro de 2014 às 19:11 disse:

      Ps: Lia, você não curte exercícios como pilates, ballet e yoga não? Faço (quer dizer, parei nesse ano) ballet há 7 anos e me deixou mais forte do que ir a academia, viu? ok que eu fiz academia por menos que um ano, mas eu ficava tão desmotivada que não adiantava nada. Ano que vem pretendo voltar ao ballet e entrar na yoga. Quero melhorar minha relação com o corpo e com a mente. Bjo!

      Vivi, tenho um pouco de dificuldade com os horarios pra fazer esse tipo de aula! Sei que aqui no meu predio tem turmas de algumas coisas (deve ter pilates e yoga), mas eu teria q me adaptar ao horario, qdo na musculação, a academia fica esperando na hora q eu posso sabe?!

      Preciso testar!

  12. Paula Tonkio
    09 de outubro de 2014 - 19:57

    Fiz isso ano passado, fiquei chocada tbm com meus 30 kilos de banha! kkkk
    Mas olha desencanei por agora (trabalho e facul), não tenho tempo pra academia então tenho cuidado da alimentação somente, meu marido vem fazendo pilates e amando só que aqui é muuuuito caro.

    Quando a sindrome do pânico para as meninas que tem aqui o que me ajudou é quando sinto uma ponta de start penso “CORPO VOCÊ NÃO PRECISA FAZER ISSO, ESTÁ TUDO BEM, e mentalizo que já sei o que vou sentir e que não devo me preocupar por que não é um ataque do coração nem nada é só uma reação exacerbada do meu corpo, e respiro lentamente.

  13. Rebeca
    09 de outubro de 2014 - 20:02

    Lia, que absurdo, desde 2012 passei por 3 endócrinos e nenhum pediu esse exame aí! Nem sabia que existia, agora tô louca pra fzr!
    P.s. Tava me controlando por causa desse post antigo, sobre vc não gostar de comentários assim, e tal, mas como é tema do post, vou comentar só desta vez: tô achando você ainda mais bonita, praticamente uma top!

    • Lia
      09 de outubro de 2014 - 20:05

      Rebeca em 09 de outubro de 2014 às 20:02 disse:

      Lia, que absurdo, desde 2012 passei por 3 endócrinos e nenhum pediu esse exame aí! Nem sabia que existia, agora tô louca pra fzr!
      P.s. Tava me controlando por causa desse post antigo, sobre vc não gostar de comentários assim, e tal, mas como é tema do post, vou comentar só desta vez: tô achando você ainda mais bonita, praticamente uma top!

      Esse equipamento do exame o meu médico tem no proprio consultorio! É uma balança, sai o exame na hora, super facil!

  14. Andrezza Melo
    09 de outubro de 2014 - 20:54

    Lia, cê tá toda certa, eu só indicaria parar de se pesar todo dia! Se você tá fazendo musculação e comendo adequadamente, você vai perder gordura ao mesmo tempo em que ganha músculos, aí o peso na balança pode ficar na mesma, ou até aumentar. O espelho é muito mais confiável. Cuidado pra não ficar muito bitolada no número que tá aparecendo, ele não diz muita coisa e pode desestimular a gente às vezes (até porque depois de um tempo a perda começa a ser mais lenta).

    • Lia
      10 de outubro de 2014 - 13:40

      Andrezza Melo em 09 de outubro de 2014 às 20:54 disse:

      Lia, cê tá toda certa, eu só indicaria parar de se pesar todo dia! Se você tá fazendo musculação e comendo adequadamente, você vai perder gordura ao mesmo tempo em que ganha músculos, aí o peso na balança pode ficar na mesma, ou até aumentar. O espelho é muito mais confiável. Cuidado pra não ficar muito bitolada no número que tá aparecendo, ele não diz muita coisa e pode desestimular a gente às vezes (até porque depois de um tempo a perda começa a ser mais lenta).

      Amei sua opinião sobre isso!!! Mas eu acho bom porque a gente chega à algumas conclusões sabe?! A gente vê na pratica a diferença que faz uma escapadinha da dieta, comer uma tranqueira a noite… Sempre me peso de manhã e noto qdo meu corpo não conseguiu “lidar” com a tranqueira durante a noite!!
      Mas vou ficar ligada nessa historia dos musculos conforme pego a malhação pra valer

  15. Dayse
    09 de outubro de 2014 - 21:04

    Lia, vc tá linda!!! Sempre foi!
    Eu sofro com a balança há uns 20 anos, já fiz todas as dietas possíveis, já tomei mto remédio pra emagrecer e tb já fui rata de academia. Perdia uns 10kg e logo recuperava, mesmo indo pra academia até de sábado e não saindo da dieta nos fds. Depois q engravidei e tive minha bb, tudo piorou. Aí q não consegui mais emagrecer. Enfim… Já fiz todos os exames solicitados pela gastro e já peguei os laudos médicos pra poder fazer a redução do estômago! Sim! Ainda esse ano faço a cirurgia bariátrica! Estou mto ansiosa! Agora vai! rs
    Beijos, tá linda viu!!!

  16. Anne
    09 de outubro de 2014 - 21:32

    Adorei o post. Te acompanhando há tanto tempo eu já sei mais ou menos os tipos de comentários que te desagradam (exemplo: “tá linda magra”…) e aí já vai automático, eu imaginando sua reação ao ler XD
    Eu, já faz muitos anos que me exercito diariamente em casa mesmo. Tive duas bicicletas ergométricas, elíptico, mini cama elástica para fazer jump e até bambolê. Gosto porque o aparelho tá sempre ali e não tem desculpa para faltar. Além de poder fazer assistindo televisão (aí pego o tempo do programa).
    Faço mais para não ser sedentária… Agora dieta, muito radical, dessas que cada hora tem uma nova e as pessoas vão tentando, eu nem me atrevo.
    Acho que é fácil você começar uma dieta e até ver o resultado, o difícil mesmo é você manter e continuar. Aí que entra o problema da maioria das pessoas. Faz aquela mudança drástica no cardápio, sofre e só dura determinado tempo.
    Por isso eu resolvi continuar comendo de tudo, mas evitando a gula. Não repito mais a comida, como em pouca quantidade, substituí as tranqueiras entre as refeições por frutas. E o meu objetivo é levar isso para a vida e não por um tempo.
    Já deu diferença, eu tinha que acostumar o meu estômago com pouco. Outra coisa importante é comer devagar para dar tempo do cérebro processar que está satisfeito, eu comia muito rápido.
    Por isso que gostei do seu post, não tem nada maluco/mirabolante/milagroso/paranoico, tudo por conta da saúde e do seu próprio bem estar.

  17. Chris Figueiredo
    09 de outubro de 2014 - 21:52

    Lia, primeiro que dizer que te acho uma bela mulher! Vc tem estilo, é charmosa e além de tudo uma das blogueiras mais simpáticas e atenciosas com seu público!
    Falar mal …. Isso nao tem como! Sendo uma pessoa pública ou nao, sempre vao falar!
    Adorei o que vc escreveu …. O importante é como vc estava se sentindo (de Lia p Lia!)
    Eu dei uma relaxada com alimentacao e exercícios … Fiquei um ano sem malhar e comendo guluseimas calóricas. Nao engordei muito, sabe?! Mudei um número no meu manequim … De 38 p 40.
    Bom…. Resolvi voltar p academia e quase morri quando soube do percentual de gordura que habitava meu corpo …. 28%!
    Eu nao estava feliz quando usava saias e shorts …. Por isso resolvi mudar!
    Mas, nao sou uma pessoa radical. Gosto de sair nos fins de semana p almocar ou jantar, tomar um vinho …. uma boa sobremesa.
    Entao, eu estou me cuidando, mas sem neuroses!
    Bjo grande e continue brilhando!

  18. Blog Alto Estilo
    09 de outubro de 2014 - 22:07

    Parabens lia … Eu tambem Superei … e com Dieta e academia Eliminei 46 kilos … Adoro … E hoje estou mega Feliz.

    http://blogaltoestilo.com/

  19. Gabriela Costa
    09 de outubro de 2014 - 22:29

    Ai Lia eu adoro quando você faz posts pessoais e de conscientização assim sabia!?
    É muito bom alguém influente falar sobre esse tema de uma forma madura e coerente, porque fico muito assustada com essa geração “projetos” e essas dietas malucas, treinos absurdos, suplementação errada… Parece que virou moda e que se você não vai religiosamente na academia e come ” frango com batata doce” todo santo dia você é uma baranga preguiçosa.
    Já sofri muito por causa de peso, e sempre fui magra, mas como bailarina o negocio pega, uma época a minha professora encanou que eu estava gorda e fez um inferno na minha cabeça, resultado cheguei a pesar 44 kg e tive vários problemas de saúde, minha familia interviu quando num ensaio eu desmaiei por fadiga…
    Hoje aprendi a lição e não deixo mais ninguém me dizer o quanto eu deveria pesar, me acho linda do jeito que estou (hoje estou com 49kg o que está ok pra mim que tenho 1.58) e faço somente pilates 2 vezes por semana, acho um exercicio bem completo e dinâmico, muuuito mais gostoso de fazer do que musculação. Recomendo!!
    Ah e você é linda de qualquer jeito!!
    Parabéns pelo post eu amei <3

  20. Mari Martins
    09 de outubro de 2014 - 22:39

    Lia muito bom isso mesmo a gente tem que procurar ser saudável sempre!!! Saúde é o que importa vc faz alguma outra atividade fisica fora a musculacao? Eu acho que isso ajuda muito eu odeio musculacao e amo natacao mas preciso fazer os dois entao em intercalo entre algo necessario e um prazer.
    bjoss

  21. Laura
    09 de outubro de 2014 - 22:50

    Adorei seu post! E já deu pra ver super diferença nas fotos! Também comecei academia em agosto, sempre odiei musculação, mas agora faço um dia de zumba, um de spinning e dois de localizada, e as vezes um pouco de musculação pq tem q ter né… Em 2 meses emagreci pouco mais de 3kg. Além dos exercícios, dei uma boa segurada na alimentação. Arroz, só integral, e uma porção muito pequena. Durante a semana evito besteiras, frituras, doces, carne vermelha… Refrigerante nem lembro a última vez que tomei, e olha, nem to sentindo falta! De fim de semana me permito comer alguma porcaria, afinal ninguém é de ferro, mas sempre de olho na quantidade.
    Não tem jeito, tem que ser reeducação alimentar + exercícios, mas sem ficar neurótica!

    Parabéns pelos resultados e pelo post!

    Bjs

  22. Vivi
    09 de outubro de 2014 - 22:51

    Lia em 09 de outubro de 2014 às 19:32 disse:

    Vivi em 09 de outubro de 2014 às 19:11 disse:

    Ps: Lia, você não curte exercícios como pilates, ballet e yoga não? Faço (quer dizer, parei nesse ano) ballet há 7 anos e me deixou mais forte do que ir a academia, viu? ok que eu fiz academia por menos que um ano, mas eu ficava tão desmotivada que não adiantava nada. Ano que vem pretendo voltar ao ballet e entrar na yoga. Quero melhorar minha relação com o corpo e com a mente. Bjo!

    Vivi, tenho um pouco de dificuldade com os horarios pra fazer esse tipo de aula! Sei que aqui no meu predio tem turmas de algumas coisas (deve ter pilates e yoga), mas eu teria q me adaptar ao horario, qdo na musculação, a academia fica esperando na hora q eu posso sabe?!

    Preciso testar!

    Entendi… Realmente, às vezes o horário atrapalha (ainda mais pra quem tem vida corrida), mas sei que alguma academias têm aulas “avulsas” e você não precisa participar da aula em uma turma específica (apesar de o ideal é acompanhar uma turma própria pra você). Se te interessar, adoro esses canais de yoga+pilates do youtube, pra fazer em casa:

    https://www.youtube.com/channel/UCFKE7WVJfvaHW5q283SxchA

    https://www.youtube.com/channel/UCIJwWYOfsCfz6PjxbONYXSg

    :)

  23. Camial
    09 de outubro de 2014 - 22:58

    Sinceramente? Não tinha nem reparado no seu peso… Pra te falar bem a verdade, nunca reparei e acho ótimo! Só enxergo essas coisas quando são absurdamente visíveis… E sabe de uma coisa? Me sinto bem assim. Significa que não me afetei com essa onda de neurose com o corpo, disfarçada de cuidado com a saúde! Te acompanho desde quando era pirralhinha (sim, em outras palavras, leia-se Dolls aqui haha) e pensei no que você comentou aqui em cima com algumas das meninas… Com o passar do tempo ficamos mais lindas, não em peso, aparência, etc, mas em bom gosto e amadurecimento mesmo… Fico pensando o quanto você emana boas vibrações, coisas boas sabe? E também vendo umas retrospectivas do seu look… Você tá incrível a cada dia que passa! Tá se vestindo cada vez melhor, no sentido não de julgar que um estilo de vestir é o certo e os outros são errados, digo no sentido de combinar as roupas e o estilo com quem você aparenta/transparece ser… Cores vivas, alegres, iluminadas como quem eu sinto que você seja! Que Deus te abençoe muito por você conseguir passar VERDADE em tempos que só vivem de mentiras e aparências… Obrigada por ser minha ‘ídola’ de infância e continuar sendo no decorrer do meu crescimento! =) Bj

  24. Vanessa
    09 de outubro de 2014 - 23:11

    Sempre pensei “que se f&/@, quando morrer quero bastante gente pra levar meu caixão” (infame, sim!)
    So que comecei a me sentir muita mal, fraca, sem ar (sou fumante pra ajudar), e procurei ajuda de uma nutróloga. Comecei uma reeducação alimentar, academia, caminhada. Não perdi muito peso pois já era “magra”, mas a disposição é outra! Hoje corro 5km sem pestanejar. A qualidade de vida… hoje tenho qualidade na vida rsrs. E isso é o mais importante.

  25. Fernanda
    09 de outubro de 2014 - 23:46

    Adorei o post, estava sentindo falta de você comentar a respeito, porque a mudança está muito nítida. ;) Se conselho fosse bom, não era de graça rsrs, mas eu diria para não acompanhar tanto a balança. Com o tempo você vai ganhar massa e parar de “emagrecer” e as roupas vão se tornar seu espelho. Eu “engordei” 4kg desde que comecei a musculação, há um ano e meio, e a porcentagem de gordura só cai. ;)

  26. Aline Viegas
    09 de outubro de 2014 - 23:55

    Lia, te acho a melhor blogueira, honesta, realista, e gostei muito do teu post. Infelizmente não cabe a teu médico te passar dieta, correto seria ele ter uma equipe com educador físico e nutricionista. Fico feliz que estejas fazendo exames, acompanha bem tua função hepática e renal, sobrecarga de proteína pode prejudicar a função desses órgãos. Fica de olho, existem múltiplos profissionais justamente para te dar a melhor qualidade de atenção em saúde. Não tenho nenhuma critica a ti, quando mais nova “brincava” com as tuas Dolls, na verdade como profissional de saúde, fiquei preocupada é com o profissional que está cuidando da tua.

  27. Tuka Sampaio
    10 de outubro de 2014 - 00:12

    Gata antes, gata depois! Gataaaa! hahhahaha mas é bom seguir a onda da saúde sempre. Eu tô emagrecendo beeem devagar, mas com orientação de uma nutri e comendo tudo o que eu preciso para me mantar saudável e “feliz”.

    Beijos Lia, amei seu post!

  28. Brenda Costa
    10 de outubro de 2014 - 00:25

    Do ano passado pra cá eu engordei bastante, BASTANTE MESMO, acho que coisa
    de 10kg, parece surreal né? Quando comecei a perceber a mudança surtei um pouco,
    mas logo comecei a me acostumar e não ficar mt encanada com isso…
    Acontece que meu peso não está estabilizado sabe? Sempre que subo na balança tomo
    um susto (kkkkkkk) e tenho conciencia de que é pq eu estou comendo MUITA PORCARIA.
    Tou prestes a fazer 19 anos (faço aniver dia 20 YEY), e sei que quanto mais a idade vem chegando mas complicado fica de perder esse peso (ok ainda sou um baby, mas agt tem q se cuidar enquanto é jovem né)….
    Já marquei nutricionista -já fui no endocrino- e pretendo mudar de vez esse estilo de vida, sem neuras e tals claro!!!
    Eu reparei sim no seu emagrecimento Lia, principalmente nessa segunda foto de look que vocÊ postou aí (e olhe q eu sou mt dificil de reparar nesse tipo de coisa viu, sou do tipo q nao percebe mesmo) mas fiquei meio assim de comentar sobre isso pois sei que você nao curte HAHAHAHA.

    beijos <3
    http://sonhandoacordada.com

  29. Amanda
    10 de outubro de 2014 - 00:53

    lia, vc está ótima! Sempre achei vc mto bonita, de corpo inclusive, mas o mais importante mesmo é vc ter buscado um profissional e não ter pirado rs! Eu fiz medição de porcentagem de gordura há um mês, deu 29% de gordura corporal, mas foi com aquela que os nutricionistas usam sabe? De medir as dobrinhas kkkk! Estou há um mês e meio na academia, não notei mudança de peso mas já tive mudanças nas medidas, e ainda melhorei bastante minha alimentação. Hahahah até eu descobrir que estou grávida e meu médico mandar eu ~suspender~ a academia, trocando por exercícios de menos impacto como hidroginástica e caminhada, hahahaha!! Meu projeto verão vai ficar pra, quem sabe, daqui um ano rs! O importante é ser feliz!!! Por isso que curto mto o que vc escreve sobre o assunto, vc sempre deixa isso mto claro

  30. Luiza
    10 de outubro de 2014 - 07:15

    Lia, eu venho passando por um processo parecido há pouco mais de dois anos, meio que por conta de um histórico familiar (diabetes, pressão alta…). Ao longo desse tempo, perdi cerca de 25 quilos diminuindo porções de algumas coisas, aumentando de outras e quase que eliminando algumas, tipo refrigerante e coisas muito doces. Mas não foi muito do nada, eu fui num nutricionista antes. Eu não faço exercício regularmente, o que, admito, é um erro, mas pretendo. Além disso, em casa, certas coisas mais calóricas sempre foram raras, comer fora também, o que “facilitou” bastante e não tornou o processo “sofrido”, pelo menos pra mim.
    Tudo isso fez com que eu conhecesse melhor como o meu corpo funciona, além de pensar melhor antes de fazer um prato, além de “planejar” o que eu como de mais gorduroso e doce, que eu continuo gostando, mas como muito menos. Não tô pregando nada ou algo assim, mas é uma questão de se conscientizar sobre o que é pode ser bom pra você à longo prazo, além de um pouco de disciplina e tentar comer coisas o mais próximo do natural possível. E chocolate 70% cacau, que eu já gostava e procuro optar agora :)

    Beijos, Lia, adoro o blog :)

  31. Dayane
    10 de outubro de 2014 - 07:29

    Lia, tb to nessa onda fitness, não so pela questao estetica, mas tb para ser mais ativa e pq meu imc não estava ideal e to procurando alguns perfis e/ou blogs que falem sobre isso, mas que não seja aquela rata de academia, mas sim garotas nornais que querem ter uma vida mais saudável e que tenha outro assunto pra falar além de proteína e essas coisas, tem vc tem alguma blogueira parceira pra indicar?

  32. Mariel
    10 de outubro de 2014 - 08:55

    Liaa, parabéns pelo post… no meio de tanta gente propagando essa ~onda fit~ e só ostentando tanquinhos no Instagram você vem com esse texto lindo e PÁÁÁ, dá um banho de inteligência! heheheh Pensamentos como o seu devem ser mais propagados afinal o que importa de verdade é a saúde e não os gominhos na barriga ^^
    Um super beijo :*** e força! (pq puxar ferro na academia não é msm a coisa mais legal do mundo mas… queremos ser senhorinhas saudáveis e esbeltas, pq não?! haha)

  33. DÉBORA SANTOS
    10 de outubro de 2014 - 09:10

    OLÁ LIA
    ALGUMAS SEMANAS ATRAS LHE ENVIEI NO INSTAGRAM UMA FOTO SUA NO VÍDEO “AS LEITORAS PERGUNTAM 3”, ENVIEI COMENTANDO COMO ESTAVA MAIS MAGRA E TAMBÉM PERGUNTANDO COMO HAVIA EMAGRECIDO.
    NÃO QUERIA DE MANEIRA ALGUMA QUE FOSSE UMA PERGUNTA TÃO EVASIVA, FOI UMA CURIOSIDADE DE QUEM ESTA TENTANDO EMAGRECER NÃO PELO APARENTE E SIM PELA SAÚDE.
    E QUERIA DEIXAR CLARO QUE A PERGUNTA TAMBÉM NÃO QUIS DIZER COMO VOCÊ ESTAVA, PELO CONTRARIO, SEMPRE TE ADMIREI E ACHEI SIMPLESMENTE LINDA, NÃO SÃO MÚSCULOS QUE FAZEM O CARÁTER DE UMA PESSOA, AS VEZES A SOCIEDADE NOS EMPURRA A GOELA ABAIXO O PADRÃO DE BELEZA A SER SEGUIDO, MAS PORQUE? SE ME SINTO TÃO BEM COMO ESTOU.
    ESPERO QUE NÃO TENHA LHE OFENDIDO COM A MINHA PERGUNTA.

    UM GRANDE BEIJO
    @DÉBORABEBI

    OBS: QUASE TENHO UM ATAQUE DO CORAÇÃO QUANDO VEJO SEUS VÍDEOS DE COMIDAS DO JAPÃO/CHINA/COREIA KKKK É MUITO ENGRAÇADO E VOCÊ É MUITO SORTUDA.

  34. Ana C
    10 de outubro de 2014 - 09:42

    Parabéns, Lia!
    Acho extremamente importante você se posicionar de forma tão firme em um tema como este. Eu já segui perfis de blogueiras fitness e me sentia muito mal e “pra baixo” com tudo que elas faziam e eu não conseguia acompanhar.
    Vc é linda de qualquer jeito! Muito mais por dentro do que por fora!
    Mil beijos

  35. Mariana Cruz
    10 de outubro de 2014 - 09:43

    lia! adorei! como vc é uma blogueira com bastante seguidores, tudo que vc faz se reflete em muitas meninas, principalmente adolescentes… fico muito feliz em ver pessoas com tanto pé no chão como vc e que realmente não faz apologia à magreza nem nada disso.
    boa sorte com o seu processo de melhorar sua saúde, porque isso é tudo que importa ;)
    bjos

  36. Pollyanna Guimarães
    10 de outubro de 2014 - 09:46

    Oi Lia,

    engraçado você postar isso hoje, eu sou tão desligada (que gosto de LER o seu blog e as coisas lindas que escreve, não fico reparando e nem julgando você), e eu fui reparar que está diferente, que emagreceu no post “4 jeitos de usar: Espadrilha de amarrar” que tem você em datas diferentes.
    Para mim o importante é a pessoa estar bem, se sentir bem, independente se está gorda ou magra, porque isso é questão física (pode ser mudado), mas se você está realmente feliz isso consequentemente reflete na sua aparência e pouco importa o quanto a sua balança marca, desde que isso não prejudique a saúde.
    Você é linda de qualquer forma. Adoro o blog.

    Bjo.

  37. KarenKac
    10 de outubro de 2014 - 10:20

    “Bioimpedância”… nunca tinha ouvido falar; vou anotar e falar com minha endocrinologista sobre! Estou tentando perder peso (estou sobrepeso) mas já faço muitas atividades físicas e não como muita besteira, então ainda estou nesse tal período de descobrimento sobre o que comer e o que não comer, o que faz falta e o que não faz… Pq o metabolismo realmente muda, e isso me incomodou muito quando percebi… Muito bom o post mesmo, Lia, fico feliz de ver sua busca pela SAÚDE! :D Não tenho corpo de modelo, nem acredito que terei por conta do meu biotipo, mas me sentir leve e saudável é algo que me atrai bastante e que quero para um longo prazo de qualidade! ^_^

  38. Débora Alencar
    10 de outubro de 2014 - 11:00

    Lia, se você se sentir a vontade, poderia contar como foi o seu tratamento para o Transtorno do Pânico? Obrigada! =**

  39. Ana Rita
    10 de outubro de 2014 - 11:01

    Oi Lia, tudo bem?
    Adorei esse post e me abriu tanto a mente.
    Há um ano atrás engordei bastante e comecei a sofrer pressão do meu chefe sobre o meu corpo. Isso foi ficando cada vez mais frequente e acabei desenvonvendo sindrome do panico e ansiedade por performance. Hoje estou fazendo um tratamento com psiquiatra e psicologos e tomando muitos remedios e isso naturalmente me fez emagrecer mas não de uma forma saudável.
    O que eu queria dizer com tudo isso é tudo o que você já disse. Nosso corpo, do jeitinho que queremos da forma que gostamos. Ninguém, absolutamente ninguém tem o direito de dar pitacos na forma como somos.
    Acho que sou muito maior do que a minha barriga. Acho que meu coração, meu caráter excedem qualquer gordurinha pulando da minha calça.
    Queria agradecer por esse post e dizer que admiro muito você, seu jeito feliz de nos passar tudo e a forma como vc é consciente com assuntos mais polêmicos.
    Um beijo enorme no seu coração e muito sucesso Lia.

  40. Karin Camargo
    10 de outubro de 2014 - 11:08

    Oi Lia.
    Parabéns pelo post, ele veio bem a calhar para mim. Ontem estive em consulta médica com meu cardiologista e ele falou praticamente o mesmo que você. Ler rótulos, me movimentar, mas sem neura, só para cuidar da saúde mesmo e não para ficar com o corpo rotulado da moda.
    Entendi que este post veio para me motivar a dar o primeiro passo. OBRIGADA!!!!!
    Beijos, te adoro, viu?!

  41. Jaque
    10 de outubro de 2014 - 11:22

    Lia como sempre seus posts são maravilhosos. Está certíssima em não expor tanto a sua vida mas os comentários e as dicas foram na medida e fazem de você uma blogueira de alto nível, em todos os aspectos. Nunca me arrependo de ler as matérias inteiras. Parabéns!!!!

  42. Milene Toda
    10 de outubro de 2014 - 12:00

    Que coisa, eu li este post ontem a noite e sonhei com a Lia dizendo que quer que todas as meninas comentem para dizerem o que acham desse tema!!
    O assunto deve ter ficado na minha cabeça!!

    Lia, acho que isso é uma das coisas que eu mais gosto de você, essa sua posição em relação a você mesma, que você é você, e pronto! A sua segurança, o seu jeito de ser se sobressai muito em relação ao “padrão” das pessoas de hoje.

    É muito louco como as pessoas tem vergonha de si mesmas quando não estão magras, atléticas, ou de qualquer jeito que a sociedade imponha, eu mesmo quando tiro uma foto de mim acabo apagando por ficar meio frustrada por não estar “mais bonita” do jeito que eu acho que poderia estar.

    Uma das coisas que eu quero atingir é essa mentalidade que você tem. Acho que em primeiro lugar eu tenho que conseguir ser segura de mim mesma.
    Quando eu era criança, eu era gordinha, daquelas que tinha até pneuzinhos na barriga. E eu realmente não me importava com aquilo. Eu comia feito uma louca (eu ainda faço isso), e vivia feliz da vida. Só que enquanto eu crescia, fui emagrecendo naturalmente, sem esforço, e agora eu me importo com o meu peso (e o pior é que eu não estou acima do peso), pura neura sem sentido. Mas eu também sou uma preguiçosa que não tem vontade de ir pra academia me exercitar.

    Eu acho que a saúde é o que mais importa. Se você estiver saudável, acredito que você já atingiu o que você precisa pra ser feliz. Então eu me pergunto, porque eu ainda me preocupo com o quão “gorda” eu me enxergo?
    Eu fico tão feliz de ver pessoas seguras de si independente de como elas são, e eu não acho que as outras pessoas são gordas ou magras, então porque eu tenho que pensar isso de mim?
    Acho que a minha mentalidade foi sendo moldada por esses padrões ridículos e eu acabo me denegrindo por causa disso.

    Tenho muita vontade de procurar profissionais para procurar saber mais sobre a minha saúde e emagrecer com saúde. Agora com a sua história já sei quem eu devo procurar.

    Bom, obrigada Lia. Obrigada por ser essa pessoa maravilhosa!
    Eu te admiro muito e quando eu crescer quero ser igual a você! rs (Na verdade eu acho que eu tenho a sua idade xD) (mas você entendeu o que eu quis dizer rs)

  43. Kah
    10 de outubro de 2014 - 12:01

    Eu sempre evito comentários sobre corpo porque não curto que falem do meu. Sou magra, tenho 8kg de gordura apenas (peso 55kg), mas não sou bitolada na academia nem na dieta.
    Amei o post por ser pé no chão! Esses blogs/perfis fitness incentivam, mas depois de um tempo eu paro de seguir porque acho radicais demais. Como se precisássemos viver pra malhar e fazer dieta, é trágico.

  44. Patricia
    10 de outubro de 2014 - 12:47

    Oi Lia! Tudo bem?

    Assim como uma leitora acima comentou, eu realmente não tinha percebido esta diferença no seu peso. Só consegui perceber agora com as fotos de “antes” e “depois”. Parabéns pela mudança e pelo post!
    Atualmente estou tentando me reeducar também, com acompanhamento de uma nutricionista e faço pilates e corrida. Faz um mês que comecei e estou vendo ótimos resultados! Mas há um grande desafio daqui a um mês: 7 dias em NY! rsrs… Me chamou a atenção que você ficou 10 dias nos EUA e conseguiu não engordar e não passar vontade. Como você conseguiu? Poderia me falar mais um pouquinho disso? Eu também não quero engordar na minha viagem mas queria aproveitar as guloseimas que gosto tanto!! Beijão e obrigada!

  45. Nayana
    10 de outubro de 2014 - 13:27

    Lia querida… primeira vez que comento aqui!! Uhuuu!! hehehe… faz tempo que acompanho teu blog e canal do youtube, mas hj me senti motivada a comentar pois estou nesse momento de mudança de hábitos na minha vida. Sempre fui magra, mas durante a faculdade em um ano engordei incríveis 10 kg… consegui perde-los para a formatura e me mantive por mais de 7 anos com meu peso de antes da facul. Mas agora voltei a engordar, não se se devido aos antidepressivos (que tomo para tratamento da enxaqueca) ou pq como fiquei muito tempo sem alteração de peso senti q podia comer de tudo, principalmente porcarias, sem culpa nem peso na consciência. Mas agora engordei e decidi que PRECISO mudar hábitos. Estou na academia, fiz trocas na alimentação, aprendi a ler rótulos, mas teu post me incentivou a buscar esse acompanhamento médico. Obrigada pela honestidade nos posts e pelas orientações diretas. Beijo enorme… e sucesso para nós nessa busca da vida cada vez mais saudável!

  46. Andréia
    10 de outubro de 2014 - 15:07

    Lia, você é uma fofa! Daquelas que dá vontade de ser amiga! rs Nunca comentei aqui, mas sempre acompanho seus postos tanto aqui quanto no instagram. Adoro ler seus posts super sinceros (e pé no chão) e bem humorados e sem ‘mimimi’, sem se ‘achar’ pq tem um blog e tals… Ah.. e adoro qdo posta suas ‘gordices’ tb! kkk

  47. Rafaela
    10 de outubro de 2014 - 16:09

    Lia amei seu post.
    Estava ansiosa para vc falar sobre sua dieta. E foi mto legal da sua parte se expor, pois vc não gosta mto né. Acho q é pq vc é uma das blogueiras mais famosas e com a fama vem pessoas te criticando, xingando, etc.
    Já fui correndo ver se o seu médico estava no meu convênio e não está :(
    Mas dependendo o valor da consulta posso até pedir um reembolso hehe.

    Vc era, está e sempre será linda!!

  48. Erika/SP
    10 de outubro de 2014 - 16:47

    Oi Lia, só pra te dizer que te admiro muito, sempre estou aprendendo aqui no blog! Sonho em um dia te encontrar por aqui em Sampa! Quem sabe um dia né!? ;) Beijos, Erika/SP

  49. Luisa Midori
    10 de outubro de 2014 - 17:25

    Puxa Lia, vc escreveu esse post na hora certa!
    Qdo morei no Japão emagreci mtoo, mtoo mesmo devido a rotina exaustiva que levava…
    Há 2 anos voltei para o BR e engordei novamente…
    Nada absurdo, mas sabe aquela “barriguinha” e “celulitezinha” que tanto incomodam qdo vc coloca um biquini?
    Foi nessa neura que me meti e decidi melhorar minha alimentação por conta própria, sem instrução de um profissional.
    Comecei a trazer meu almoço de casa, variando a salada e a proteína em frango ou peixe…
    Resultado: hj no almoço fiquei tããão enjoada de ver minha marmita q joguei metade fora…
    Isso pq há semanas não como um prato decente, só salada e frango ou peixe…
    Enfim, cai na real e vi que não é necessário mudar tão radicalmente minha alimentação e sim comer melhor e em mais porções por dia.
    É sempre bom ler seus desabafos, pois isso nos aproxima e nos ajuda a ver as coisas por um outro ângulo.
    Bjaum!

  50. Angelina
    10 de outubro de 2014 - 17:49

    Lia, tenho que concordar com você. Eu passei por algo parecido. Depois de alguns anos comendo qualquer besteira e sendo hiper sedentária depois de entrar na faculdade fui engordando aos poucos até chegar no meu maior peso. Foi quando as minhas crises de enxaqueca eventuais viraram uma constante, eu não tinha energia pra subir uma escada ou carregar as compras ou levar uma cadeira daqui até ali. Foi nessa época que resolvi que era hora de tomar alguma providência. Procurei ajuda profissional e descobri que tinha 33% de massa de gordura. Com a ajuda de um profissional de educação física e uma nutricionista consegui mudar esse quadro. Hoje, pouco mais de um ano e meio depois consegui chegar aos 23% de massa de gordura, ganhei massa muscular, durmo melhor, me alimento melhor, tenho muito menos crises de enxaqueca, meus exames estão ótimos, tenho pique pra tudo. Pratico atividade física diariamente. Faço musculação, nado e corro. Eu nem imaginava, mas o que começou como obrigação hoje é uma atividade prazerosa, que diminui o meu estresse do dia a dia e que eu não fico sem. Hoje como muito melhor do que antes, mas é como dizem, 80% do que a nutricionista manda, 20% do que eu quero, não sou radical, nem xiita-fitness. Me sinto muito melhor hoje. E não, eu não vou dizer nem qual era nem qual é o meu peso, porque o peso não importa nem um pouco. ;)

  51. Samyra
    10 de outubro de 2014 - 18:20

    Eu nem tinha reparado nessa mudanca de peso a nao ser por reparar que tinhs voltado a encher de comentarios “magraaa” “conta o que vc ta fazendo ta linda mais magra” etc no insta e aff acho mto chato isso ainda mais pq sei que voce nao gosta desse tipo de comentario. Confesso que fiquei meio assim quando vi que vc tinhs feito post sobre o emagrecimento, ateh demorei um pouco pra ler pq fiquei com medo de vc ter passado pro lado negro da força HAHAHAH mas como sempre vc me mostrou o porque admiro tanto a sua pessoa! Adorei o tom do post adorei o motivo pelo qual voce resolveu postar sobre isso! Quase devo pedir desculpas por achar que voce faria algum post que fosse contra sua opniao de “do meu corpo cuido eu”. Nunca comento aqui no blog neh mas achei que devia dessa vez hahahah ta sempre linda Lia, obrigada por ser essa pessoa tao querida e tao real ❤️❤️❤️

  52. Jéssica Sabrina
    10 de outubro de 2014 - 18:21

    Por isso sigo seu blog Lia :D não tenho corpo escultural, sou normal kkkkk e me identifico com você nisso! Como de tudo, e agora me toquei com o que você falou, tenho o corpo normal mais acho que ando gelatinosa kkkkkkk fiquei empolgada pra procurar um endocrino também viu :D
    Miiiiiiil beijos

  53. Aline Ramos
    10 de outubro de 2014 - 18:37

    Oi Lia tudo bem???
    Por favor não aceite esse comentario…

    Vendo esse post queria te contar algo que aconteceu aqui em 2013 e eu só vi esses dias…

    No seu post de como usar short saia assimetrico eu deixei um comentario sobre o assunto, e aproveitei para pedir para incluir fotos de plus sizes aqui e uma das suas leitoras me mandou um comentario assim “Eduarda Fernandes vá tratar de emagreçer…isso sim é bom”…

    Eu sou super plus size… e fiquei chateada com a atitude dessa leitora… muitas garotas me apoiaram dizendo que eu deveria apenas emagrecer se quisesse (o que não vem ao caso), mas a grosseria dessa leitora me deixou chocada….

    Precisava te contar isso de alguma forma… tenho até o print da tela…

    Desculpe pelo desabafo…

    • Lia
      12 de outubro de 2014 - 18:29

      Aline Ramos em 10 de outubro de 2014 às 18:37 disse:

      Oi Lia tudo bem???
      Por favor não aceite esse comentario…

      Vendo esse post queria te contar algo que aconteceu aqui em 2013 e eu só vi esses dias…

      No seu post de como usar short saia assimetrico eu deixei um comentario sobre o assunto, e aproveitei para pedir para incluir fotos de plus sizes aqui e uma das suas leitoras me mandou um comentario assim “Eduarda Fernandes vá tratar de emagreçer…isso sim é bom”…

      Eu sou super plus size… e fiquei chateada com a atitude dessa leitora… muitas garotas me apoiaram dizendo que eu deveria apenas emagrecer se quisesse (o que não vem ao caso), mas a grosseria dessa leitora me deixou chocada….

      Precisava te contar isso de alguma forma… tenho até o print da tela…

      Desculpe pelo desabafo…

      Oi Aline!!! Os comentários entram sozinhos (a menos q vc esteja comentando com email fake ou novo!) então seu comentário entrou, mas não tem problema.

      Eu sempre tento acompanhar os comentários, mas as vezes perco os comentários dos posts da equipe e dou um pouco mais de atenção aos dos posts que eu escrevo. Porque sei que as autoras do post vão responder as duvidas mais importantes. Então só vi essa história q vc está me contando agora…

      Mas sabe, fiquei surpresa que ela comentou usando o perfil real dela, porque aí um monte de gente se encarregou de responder! kkk Aline, melhor o preconceito assim “colocado pra fora” que a gente logo dá um tapa na orelha (verbal/) da pessoa mesmo, do que os pequenos preconceitos enraizados e disfarçados, tipo esses “magraaaaa lindaaaa gataaaa” que eu tanto vejo, como se ser magra fosse sinonimo de ser linda. É mais fácil de educar sabe?! As pessoas tem desatrelar as coisas.

  54. Mia Freiesleben
    10 de outubro de 2014 - 18:41

    Oi, Lia!
    Obrigada por ter feito o post, mesmo se sentindo desconfortável. Eu li, porque também preciso emagrecer, por questões de saúde. Passei no endocrino essa semana.
    Mas, uma outra coisa me chamou atenção lendo esse post: “Transtorno do Pânico”. Imagino que, se você se sente desconfortável falando sobre emagrecer/engordar, deva se sentir mais desconfortável em falar sobre isso (ou não!), mas gostaria muito que você fizesse um post ou vídeo falando sobre isso. É, talvez eu seja sua leitora mais problemática. hauahau… Seria ótimo ouvir sua experiência ou o que você tem a dizer. Mas, se for muito difícil para você, tudo bem.
    Beijos!
    Uma Questão de Estilo

  55. Mari
    10 de outubro de 2014 - 18:52

    Lia, nunca comento, mas sempre acompanho vc aqui e no instagram. Também estou passando por um processo parecido e o meu conselho pra vc é: não entre na nóia da balança, do número q tá lá! Ainda mais pq vc quer ganhar massa muscular que “pesa mais” q gordura. Fazendo reeducação com nutricionista e praticando yoga 2x por semana, eu perdi 2 kg de gordura e ganhei 900g de massa muscular em menos de 2 meses. Ou seja na balança, a diferença era pequena mas na hora de medir massa gorda e magra a diferença é gde! Se olhar no espelho e ver as mudanças acontecendo, sua cintura diminuindo, coxa mais torneada, não tem preço! Eu não sei o remedio que vc está usando, mas eu acho q vale mto a pena vc se consultar numa nutricionista funcional/esportista e ver essas mudanças acontecendo efetivamente de dentro pra fora! um gde beijo =)

  56. Rossana B. Queiroz
    10 de outubro de 2014 - 21:23

    Ótimo post, Lia. Achei legal tu contares pra nós o que estás fazendo, ainda que, de fato, tu não nos deves nenhuma explicação quanto ao teu corpo. Mas achei tri a troca de experiência… Eu ganhei bastante peso nos últimos 4 anos, por conta de uma rotina maluca de trabalho + doutorado + perda de um parente próximo… Meu objetivo agora é procurar ajuda médica para me orientar na alimentação e retomar os exercícios. Teu post veio em boa hora, pra eu ter noção sobre exames, dietas etc que talvez eu precise fazer. ^^ E bom… a tua beleza vem de dentro, indiferente do peso que estás. O importante é estarmos saudáveis e felizes. Não tem nada que nos deixe mais bonitas do que um coração feliz. Continue linda sempre!! :)

  57. Paola
    11 de outubro de 2014 - 09:41

    Há alguns anos eu leio o seu blog, mas a pouco você tem sido minha blogueira favorita. Isso porque mesmo com os frufus femininos que amamos, você sempre tem uma postura adulta e não tem medo de se posicionar quando necessário. Sempre faz isso de uma maneira muito eloquente e transparente, Parabéns, Lia.
    Eu voltei à academia esse ano e o “triste” é que descobrimos que não é questão de escolha e sim necessidade. Não é vaidade, é saúde. Quando chego lá, sempre me pergunto o que esgtpu fazendo lá, mas a sensação de dever cumprido no final é recompensador. Eu também tive problema de pânico e é algo que me precupada muito, já que cada vez mais vemos que esse transtorno vem se tornando frequente na vida de tantas meninas.
    Vou marcar um consulta com seu médico.
    Um beijo e parabéns!

  58. Paola
    11 de outubro de 2014 - 09:46

    E pra essas leitoras que ficam apontando dedos sem olhar pro próprio umbigo, mandamos comprar um gato. Além de ter 7 vidas para cuidar, quem sabe acordam e vem que o outro é simplesmente o outro.

  59. Crislane Rocha
    11 de outubro de 2014 - 10:50

    Logicamente que todo mundo quer ficar saudável e quer que isso transpareça. Você faz certissimo e fico muito feliz que, em dias de blogueiras de moda alucicrazy pra mostrar barriga negativa (?!), você faz jus à sua posição de formadora de opinião e prega que tudo seja seguido com o acompanhamento correto.
    No meu caso é o inverso (do nada, um sharing). Engordar quando se tem um metabolismo como o meu também é muito sofrido…uns me dizem que tenho sorte e eu gosto do meu corpo do jeitinho mignon que ele é, mas é chato como as pessoas ss acham no direito de opinarem sobre tudo na sua vida, inclusive no seu peso. Se tá cheinha, tem que emagrecer, se ta magrinha, é anoréxica.
    O mundo precisa de menos rótulos.
    E você tá linda, nas duas fotos :)

  60. Vy
    11 de outubro de 2014 - 11:10

    *palmas* Post super pé no chão, REALISTA! Gostei muito! E gostei da dica do endócrino! Vou procurar um que seja perto (haha, olha a preguiça de atravessar o bairro, nem é longe assim =P) e ver uma dieta que me apeteça. Nuossa, eu odeio fazer qualquer exercicio, mas a idade chega e é uma droga mesmo, haha!

  61. Thaíse
    11 de outubro de 2014 - 13:24

    Tenho a mesma opnião Lia. Que o emagrecer ou engordar seja por saúde e não por aparência. Trocar a ordem das prioridades, pode ser inclusive, catastrófico. Odeio quando explico pra alguém que faço musculação pra ganhar massa muscular, e as pessoas ficam tipo: “Nossa, mas pra quê? Você é magrinha!”, e não entendem que eu só estou prezando pela minha saúde, não importa quanto eu tente explicar isso.
    Parabéns pelo post Lia, como sempre.

    Ah, e preciso comentar sobre o Whey. Ô TREM RUIM. hdiasudhadhiasdhiah Não consigo entender como as pessoas tomam, e gostam! Só tomo obrigada mesmo. kkkkkkkk

  62. Vitor Hugo
    11 de outubro de 2014 - 14:14

    Emagrecer não é fácil, é simples. Mas fácil… ainda mais quando se lida com comida o dia todo. Reeducação alimentar, sempre. E dei adeus a 30kg, \o\ Como disse, passar fome não passa, só aquela vontade de gordice mesmo.

    Ler rótulos ajuda, mas aquela coisa… ficar neurótico-fit-nazi também é demais, né? Como trabalho com comida, só acho tenso esses suplementos e whey (já provei, quem disse que serve pra comer é sádico ), afinal não é comida de verdade, hahahah

    • Lia
      13 de outubro de 2014 - 12:11

      Vitor Hugo em 11 de outubro de 2014 às 14:14 disse:

      Emagrecer não é fácil, é simples. Mas fácil… ainda mais quando se lida com comida o dia todo. Reeducação alimentar, sempre. E dei adeus a 30kg, \o\ Como disse, passar fome não passa, só aquela vontade de gordice mesmo.

      Ler rótulos ajuda, mas aquela coisa… ficar neurótico-fit-nazi também é demais, né? Como trabalho com comida, só acho tenso esses suplementos e whey (já provei, quem disse que serve pra comer é sádico ), afinal não é comida de verdade, hahahah

      Aah não, neurotica tb não!
      Mas só de você entender um pouco, passa a olhar os alimentos com outro olhar e pelo menos não se deixa enganar tanto né?! Vou olhar seu blog!!!

  63. Ana Maria
    12 de outubro de 2014 - 10:05

    ÓTIMO POST.
    Em algum momento em que achar pertinente nos fale sua opinião sobre grandes grifes como Chanel, Louboutin. Percebe-se que enquanto algumas blogueiras, que por sinal algumas delas são amigas sua, estão por ai desfilando grandes grifes, você se mantem discreta usando grandes marcas, claro! Como Corello, Zara, mas na “humildade” no “gente como a gente”, um dia vi uma vídeo seu em que você disse que havia comprado um brinco da Chanel na 25 de Março, afinal de contas um brinco tinha que custar como um brinco.
    Achei muito pertinente, dai fiquei curiosa pra saber sua opinião sobre isso, se você acha que os preços são abusivos, se o produto não vale tudo isso, quando eu disse que as blogueiras amigas suas todas usam não digo para critica-las, até porque sei que isso não é do seu perfil, mas acha talvez que as aquisição destes produtos são questões de prioridades?

  64. Denny Baptista
    12 de outubro de 2014 - 11:37

    Lia, amei seu post. Você É linda, sempre esteve e continua linda. exteriormente você é é linda, e essa lindeza é salientada pela beleza que vem do seu interior, então dá um combo sem explicação. Eu sou um ioiô ambulante quando se trata de peso. Sempre pesei na faixa dos 70 e poucos (mas tenho 1,64m, então era um potinho de manteiga, rs), mas tinha a questão da massa muscular sob controle, meu problema era perder massa gorda. Antes de casar me joguei numa dieta doidona e num daqueles combos suicidas de remédios para emagrecer (receitados por um médico, pasme) e cheguei nos 62kg. Legal. Mas quando parei de tomar, simplesmente explodi. E, mesmo fazendo dieta, não parei mais de engordar, me entreguei à depressão e cheguei nos impressionantes 119kg. Imagina o inferno que foi para mim. Agora estou fazendo o caminho inverso, já fui até os 86kg, mas meus hormônios piraram e estou nos 90 e poucos e voltando devagar a baixar o peso. Então, pra mim essa questão às vezes é um inferno mesmo, às vezes lido bem com isso, mas agora estou focando na saúde acima de qualquer coisa. As pessoas me punham no céu pelo meu emagrecimento e me jogam lá embaixo quando ganhei uns kgs de volta por conta destes hormônios, e eu preciso tentar manter a linha no meio disso tudo, rs… E também já sofri de transtorno de pânico e a ansiedade me pega direto, então não posso me jogar em qualquer medicamento. Bom, falei, falei, mas queria dizer que é bom ver pessoas pé no chão como você que dão a dica, mas orientam a busca profissional. Eu fugi disso e pago o preço até hoje. Parabéns sempre! Beijo, beijo!

    Beijo!

    • Lia
      13 de outubro de 2014 - 12:09

      Denny Baptista em 12 de outubro de 2014 às 11:37 disse:

      Lia, amei seu post. Você É linda, sempre esteve e continua linda. exteriormente você é é linda, e essa lindeza é salientada pela beleza que vem do seu interior, então dá um combo sem explicação. Eu sou um ioiô ambulante quando se trata de peso. Sempre pesei na faixa dos 70 e poucos (mas tenho 1,64m, então era um potinho de manteiga, rs), mas tinha a questão da massa muscular sob controle, meu problema era perder massa gorda. Antes de casar me joguei numa dieta doidona e num daqueles combos suicidas de remédios para emagrecer (receitados por um médico, pasme) e cheguei nos 62kg. Legal. Mas quando parei de tomar, simplesmente explodi. E, mesmo fazendo dieta, não parei mais de engordar, me entreguei à depressão e cheguei nos impressionantes 119kg. Imagina o inferno que foi para mim. Agora estou fazendo o caminho inverso, já fui até os 86kg, mas meus hormônios piraram e estou nos 90 e poucos e voltando devagar a baixar o peso. Então, pra mim essa questão às vezes é um inferno mesmo, às vezes lido bem com isso, mas agora estou focando na saúde acima de qualquer coisa. As pessoas me punham no céu pelo meu emagrecimento e me jogam lá embaixo quando ganhei uns kgs de volta por conta destes hormônios, e eu preciso tentar manter a linha no meio disso tudo, rs… E também já sofri de transtorno de pânico e a ansiedade me pega direto, então não posso me jogar em qualquer medicamento. Bom, falei, falei, mas queria dizer que é bom ver pessoas pé no chão como você que dão a dica, mas orientam a busca profissional. Eu fugi disso e pago o preço até hoje. Parabéns sempre! Beijo, beijo!

      Beijo!

      Denny, você continuou o acompanhamento com o médico depois ou quando emagreceu parou as consultas? Pq se paga pelos “retornos” justamente porque vc precisa continuar as consultas de pós, pra não ter esse risco do rebote. Pergunto isso porque achei bem louca sua história, imagino o que vc sentiu e fico revoltada pensando na pressão que as pessoas fizeram se metendo ao falar do seu corpo. :(

    • Denny Baptista
      16 de outubro de 2014 - 19:04

      Denny Baptista em 12 de outubro de 2014 às 11:37 disse:

      Lia, amei seu post. Você É linda, sempre esteve e continua linda. exteriormente você é é linda, e essa lindeza é salientada pela beleza que vem do seu interior, então dá um combo sem explicação. Eu sou um ioiô ambulante quando se trata de peso. Sempre pesei na faixa dos 70 e poucos (mas tenho 1,64m, então era um potinho de manteiga, rs), mas tinha a questão da massa muscular sob controle, meu problema era perder massa gorda. Antes de casar me joguei numa dieta doidona e num daqueles combos suicidas de remédios para emagrecer (receitados por um médico, pasme) e cheguei nos 62kg. Legal. Mas quando parei de tomar, simplesmente explodi. E, mesmo fazendo dieta, não parei mais de engordar, me entreguei à depressão e cheguei nos impressionantes 119kg. Imagina o inferno que foi para mim. Agora estou fazendo o caminho inverso, já fui até os 86kg, mas meus hormônios piraram e estou nos 90 e poucos e voltando devagar a baixar o peso. Então, pra mim essa questão às vezes é um inferno mesmo, às vezes lido bem com isso, mas agora estou focando na saúde acima de qualquer coisa. As pessoas me punham no céu pelo meu emagrecimento e me jogam lá embaixo quando ganhei uns kgs de volta por conta destes hormônios, e eu preciso tentar manter a linha no meio disso tudo, rs… E também já sofri de transtorno de pânico e a ansiedade me pega direto, então não posso me jogar em qualquer medicamento. Bom, falei, falei, mas queria dizer que é bom ver pessoas pé no chão como você que dão a dica, mas orientam a busca profissional. Eu fugi disso e pago o preço até hoje. Parabéns sempre! Beijo, beijo!

      Beijo!

      Denny Baptista em 12 de outubro de 2014 às 11:37 disse:

      Lia, amei seu post. Você É linda, sempre esteve e continua linda. exteriormente você é é linda, e essa lindeza é salientada pela beleza que vem do seu interior, então dá um combo sem explicação. Eu sou um ioiô ambulante quando se trata de peso. Sempre pesei na faixa dos 70 e poucos (mas tenho 1,64m, então era um potinho de manteiga, rs), mas tinha a questão da massa muscular sob controle, meu problema era perder massa gorda. Antes de casar me joguei numa dieta doidona e num daqueles combos suicidas de remédios para emagrecer (receitados por um médico, pasme) e cheguei nos 62kg. Legal. Mas quando parei de tomar, simplesmente explodi. E, mesmo fazendo dieta, não parei mais de engordar, me entreguei à depressão e cheguei nos impressionantes 119kg. Imagina o inferno que foi para mim. Agora estou fazendo o caminho inverso, já fui até os 86kg, mas meus hormônios piraram e estou nos 90 e poucos e voltando devagar a baixar o peso. Então, pra mim essa questão às vezes é um inferno mesmo, às vezes lido bem com isso, mas agora estou focando na saúde acima de qualquer coisa. As pessoas me punham no céu pelo meu emagrecimento e me jogam lá embaixo quando ganhei uns kgs de volta por conta destes hormônios, e eu preciso tentar manter a linha no meio disso tudo, rs… E também já sofri de transtorno de pânico e a ansiedade me pega direto, então não posso me jogar em qualquer medicamento. Bom, falei, falei, mas queria dizer que é bom ver pessoas pé no chão como você que dão a dica, mas orientam a busca profissional. Eu fugi disso e pago o preço até hoje. Parabéns sempre! Beijo, beijo!

      Beijo!

      Então, fiz as consultas de retorno sim, eu usei esse “coquetel molotov” por quase meio ano (era uma mistura de femproporex, diazepam, fluoxetina e mais uns 2 que esqueci), mas depois acabei mudando de cidade. Segui as orientações do médico, mas deu nisso. Não teria engordado tanto, mas depois fiquei deprimida e me larguei, sabe? Erro meu também. Hoje eu usaria remédios, mas jamais um coquetel como esse. Seria mais uma sibutramina, ou algo do tipo, com orientação médica, sempre. Aqui fui em outro médico que me indicou a dieta Dukan e fiz acompanhamento certinho com ele. Recentemente parei com a Dukan pq surgiram problemas hormonais e tal, e ele pediu pra eu dar um tempo em dietas pra ver se não seria esse o causador. Mas sigo na luta, já perdi 30kg no total, faltam uns 20 e poucos, vou com calma dessa vez, rs… Beijo Lia! :*

  65. Isadora
    12 de outubro de 2014 - 20:56

    Parabéns pela mudança! Infelizmente seu médico faz exercício ilegal da profissão, pois somente o nutricionista pode prescrever dietas. Mas é mais normal do que parece.
    Até! Adoro seu blog

  66. Marianna Fernandes
    12 de outubro de 2014 - 23:09

    Lia, to boba com a mudança do seu corpo na comparação das 2 fotos!

    Passei por algo parecido.. Tenho 1.62 e até o início do ano passado pesava 42kg. Era um peso que nunca conseguia sair dele, mas já me sentia obrigada a dá um jeito nisso.. Tinha um aspecto de magreza mesmo haha.
    Procurei uma nutricionista e em apenas 7 meses engordei 10kg!! Até hj as pessoas notam a diferença. É muito bom se sentir mais bonita, com um corpo ideal e com saúde.

  67. Paula A.
    13 de outubro de 2014 - 09:46

    Adorei o post, Lia! Estou mais ou menos na mesma situação que você estava; corpo mudando, claramente meu metabolismo não é mais o mesmo de antes, nenhum prazer em fazer academia ou dieta. Mas também nunca soube exatamente como agir e não quero sair seguindo dica fit de ninguém. Gostei de saber que você procurou um endócrino, vou tentar encontrar um por aqui ou um nutricionista. Tenho tentado me alimentar melhor – não só para emagrecer, mas justamente pelo que você disse: é absurda a quantidade de porcarias que colocam nas comidas industrializadas.
    Enfim, obrigada pelo post, deu uma luz aqui. <3

    • Lia
      13 de outubro de 2014 - 12:06

      Paula A. em 13 de outubro de 2014 às 9:46 disse:

      Adorei o post, Lia! Estou mais ou menos na mesma situação que você estava; corpo mudando, claramente meu metabolismo não é mais o mesmo de antes, nenhum prazer em fazer academia ou dieta. Mas também nunca soube exatamente como agir e não quero sair seguindo dica fit de ninguém. Gostei de saber que você procurou um endócrino, vou tentar encontrar um por aqui ou um nutricionista. Tenho tentado me alimentar melhor – não só para emagrecer, mas justamente pelo que você disse: é absurda a quantidade de porcarias que colocam nas comidas industrializadas.
      Enfim, obrigada pelo post, deu uma luz aqui. <3

      Paula, não dá pra fazer a rebelde “fuck the gym!” ahhaha o nosso corpo muda mesmo, pára de trabalhar como antes, é muito louco! Eu ainda sempre imagino que aqui no Brasil a gente é sempre mais enganado em tudo, e q aí vc pelo menos consiga achar umas opções mais legais de comida!

  68. Roberta
    13 de outubro de 2014 - 11:13

    Lia linda! É por isso que não dá vontade de sair daqui!!
    Fico boba de como algumas meninas conseguem ser cruéis umas com as outras… é tanta loucura que um pouco de sanidade é um alívio para alma! <3

  69. Luisa
    13 de outubro de 2014 - 12:27

    Lia você é uma das blogueiras mais “reais” que eu conheço … só pelo conteúdo do blog dá pra ver que você posta o que tem a ver com você e é isso que faz a gente voltar pra ler … não é um blog que manda você comprar tal produto, pesar tantos quilos, comer isso não comer aquilo, ter essa marca pra ser realizada … não usar essa roupa porque tem esse corpo…etc …
    Enfim achei esse post uma ótima oportunidade para elogiar seu trabalho e seu cuidado e respeito com as leitoras, já que um post sobre emagrecimento mexe com a gente que vivemos num mundo tão cheios de esterótipos dizendo como devemos ser…
    No Just Lia os conteúdos são sempre atualizados, fofos e alto astral … nunca saio daqui chateada com alguma coisa :)
    Um beijo pra você e pros gatínios :D

  70. débora
    13 de outubro de 2014 - 14:46

    (ué, os comentários pelo facebook não estão funcionando?)

    Lia, não tinha me dado conta da diferença! A gente vê foto sua o tempo todo que nem percebe tanto (afinal, um emagrecimento saudável é mais lento mesmo, então a gente vai acostumando e só percebe quando se depara com um “antes e depois”).
    Esse ano eu resolvi me cuidar um pouco melhor também: em fevereiro e março fiz uma dieta bem ~~saudável~~ (ou seja, meio triste) e em abril passei a tomar remédio que o endocrino passou. Como não tava mais fazendo efeito e eu to atacando a geladeira por causa de nervoso com o TCC resolvi ir pra academia, tem uma mês e meio já (faço é os cardios: esteira, bicicleta e elíptico) e tá ajudando. Não sou muito fã de academia e o único horário que consigo ir sempre tá meio cheio, fico meio nervosa com isso… Quero fazer natação, que é um cardio que trabalha também todos os músculos e queima tudo, mas a academia que eu vou ainda tá construindo a piscina nova ):

    Enfim, parabéns pela “conquista”, emagrecer (ainda mais quando precisa perder pouca coisa) é difícil mesmo. O melhor é que, independente de perder 1kg ou 10kg você ganha qualidade de vida comendo melhor e se exercitando :)

    Sobre os comentários no instagram (sempre vejo um monte de gente perguntando a dieta etc) realmente concordo, a maioria ali são suas leitoras e a curiosidade é mais no sentido de “amiga, passa a receita que eu também quero” do que criticando como a pessoa era. Você era linda antes e continua (: Honestamente eu reparo mais na combinação da roupa, capinha do celular, penteado etc do que no corpo (afinal, não dá pra se “inspirar” nisso né? como vou crescer 20 cm pra já? ahauahau)

  71. débora
    13 de outubro de 2014 - 14:52

    poxa, fiz um comentário enorme e não tá aparecendo ):

  72. Bruna Freire
    13 de outubro de 2014 - 15:11

    Oi Lia!!! Gostei mto do seu post, não sei se vc consideraria invasão, mas se vc puder, me responde uma coisa: foi por indicação que vc foi no endócrino, ou foi por conta própria?
    bejos bejoss!!!

  73. Bia
    13 de outubro de 2014 - 21:28

    Lia qual o medicamento?

  74. Camille
    13 de outubro de 2014 - 22:21

    Parabéns, Lia, pela atitude. Eu tô nessa há um tempo de querer mudar minha rotina também, e principalmente pela minha saúde. Sou super tranquila em relação ao meu corpo, não vejo mal nenhum nas gordurinhas, mas acho importante essa mudança na vida pela saúde. Tô procrastinando (sou mestre nisso) mas tô me planejando (até pq tudo tem um cu$to, né?) pra mudar minha realidade e me sentir mais saudável, ainda mais porque já tive “ca” e eu tenho que me cuidar! Todos nós temos. Você se expôs um pouco nesse post, sei que não é algo que gosta de fazer, mas te digo: fez isso muito bem, conversa de amiga mesmo, e não de quem quer virar teu nutri-médico-educador físico de uma hora pra outra só por que começou a malhar e tomar whey.
    P.s.: Eu não tinha percebido que cê tava tão mais magra, só vi com a diferença das fotos, sou lerda demais. kkkkkkkk Continua linda! Sempre é. =) Beijão, continue se cuidando!

  75. Adriana
    14 de outubro de 2014 - 20:25

    Oi, Lia!
    Eu sou uma leitora fantasma, mas hoje resolvi comentar! :)
    Eu passei exatamente pela mesma experiência. Também sou alta (1m79) e meu peso oscila entre 68 e 70 kg. Olhando assim, magra, mas o resultados dos exames mostraram que a minha taxa de gordura estava bem inapropriada, haha!! Eu também preciso monitorar o funcionamento da tireoide e, por isso, faço acompanhamento com endócrino. Quando vi que eu precisaria emagrecer pelo menos 5 kg de gordura, resolvi me mexer mais um pouco (eu já praticava exercícios 2 vezes por semana, mas comecei Pilates e, meu Deus, que coisa boa!). Eu achei que fosse detestar (pensa numa pessoa sem flexibilidade? Então, eu!), mas eu adorei! Os resultados logo aparecem e, além disso, está me ajudando com a flexibilidade que eu não tenho!
    Você está cada vez mais linda (e não estamos falando de peso – isso é muito limitador, minha gente!), com looks sempre lindos e, melhor que isso, com a saúde em dia! Isso é o mais importante! Por um mundo sem comentários histéricos (magraaaaaaaaaaa) e mais conteúdo!
    Parabéns pelo ótimo exemplo, Lia! Beijão!

  76. Bruna
    14 de outubro de 2014 - 21:38

    Adorei seu post sobre emagrecimento, adoro seu blog e todo dia visito ele, gosto dos looks do dia. Eu também sou magra, porém tenho um pouco de barriga, aquela gordura localizada….não sou muito fã de fazer exercícios, mas, faço para perder a barrigas. Gostei da dica e tb vou procurar um endócrino. Você disse que optou por tomar remédio para emagrecer, gostaria de saber que medicamente é esse… please…
    Abraço!!!

  77. Nayara nutricionista
    15 de outubro de 2014 - 14:34

    Lia, parabéns pela sua determinação e força. Gostaria de falar que não é ideal que você se preocupe tanto com seu peso, por questões psicológicas, busque apenas saúde, bem estar e limites. Se pesar todos os dias pode virar um transtorno. A comida não engorda de uma noite para outra. O seu peso altera dependendo das concentrações de líquidos e de resíduos que estão no seu intestino. O processo de síntese significativa de gordura nos tecidos(ex: barriga) não alteram o peso em poucas horas. Procure um nutricionista para te ajudar de maneira personalizada e individualizada para vc alcançar seus objetivos.
    Beijos! Amo seu blog.
    Boa sorte :D

  78. Mari
    15 de outubro de 2014 - 22:49

    Ai Lia, desculpa! Sou personal e comentei justamente na foto sua de vestinho que tá nesse post sobre a sua perna que é linda e que por ser personal sentia falta de musculinhos. Desculpa mesmo, não sabia que você não gostava de comentários do tipo. De maneira alguma acho que você precisa ser assim ou assado, acho que devemos sempre, antes de qualquer coisa, estar em paz com a nossa saúde e com o nosso corpo. Gosto do seu blog e obviamente gosto da sua pessoa, não queria ser invasiva ou te colocar em algum padrão, muito pelo contrário! Não acho que você está mais bonita ou mais feia agora, depois de ter emagrecido (na verdade, a comparação pelas fotos até me assustou, porque estava tão acostumada a ter ver que não reparei), antes você parecia uma boneca, agora você parece uma modelo. ahaha Não sei o que é melhor?? Enfim. Não faço questão que você mostre esse comentário pra todo mundo, só queria pedir desculpa mesmo. Não tinha a intenção de nada além de dar dicas como uma profissional. Beijo!

  79. Luciana Salles
    16 de outubro de 2014 - 15:39

    Lia! Sei que estou meio atrasadinha aqui, mas preciso compartilhar com vc: no começo desse ano tive praticamente a mesma experiencia que vc.
    Minha tendencia é ser magra, então eu sempre comi besteira sem ligar muito pois não “engordava mesmo” ia na academia de vez em quando nas aulas de aeróbio que eu mais gostava e assim pra mim estava “bom”.
    Nisso, muitas pessoas, dessa academia me falavam sobre suplementação, pois como eu era magrinha, ia me dar bem com isso. Enfim, até que marquei uma nutricionista que me indicaram e lá fui eu.
    Ela fez avaliação corporal, exames e tudo mais e viu que eu estava 5 kg abaixo do meu ideal, eu fiquei :O pq achava que precisava ir na academia pra perder os doces que comia hahaha. A partir de então, minha vida mudou completamente, comecei a fazer a dieta da proteina, mas com carboidratos complexos afinal eu precisava ganhar massa magra (musculos) e não queimar carbo. Enfim, comecei a pegar pesado, puxar ferro ahahahaha na academia, e hoje, ainda falta 1 kg, mas vamos lá. E, é isso mesmo que vc disse! queria morrer ou matar um por nao poder comer doce, mas com o tempo acostuma e quando vc vê os resultados,fica ainda mais motivada a continuar

    Enfim, queria compartilhar com vc, ja que sou leitora fiel daqui do blog, insta e youtube hahaha e amo o blog <3 sei que são milhares de leitora pra vc responder, mas sempre que leio ou assisto, sinto – a como uma amiga falando comigo hahaha. :$

    E boa sorte, torço por vc lia! beijos :***

  80. Franci Pacheco
    06 de novembro de 2014 - 20:51

    Eu preciso muito emagrecer, mas meu problema é fazer academia :( não adianta, eu não consigo.. já tentei diversas vezes, e acabo desistindo :/

  81. Renata
    25 de novembro de 2014 - 10:53

    Lia!
    Independente da dieta (emagrecer/engordar/ganhar músculos) é muito difícil de fazer! E no quesito dedicação, vc tá de parabéns!
    Também fiz (e faço) dieta pra manter peso junto com musculação… mais por uma questão de saúde, de me sentir bem e de envelhecer bem tb, do que outra coisa, mas olha… não consigo amar/viciar/ficar bitolada! Já faz um tempinho que estou nessa e ainda acho difícil e é uma coisa que tento levar pra vida.
    Agora força na musculação! rs
    Beijos

  82. Aline
    27 de dezembro de 2014 - 14:34

    Olá Lia,
    Esse seu post me incentivou bastante, também estava sentindo meu metabolismo lento e fui ao endocrino, descobri que estava com colesterol alterado, me alimentava como acreditava estar correto, com dicas absorvidas em vários lugares na internet, mantendo refeições a cada 4 horas… balela!
    Hoje, estou em tratamento para baixar o colesterol com reeducação alimentar (fui à nutricionista) e só agora enxergo como a industria alimentícia nos engana e como comemos açúcar e sódio desnecessariamente.
    Sou baixa, tenho 1,53m e antes do início do tratamento estava com 54kg.
    A minha dieta é super tranquila de fazer, minha dificuldade inicial foi com o doce, mas atualmente como tanta fruta, que a vontade diminuiu muito e a força de vontade também ajuda!
    Continue nos contando dos seus resultados, acho que seu tipo de post é muito mais informativo do que uma lista de alimentos saudáveis ou sua dieta…pois isso acredito que é muito específico para cada pessoa e só um profissional da área pode fazer!
    Obrigada.

  83. […] Pare a loucura da beleza 2. Sobre o meu emagrecimento 3. Preenchimento com ácido hialurônico nas olheiras 4. As atrizes de Orange Is the New Black 5. […]

  84. Thiago e Thalita (Its Only Love)
    07 de janeiro de 2015 - 08:16

    Lia adoramos o seu Blog o Thi já está ligando na Villa Vitta para marcar uma consulta, ele está super encanado com peso e uma das metas de 2015 é ser a pessoa mais saudável do mundo rs! Obrigado pelas dicas e parabéns pelo sucesso!!!

  85. […] que tomava, youtuber explicando porque uma dieta de 5 litros de água/dia era maravilhosa… Como disse a Lia, sair ensinando coisas sobre alimentação sem ter uma base teórica é propagar ignorância, e […]

  86. […] Sobre o meu emagrecimento | Just Lia – Arrasou no post Lia! Me deixou muito curiosa pra saber da minha saúde também, acho que é muito válido esse tipo de conteúdo ! Obrigada pelas informações e se …… […]

  87. Denise
    24 de março de 2015 - 11:57

    Lia, obrigada por esse post! Depois que entrei na Graduação (hoje tô na pós) dei uma descuidada e acabei ganhando uns quilos que me deixaram com sobrepeso… já li muitos livros de Dieta, cheguei a fazer a Dukan por um tempo (o que foi muito bom) mas depois meu peso estabilizou e desde então estava meio para baixo com isso, eu não queria ir a nutri de primeira porque apesar de achar que é super importante eu não como industrializados, fast food, se vier em saquinho não como! E aí li seu post e pensei… caramba pq não marquei a endócrino de primeira?! hsuaohsoa, aí fui hoje, vimos que meu peso está “lidável” é só fazer uma dietinha acompanhando os exames etc e pronto, se não rolar ela vai me encaminhar para a nutri! Estou me sentindo muito melhor comigo mesma. Quis comentar porque na internet lemos tanto sobre dieta, blogs, dicas, o que é melhor, pior, o que fazer e o que não fazer que no fim acabamos fazendo de tudo um pouco, ou seja, nada. Acho que sua abordagem foi super pé no chão, tem algum problema que envolva sua saúde ( que tb é bem estar) vai ao médico. Amei. Beijo.

  88. danielle
    28 de março de 2015 - 17:07

    Eu sempre fui magrela mais esse ano engordei um pouco e fiz dieta e consegui perder 6 quilos quando se tem 34 anos e tudo mais lento quando eu tinha 20 anos era so fechar a boca que perdia super rapido. hj em dia estou feliz com meu peso.

  89. Marcia
    19 de outubro de 2015 - 15:32

    Lia, gostei muito de seu post, e também sofro com as perguntas indiscretas sobre meu peso tenho 1,62 e estou com 70kg ai ficam as gracinhas o que houve vc sempre foi magra agora esta obesa? Com este seu depoimento criei coragem para tentar emagrecer, mas com saúde e não deixar que os comentários me deixem para baixo, como você disse ser magra não é sinônimo de beleza. A beleza vem de dentro de nós.
    Beijos, amei
    Marcia

  90. […] Você pode tomar um smoothie no café da manhã (pra dar energia!) e depois comer uma panqueca no café da tarde. São coisas que se encaixam um pouco na dieta que eu tento fazer ~faço~ desde o meu emagrecimento. […]

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @liacamargo no instagram9