28 de janeiro de 2016 - 11:58
25
Brinquedo

Os novos tipos de corpo da Barbie

Olha, tá aí uma coisa que eu nunca imaginei que fosse acontecer.

barbie-novos-corpos-002

Petite, Tall, Curvy e ~original~

A Barbie sempre representou diferentes mulheres com diferentes etnias, profissões e tipos de cabelo. Houveram até épocas com bonecas especiais como grávidas ou cadeirantes, mas eu nunca pensei que a coisa fosse evoluir com relação à silhueta da boneca. Desde o começo a Barbie foi uma boneca “gostosona”, com peitão e cinturinha fora da realidade. Há dois anos, ela ficou mais magra e cabeçuda, ainda tão impossível quanto antes. Essas mudanças foram feitas porque, pela primeira vez na história, as vendas da boneca caíram e ela foi superada por outras franquias de boneca como American Girl e Monster High. E aparentemente o corpo mais magro e cabeçudo ainda não foi o suficiente para recuperar essa queda.

O que foi anunciado hoje pra mim é uma grande e feliz surpresa: a Barbie ganhou 3 novos tipos de corpo. Além da Barbie de sempre, agora existirão diferentes bonecas com os corpos Curvy (curvilínea), Petite (baixinha) e Tall (alta), uma evolução realmente significativa. Foram dois anos de estudo e produção secreta pra chegar nesse resultado mais diversificado.

barbie-novos-corpos-003

 

barbie-novos-corpos-004

barbie-novos-corpos-005

Essas mudanças acontecem exclusivamente na linha Barbie® Fashionistas e não em outras linhas como as inspiradas na família, cultura pop ou nos filmes da boneca. Sobre a linha, além de 4 tipos de corpo, ela apresenta 7 tons de pele, 22 cores de olho, 14 formatos de rosto, 30 cores de cabelo e 24 penteados.  Ainda não foi mencionado se existe a possibilidade de expandir as possibilidades aos bonecos Ken.

existiam algumas montagens na internet mostrando Barbies mais cheinhas ou gordas, então acho que a Curvy é algo que devia estar pra acontecer faz tempo, mas acho que com Tall e Petite eles deram um passo adiante. Eu sempre fui alta e nunca me incomodei muito com a falta de uma boneca que me representasse, mas acho muito bonitinho ver a turma toda junta com suas diferenças ressaltadas.

As dificuldades que a Mattel enxerga nessa variedade estão ligadas às roupinhas: as bonecas não podem mais compartilhar todos tamanhos de roupas e de sapatos. Nas experiências assistidas que eles fizeram com crianças, a boneca Curvy de cabelo azul “Katy Perry” foi uma das favoritas. Elas parecem dar mais importância aos cabelos e tons de pele do que às diferentes silhuetas, que foram vistas com muita naturalidade.

O projeto está usando a hashtag ‪#‎TheDollEvolves‬ nas redes sociais e a novidade foi dada com exclusividade para a revista Time, onde a boneca Curvy foi capa. Tempos de influência de mulheres como Beyoncé e Kim Kardashian…

barbie-revista-time

As novas bonecas estarão disponíveis para compra no Brasil a partir de março, nas lojas Ri Happy e ao longo do ano em outras lojas. O preço sugerido é R$ 89,99. Que 2016 continue trazendo mais representatividade e quebra de padrões de beleza!

Post Anterior
Como usar: Sapato branco
Próximo Post
4 jeitos de usar: Sandália branca e preta
...Comentarios...
25 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. Anne
    28 de janeiro de 2016 - 12:55

    Fiquei pensando aqui se a Petite, além de baixinha, também tem pouco peito/quadril… Se é inteira Petite.

  2. Bruna
    28 de janeiro de 2016 - 12:58

    o jeito é enfiar a vergonha no bolso e entrar na loja pra comprar Barbie pra mim mesmo tendo quase 30. hahaha

    • Dani
      28 de janeiro de 2016 - 17:36

      Bruna em 28 de janeiro de 2016 às 12:58 disse:

      o jeito é enfiar a vergonha no bolso e entrar na loja pra comprar Barbie pra mim mesmo tendo quase 30. hahaha

      Estou bem nessa também, Bruna! Não acredito que vou querer uma Barbie depois de tanto tempo!! hahaha

  3. Fernanda Lucena
    28 de janeiro de 2016 - 13:04

    Uhuuuuuuuuuu
    Arrasou!
    Deu até vontade de comprar Barbie de novo
    Hehehehehehehe

    Bjoooos Lia

  4. Thaís
    28 de janeiro de 2016 - 13:13

    Que incrível! Super mudança, adorei todas. Quero comprar uma parecida comigo agora! Ahahah

    • Lia
      02 de fevereiro de 2016 - 22:48

      Thaís em 28 de janeiro de 2016 às 13:13 disse:

      Que incrível! Super mudança, adorei todas. Quero comprar uma parecida comigo agora! Ahahah

      Eu tb vou procurar a mais parecida comigo <3 Mas quero várias, pode isso? haha Beijo

  5. Ana Paula
    28 de janeiro de 2016 - 13:48

    certamente vou comprar uma curvy, pq nada melhor do que ter a “minha” boneca :)

  6. Nizer
    28 de janeiro de 2016 - 15:01

    Ai gente, cheguei a me arrepiar!
    AMEI TODAS!!!

  7. Elaine Peracci
    28 de janeiro de 2016 - 16:02

    Muito boa essa notícia, as meninas precisam ser= ver representadas!! Bjsa

  8. brunna
    28 de janeiro de 2016 - 18:13

    Eu sabia que esse dia chegaria! E sabia tbm que não demoraria muito =D voilá, estão aí =) quero várias ^^

    • Lia
      02 de fevereiro de 2016 - 22:41

      brunna em 28 de janeiro de 2016 às 18:13 disse:

      Eu sabia que esse dia chegaria! E sabia tbm que não demoraria muito =D voilá, estão aí =) quero várias ^^

      Eu achei que isso nunca ia acontecer, sabia?! Mas fico mto feliz de ter errado :) Tb quero algumas <3

  9. Nara
    28 de janeiro de 2016 - 18:48

    Muito legal ter bonecas que representem todas as etnias. Recentemente também foi divulgada uma linha de bonecas negras, muito parecida com as Barbies, são as Malaville. Elas têm cabelos cacheados e crespos e roupas africanas.
    Vale a pena conhecer!
    http://www.hypeness.com.br/2016/01/conheca-a-inspiradora-linha-de-bonecas-negras-que-ja-e-sucesso-mundial/

  10. Luly
    28 de janeiro de 2016 - 22:44

    Assisti ao vídeo assim que entrei na minha página de inscrições do YouTube cedinho, foi uma das primeiras coisas que fiz no dia, e chorei um bocadinho com o que a cada menininha falava. Estava doida pra esse dia chegar, sabia que ele seria lindo assim, mas vivê-lo é melhor ainda do que imaginá-lo! está cada vez mais legal ser apaixonada por bonecas =D
    Eu nunca me senti incomodada pelo corpo da Barbie, nunca quis ser daquele jeito por causa dela e tudo mais, mas não importa como eu me sinto e sim o que isso tudo representa. E representa tanto que mesmo não estando “nem aí” antes foi só ver essa versão “curvy” da Barbie, bundudinha e coxudinha que nem eu, que entrei direto no site para ver qual delas poderá vir a ser minha mini-me. Representatividade importa mais do que a gente imagina.
    Amei todas. Tô feliz, hahahaha!!

    ps.: na hora que vi a notícia pensei “vai sair no just Lia, certeza”!

    • Lia
      02 de fevereiro de 2016 - 22:39

      Luly em 28 de janeiro de 2016 às 22:44 disse:

      Assisti ao vídeo assim que entrei na minha página de inscrições do YouTube cedinho, foi uma das primeiras coisas que fiz no dia, e chorei um bocadinho com o que a cada menininha falava. Estava doida pra esse dia chegar, sabia que ele seria lindo assim, mas vivê-lo é melhor ainda do que imaginá-lo! está cada vez mais legal ser apaixonada por bonecas =D
      Eu nunca me senti incomodada pelo corpo da Barbie, nunca quis ser daquele jeito por causa dela e tudo mais, mas não importa como eu me sinto e sim o que isso tudo representa. E representa tanto que mesmo não estando “nem aí” antes foi só ver essa versão “curvy” da Barbie, bundudinha e coxudinha que nem eu, que entrei direto no site para ver qual delas poderá vir a ser minha mini-me. Representatividade importa mais do que a gente imagina.
      Amei todas. Tô feliz, hahahaha!!

      ps.: na hora que vi a notícia pensei “vai sair no just Lia, certeza”!

      Aaawm ♥ concordo com tudo q vc falou, querida. Representatividade importa demais :)

  11. Jo Lima
    29 de janeiro de 2016 - 11:41

    Com certeza comprarei a Petite. Sou super baixinha e adorei a boneca!

  12. deborah
    29 de janeiro de 2016 - 11:47

    Estou achando essa historia linda, principalmente por saber que foi um movimento social de aceitação e orgulho do próprio corpo que influenciou a marca e não o contrário.

    • Lia
      02 de fevereiro de 2016 - 22:29

      deborah em 29 de janeiro de 2016 às 11:47 disse:

      Estou achando essa historia linda, principalmente por saber que foi um movimento social de aceitação e orgulho do próprio corpo que influenciou a marca e não o contrário.

      Tb achei a novidade maravilhosa! <3 Beijo

  13. Bib's
    30 de janeiro de 2016 - 19:52

    Lia! Acho que eles se inspiraram no seu site Dolls! Olha a foto com todas juntas, se não lembra suas bonequinhas!!!! Adorei a diversidade!

  14. Franci Pacheco
    26 de fevereiro de 2016 - 22:35

    achei muito bacana uma marca tão importante e influenciadora fazer isso, arrasaram

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @liacamargo no instagram9