Estilo
44 Comentários

Essa Copa pra mim vai ter um gostinho diferente: vou a um estádio de futebol pela primeira vez! Sempre tive vontade, quem me acompanha no Twitter sabe que de vez em quando rola uma ~corinthianisse~ por lá, mas nunca consegui convencer o Dani a me levar. Tou tão animada! Vou estar entre os fãs fotógrafos da Sony, uma experiência incrível, vou até poder pisar no gramado na hora do aquecimento. Aguardem um post contando como foi a experiência e falando mais do Sony Xperia Z2!

Já falei aqui sobre maquiagem e looks em verde e amarelo mais arrumados, mas hoje o foco é estádio. Como se vestir pra torcer de forma confortável sem deixar a ~mulherzice~ de lado e o que levar na bolsa? Pode parecer fácil, mas existem algumas restrições da Fifa por questões de segurança, então é bom prestar atenção.

O look do estádio

• Estar bem vestida é ser coerente com o ambiente e ocasião: nada de seriedade ou muito glamour nesse momento!
• Lembre que um estádio é composto por escadarias e foque no sapato confortável
Calças e shorts te dão mais liberdade do que saias e vestidos
• Se estiver achando o look simples demais, invista em acessórios que brinquem com cores
• Quer ir ~brasileira~ mas tem receio de usar as cores da bandeira? Experimente misturas mais fáceis, como azul e amarelo, verde e branco… e não esqueça que o jeans conta como azul!

Bolsa pra um jogo de futebol

• Óculos de sol
• Documento + Dinheiro (não vou levar a carteira toda, apenas essa mais fininha!)
• Bandeira – ou algum ~badulaque~ divertido pra torcer por um dos times!
• Lencinhos de papel
• Elástico + Grampos pra improvisar um rabo ou coque se der calor
• Batom pra retocar
• Mini lápis de maquiagem (mesmo saindo de casa maquiada, acho legal ter lá na hora caso a empolgação dê vontade de pintar a cara – inclusive a dos amigos!)
• Gel antisséptico

o-que-levar-na-bolsa-estadio-copa

 Outras dicas

• Aposte numa bolsa média: além do desconforto por causa do tamanho, não é permitido entrar nos estádios com bolsas com diâmetro maior do que 25cm
• Outros detalhes na hora de escolher a bolsa: é legal que ela seja de alça e com fecho seguro
• Parece inofensivo mas não pode: nada de comidas (nem barrinha!), bebidas, spray (tipo desodorante) ou espelho compacto!
Essenciais: documento sempre, onde você for, além disso, é legal ter um dinheirinho pra comprar água e uma comidinha se der fome

Alguém aí já foi pra algum jogo?! Me contaaaaaa!!! Quero saber como é a sensação, como foi o look, se acertou na bolsa… :D E usando a hashtag #sonyxperia você pode acompanhar mais dessa experiência!

Estilo
15 Comentários

A Milena Araujo, lá na fanpage do Just Lia pediu um post sobre bolsas wayuu e a gente trouxe! o/ Por isso sempre pedimos para vocês sugerirem temas: eles nos ajudam a ter ideias para as próximas postagens. :)

As bolsas (ou mochilas) são produzidas pela tribo Wayuu, localizada na Península de La Guajira, norte da Colômbia e noroeste da Venezuela. Todas são feitas à mão pela tribo, então, dificilmente sairão duas peças iguais. Acho que essa é a parte mais legal no artesanato local – poder ter algo único. As bolsas estão extremamente caras aqui no Brasil, porque viraram uma febre. Afinal, elas combinam com o nosso clima tropical, né?

bolsa-wayuu-001

Moças da tribo Wayuu vendendo bolsas.

As bolsas wayuu são molinhas e te acompanham perfeitamente no clima ~férias em um dia de verão~. Tanto que os looks que vocês vão ver abaixo, são beeeem fresquinhos. Supercoloridas, as bolsas wayuu deixam qualquer roupa mais alegre. Em alguns locais de trabalho, ela pode não ser muito bem aceita, mas ela é perfeita para os dias de diversão e descontração. E esse modelo tipo “saco” pode não parecer, mas guarda bastante coisa. O que vocês acham delas? Usam ou usariam?

Onde Comprar: Vi várias lojas online cobrando mais de 800 reais cada uma. Uma facada, né? Mas você pode achar modelos mais em conta no Ebay, no Mercado Livre e no site Wayuu Tribe, que entrega no Brasil. Ou pedir como souvenir para alguém que vai viajar para aquela região, heheh!

1. Bolsa Wayuu em looks com Saia

bolsa-wayuu-003

MARTINHA | LUISA | LIN | GABI

Continue Lendo >>

Estilo
15 Comentários

Para contarmos a história da bolsa tiracolo, precisamos voltar ao final da Segunda Guerra Mundial, na década de 1940, que trouxe um papel novo para a mulher na sociedade. O aumento significativo da mão-de-obra feminina demandou uma mobilidade muito maior por parte delas. Então, a partir de 1945 surge o prêt-à-porter (em português “pronto-para-usar”) e o biquíni. Como não poderia ser diferente, a nossa querida Coco Chanel na década de 1950, criou a bolsa tiracolo, inspirada na nova mulher pós-Segunda Guerra.

Chanel 2.55

Chanel 2.55

A prática bolsa tiracolo permitiu que as mulheres pudessem ficar com as mãos livres, oferecendo uma maior mobilidade para elas com sua alça comprida. O modelo criado por Coco é produzido até hoje, o Chanel 2.55, insubstituível e imortal. O nome 2.55 foi dado por conta da data de sua criação: fevereiro de 1955. ;) As bolsas tiracolo foram amplamente usada pelos hippies na década de 1960/1970 – mais um fator que popularizou bastante o estilo.

Hoje, é difícil não ter uma dessas guardadas. Seja para passear num domingo à toa, seja para ir à uma balada no sábado à noite, seja para usar no dia a dia… A bolsa tiracolo é cômoda, indispensável e versátil. Dá pra usá-la com as alças escondidas em forma de clutch, ou a maneira mais atual e tendência para esse inverno, cruzada no corpo por cima do casaco. Ela combina com tudo e o ideal é que a bolsa seja proporcional ao seu tamanho – bolsas menores para as mais baixas e bolsas maiores para as mais altas.

1. Bolsa tiracolo com vestido

bolsa-tiracolo-002

JENNA | MARTA | MELISSA | STEPHANIE

Continue Lendo >>

Estilo
46 Comentários

Mal terminei de desarrumar uma mala e já arrumei outra! Nessa semana fui pra Minas Gerais, gravar um vídeo na casa da amiga Lu Ferreira, pra um projeto bem legal com o Enjoei. Eu já tinha ido pra BH mas não conhecia a casa da Lu e do Leo. Engraçado ver a casinha de alguém que você conhece tão bem, né?! Ver a estante que sempre aparece nas fotos, a cozinha dos vídeos de culinária, xeretar as gavetas de maquiagem… E hoje, enquanto vocês leem esse post, quem está aqui é ela (da outra vez gravamos Top 5, lembram?!)! Essas duas visitas vão virar vídeo no mês que vem, então, aguardem!

lookdodia367-lu-ferreira-lia-camargo-

Fotografamos o look na tarde, pouco antes de eu vir embora. Comemos delicias no Belo Comidaria e quando a chuva deu uma trégua, Lu me levou pra ver as bolsas da Adô (e lá fizemos as fotos!). Como já sei que vai ser assunto: eu meço 1m78 e a Lu 1m58. Mas nosso amor não se mede, tá?! ♥ kkkk

Trouxe essa saia  da viagem, ela é plissada e tem um material diferente, que lembra couro. Nunca tinha vestido uma saia nesse comprimento, então preciso testar mais vezes pra saber se gosto! O salto é mais alto do que eu estou acostumada, mas eu queria muito um escarpim de bico e salto fino, acabei comprando esse e um preto igual.

lookdodia367-

• Camisa listrada branca e azul Zara
• Saia midi plissada marrom Zara
• Escarpim nude de bico fino Corello (dá pra comprar online)
• Bolsa azul escuro Adô (dá pra comprar online)
• Cinto marrom largo H&M

→ Clica aqui pra saber o que a Lu Ferreira estava vestindo! 

lookdodia367-2-

lookdodia367-3-

lookdodia367-lu-ferreira-lia-camargo2-

lookdodia367-lu-ferreira-lia-camargo3-

lookdodia367-25-

Todas as fotos do post foram feitas pelo fotógrafo Leo Horta (obrigada!!! ♥) e no Chata de Galocha tem mais!  Gostaram desse look do dia duplo, de um encontro #JustChata ?! kkk

Página 1 de 311234567