Estilo
16 Comentários

Um dos posts mais pedidos pela galera do grupo do Facebook era sobre como usar roupa social para o trabalho – em como deixá-la mais interessante e não cair na mesmice. E isso é possível, sim! :)

como-usar-roupa-social-feminina-001

Ao pensarmos nesse tipo de roupa, podemos pensar logo numa composição óbvia e até meio sem graça. Mas a verdade é que basta ir além do óbvio para o look ficar lindo. Ao invés de usar as tradicionais calças pretas de alfaiataria, que tal substituí-las por uma de tecido mais leve e estampado? E que tal uma com modelagem flarepantalona ou cenoura? Você ainda pode escolher uma mais esvoaçante, estilo palazzo. Os sapatos também fazem bastante diferença – estampados, com pedrarias, com trançado no pé, com cores destacadas… – e eles nem precisam ser de salto alto, como vocês podem ver aqui.

A tradicional camisa branca de botão pode ser substituída por uma estampadinha, uma jeans e até uma mais transparente, desde que haja uma camiseta por baixo. Não tenha medo de misturar estampas, já postamos dicas aqui no blog sobre isso. Se estiver muito calor, vale a pena investir numa camisetinha de seda com a alça mais grossa, que pode ser complementada com um colar rico. Os acessórios nesse tipo de look fazem muita diferença, por isso, não os subestime!

E que tal ousar mais e escolher um macacão para chamar de seu? Há modelos lindos que te poupam do trabalho de escolher duas peças na composição. Eles podem ser tanto de alfaiataria quanto de um tecido mais leve. Opte por estampas um pouco mais discretas e cintos marcando a cintura.Sobre os vestidos e saias: o comprimento midi tá valendo! E além da tradicional modelagem lápis, experimente a godê, a trompete, a peplum e a tulipa. Quanto aos casacos, invista num trench coat, blazers com modelagem boyfriend e sobreposições com camisas, cardigãs e blazers.

1. Roupa social com calça

Continue Lendo >>

Beleza
71 Comentários
seminario-mary-kay-003

Os carros cor-de-rosa das Diretoras!

Desde a primeira vez em que eu falei de Mary Kay aqui no blog, eu percebi que havia algo diferente com a marca. As Consultoras e as clientes são muito motivadas, sempre comentam os posts, compartilham, participam, dão dicas, deixam contato… Como não acontece com nenhum outro assunto! Fui descobrindo o que acontece aos poucos e me apaixonando também por algo que vai muito além de cosméticos.

A empresa Mary Kay tem sua base em princípios morais. Eu sei que esse devia ser o padrão de qualquer empresa, mas na ~vida real~, é o que você menos tem por aí. Só que na Mary Kay eles aplicam pra valer, como PRIORIDADE, valores muito fortes sobre como tratar os clientes, como ajudar os colegas de trabalho para crescer junto, sobre elogiar as pessoas, dar mais do que você recebe… E não é um discurso vazio, essas coisas acontecem na prática, são instruídas e estimuladas para acontecer. É mesmo uma companhia dos sonhos!

Tem também a história bonita da Mary Kay Ash, fundadora da marca, que foi uma das mulheres mais empreendedoras dos Estados Unidos e criou essa empresa de grande sucesso. Imaginem ela, nos anos 60 no ~interiorzão~ do Texas, invadindo um mundo de negócios que só tinha espaço para homens e ainda, abrindo espaço para outras mulheres conquistarem sua independência.

Os anos se passaram mas todos os princípios continuam os mesmos. Você terá uma carreira independente, isto é, você molda sua carreira de acordo com as suas prioridades. Eu me identifico nessa parte, pois meu trabalho como blogueira é exatamente isso! Por bastante tempo, tive um trabalho ~tradicional~ em algumas empresas enquanto também levava essa jornada independente do blog e hoje optei por seguir apenas com ele. Em Mary Kay as Consultoras podem adaptar o negócio aos seus objetivos: alguém que quer tempo para se dedicar à família, alguém que tem uma carreira que adora mas que não lhe dá independência financeira, alguém que quer juntar dinheiro para viajar, alguém que quer ter tempo para ajudar em causas ou alguém que simplesmente, quer ter uma carreira independente!

Eu tive uma imersão nesse mundo cor-de-rosa porque durante essa semana está acontecendo o Seminário Anual Mary Kay. Super, aliás, MEGA evento, milhares de Consultoras do Brasil todo unidas, descobrindo novidades, sendo homenageadas, confraternizando e se divertindo. A equipe da marca produz um show (com direito a palco, coreografias, brilho e música!) especialmente pra elas, é inacreditável!

E foi lá que eu conheci a carioca Bruna Arreguy, que é Consultora de Beleza Independente e me encantou um pouco com a sua história. Ela viu em Mary Kay a oportunidade de realizar o sonho de viajar pra Austrália e pra outros lugares do mundo. Ela tinha um emprego fixo e viu na carreira independente uma oportunidade de ganhar mais dinheiro pra conquistar a viagem. Algum tempo depois, ela virou mamãe e apesar de ter que adiar as viagens, com MK ela conseguiu deixar o emprego fixo pra se dedicar ao nenê. Esse ano ela já está cheia de garra, determinada a ganhar uma viagem, traçou novas metas de trabalho. Foi muito gostoso ouvir ela explicando animada, como pretende chegar lá!

A gente pode aproveitar a oportunidade de carreira independente da Mary Kay de varias formas, somos independentes. E aí eu fui vendo que eu podia resgatar meu sonho de viajar o mundo, de conhecer outras culturas, mesmo não sendo a menininha que usa muita maquiagem , que usa vestidos, fui me encantando e comecei como Consultora. – Bruna

Com a querida da Bruna!

Com a querida da Bruna!

No palco: show de música e desfile de moda!

No palco: desfile da nova it bag exclusiva para Consultoras

Com a bolsa das consultoras estampada pela

Com a nova it bag exclusiva para Consultoras assinada pela Patricia Bonaldi

No estande

No estande com dicas de moda

seminario-mary-kay-009

O espaço mais disputado: o das maquiagens!!! Bases, batons, blushes e muito mais ali disponíveis!

 

Explorando o estande de Pele!

Explorando o estande de Cuidados com a Pele!

Apresentando Mary Kay Ash!

Apresentando Mary Kay Ash!

Acho que já falei muito sobre a qualidade dos produtos por aqui, então fica desta vez um post bem diferente! Pra quem está procurando um novo foco, uma ideia, a realização de um sonho ou uma nova oportunidade… pra quem almeja grandes coisas e tem força para fazer acontecer! Saiba mais sobre como se tornar uma Consultora de Beleza Independente Mary Kay!

Beleza
38 Comentários

No outro post falamos dos erros de maquiagem, nesse vamos falar dos acertos! Fiz um resumo geral de maquiagens curingas mais simples que costumam ser usadas pela maioria das mulheres no trabalho. Claro que algumas de vocês precisam usar mais maquiagem (oi, aeromoças!) enquanto outras não tem nem tempo de uma pincelada de blush, não é verdade? Muitas meninas tinham sugerido esse tema no passado e achei que seria interessante descobrirmos o que eles pensam sobre Maquiagem para o Trabalho.

Conheça Eles: Gustavo Mendonça, Gravataí Merengue, Pedro Mainardes e Cláudio Tarandach.

Rímel (ou Máscara para Cílios)

just-lia-o-que-eles-pensam-maquiagem-trabalho-make-leve-rimel-gloss3

Gustavo Mendonça:
Oi meninas, tudo bem com vocês?? Tema dessa semana é idêntico ao da semana passada, mas nesse caso em especifico depende muito de qual a sua profissão. Por exemplo, na minha profissão a mulherada tem um tipo de maquiagem diferente para cada trabalho e campanha em específico, por isso não tem maquiagem exata ou completamente certa. Cada trabalho exige uma maquiagem específica. Na minha opinião, acho que o rímel pode e deve ser utilizado em qualquer circunstância para tornar os cílios mais bonitos e destacar o olhar.

Gravataí Merengue:
Falaê, mulherada firmeza! Evidentemente – como em qualquer tópico –, não entendo nada. Mas isso não me impede de dar pitacos, de modo que vamoquevamo! E isso de “para trabalho” pode soar meio conservador, mas entendo totalmente a proposta. Alguns ambientes profissionais não comportam determinadas expressões estéticas, né? Presumo, portanto, que se trate de uma avaliação genérica de algo como um escritório” – e não coxia de teatro amador, escola de samba ou Cirque du Soléil. Quanto ao rímel: nem reparei. Mas fica bem bonito.

Claudio Tarandach:
Eu gosto sempre de olhar nos olhos das mulheres, por mais que algumas vezes o resto delas me desvie deles. E também acho muito bonito quando eles ficam realçados (os olhos). No trabalho isso não deve te atrapalhar ou parecer inadequado (se você não for uma doutora indo operar um paciente), algumas vezes, me ajuda a manter o foco de atenção.

Pedro Mainardes:

.

Continue Lendo >>

Pessoal
81 Comentários

Já falamos sobre profissões nas últimas duas semanas (aqui e aqui), mas como muitas ficaram de fora, rendeu assunto para mais esse post (semana que vem a gente muda de assunto, tá!). Então selecionei novamente as mais pedidas e aqui está o que eles pensam sobre Profissões – parte 3.

P.S.: Semana que vem teremos um novo colaborador para essa coluna e tenho certeza que vocês vão adorá-lo! ;)

Conheça Eles: Gravataí Merengue, Pedro Mainardes e Cláudio Tarandach.

Veterinária

Gravataí Merengue:
Olá, caras leitoras! Eu gosto de bichos e obviamente acho louvável a profissão que consiste em ajudá-los – ainda que não seja por benevolência, tão-somente, mas por ofício. Aproveito este tópico, no entanto, para fazer uma ressalva àquela turma que não apenas ajuda cães e gatos, mas às vezes parece que não gosta muito das pessoas – a ponto de preferir os bichos etc. Acho exagerado e, de certa forma, ficam claros alguns pontos que poderiam ser discutidos em psicanálise.

Claudio Tarandach:
Adoro animais, me apego muito. Impossível não se apaixonar por uma veterinaria.
.

Pedro Mainardes:
Olá meninas!!! Como estão as leitoras mais lindas, fofas, deliciosas e meigas do mundo? Então, eu sei que vocês gostaram desse tema – PROFISSÕES. Mas acho que não sei mais nem o que falar… Veterinárias são legais. Metade gosta de bichinhos e metade de bichões. As de bichinhos eu gosto, mas detesto quando exageram na dózinha dos gatinhos e cachorrinhos. As de bichões são bacanas, mas são muito raras de encontrar pela cidade. E antes que venham falar que eu não conheço veterinárias de bichos grandes, minha priminha linda que eu amo de paixão é veterinária de vacas. Ela vive rodando pelo interior do Paraná e volta pra Castro. As veterinárias de fazenda, que são as mais raras e as que eu prefiro falar, tendem a ser muito sexys e misteriosas. As de cavalos, então? Nem se fala. Porém, elas são muito duronas!

Continue Lendo >>

Página 1 de 291234567