Home » Istambul – Santa Sofia, Mesquita Azul, Cisterna da Basílica
17 de Abril de 2015 - 17:00
11
Por Aí

Istambul – Santa Sofia, Mesquita Azul, Cisterna da Basílica

Finalmente um tempinho pra continuar contando as minhas aventuras pela Turquia! Agora vim falar de lugares que são imperdíveis se você vai conhecer a cidade e o bom é que eles ficam pertinho, então dá pra ver tudo em uma tarde. Quem levou nosso grupo e fez o roteiro turístico foi a Levante Tours.

viagem-istambul-038

Ao fundo na esquerda Mesquita Azul e na direita Santa Sofia

Santa Sofia

A Basílica de Santa Sofia (ou Ayasofya, que significa “Sabedoria Sagrada” em turco) foi construída entre 532 e 537, no estilo Bizantino. Em 1453 o sultão ordenou que a tornassem uma mesquita, então ela sofreu algumas modificações, mas depois passou a funcionar apenas como um museu quando a Turquia virou um país laico. Lá dentro é bem escuro e há algumas áreas em restauração, então as fotos não estão tão bonitas.

No interior da Santa Sofia há paredes revestidas do chão ao teto por placas de mármore. O mármore foi cortado de uma forma que ficou com desenhos simétricos, que rendem algumas ilusões de ótima. A nossa guia da Levante Tours ia contando as lendas enquanto a gente andava por lá, então havia uma placa onde parecia ter um Diabo (que foi “brilhantemente” aprisionado dentro da basilica), outra com o Espírito Santo e, assim por diante.

viagem-istambul-048

viagem-istambul-030

Santa Sofia vista do hotel Four Seasons Sultanahmet

viagem-istambul-028

viagem-istambul-031

Na direita, o "Espírito Santo"

No mármore da direita, o “Espírito Santo”

O Diabo preso no mármore central

O Diabo preso no mármore central

viagem-istambul-029

viagem-istambul-032

viagem-istambul-033

Mesquita Azul

Em 1606 o Sultão quis construir uma mesquita grandiosa que fosse mais bonita do que a imponente Basílica de Santa Sofia. Até hoje ela é a maior mesquita de Istambul e fica localizada em em frente à Santa Sofia, as duas construções separadas por um jardim. A mesquita tem estilo clássico otomano, por dentro ela tem as paredes cobertas por azulejos diferentes e muitos vitrais lindos.

A Mesquita é aberta ao público, mas deve-se respeitar algumas regras: é preciso tirar os sapatos e as mulheres precisam estar de cabeça e corpo cobertos. Se você não tiver lenço, pode emprestar na entrada (inclusive mais longos que possam ser amarrados como saia cobrindo as pernas). E não pode pisar/entrar na área central, onde os homens muçulmanos estão rezando (as mulheres rezam atrás em cantinhos separados).

viagem-istambul-037

viagem-istambul-040

viagem-istambul-041

viagem-istambul-042

viagem-istambul-039

Mesquita Azul vista do hotel

Mesquita Azul vista do hotel Four Seasons Sultanahmet

Cisterna da Basílica

Cisterna é um reservatório de água de chuva e essa é a maior de Istambul, construída em 532 com capacidade de 30 milhões de litros. É muito impressionante, o espaço é imenso e erguido por colunas enormes que ficam refletidas na água. Além disso há um cantinho com duas cabeças de Medusa sob colunas, em posições estranhas, que deixam a gente muito intrigado. Parece cenário de filme de aventura! hehehe

viagem-istambul-045

viagem-istambul-043

viagem-istambul-044

viagem-istambul-046

Tanto a Cisterna da Basílica quanto a Santa Sofia são cenários do livro “Inferno” do Dan Brown. Eu queria MUITO ter relido o livro antes de viajar, porque quando estava lá lembrava do livro mas não lembrava as cenas exatas que eram descritas. Então fica a sugestão de ler o livro antes de viajar pra quem for pra Istambul!

Post Anterior
Estilo: Mindy Kaling
Próximo Post
4 jeitos de usar: Sapato mary jane
...Comentarios...
11 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. Natasha Romaszkiewicz
    17 de Abril de 2015 - 18:07

    que lugares mais LINDOS, Lia!!! Mas vou falar: fiquei com medo desse mármore do diabo aí e das medusas hahahahah E a mesquita azul parece ser maravilhosa *O*

  2. Do Brasil Para Europa
    17 de Abril de 2015 - 18:52

    mesquitas são tão lindas, tens de vir a Portugal conhecer Lia! Beijinhos

  3. Lívia Santana
    17 de Abril de 2015 - 19:47

    Deve ser incrível demais conhecer um lugar com tanta história. Deve ser uma energia muito louca, pensar em quando pessoas já passaram ali, quando história o lugar carrega. Fora a beleza e a riqueza de tudo.

  4. Carolina Salles
    17 de Abril de 2015 - 22:36

    SIMPLESMENTE! MARAVILHOSO!!

    Beijoos

  5. Franci Pacheco
    18 de Abril de 2015 - 16:52

    Tudo muito lindo, apaixonei *-*

  6. Mariana FS
    18 de Abril de 2015 - 20:54

    Oi Lia!
    Nossa…que lugar incrível para visitar. A Santa Sofia deve ser deslumbrante!
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

  7. Ana Paula Dantas
    18 de Abril de 2015 - 21:19

    Muito top essa Lia!

  8. Anne
    19 de Abril de 2015 - 16:01

    Adorei esse negócio do mármore, a gente vive mesmo encontrando desenhos em qualquer lugar… Lia, ali no ‘ilusões de ótica’ acabou ficando ‘ilusões de ótima’ XD
    Agora SP precisa adotar uma cisterna desse tipo, bem linda e útil!
    Mesmo estando em restauração não prejudicou as fotos não, uma pessoa mais distraída nem perceberia.
    Tá linda coberta com o lenço, uma experiência super diferente para nós que não estamos acostumadas com isso,

    • Lia
      20 de Abril de 2015 - 11:24

      Anne em 19 de Abril de 2015 às 16:01 disse:

      Adorei esse negócio do mármore, a gente vive mesmo encontrando desenhos em qualquer lugar… Lia, ali no ‘ilusões de ótica’ acabou ficando ‘ilusões de ótima’ XD
      Agora SP precisa adotar uma cisterna desse tipo, bem linda e útil!
      Mesmo estando em restauração não prejudicou as fotos não, uma pessoa mais distraída nem perceberia.
      Tá linda coberta com o lenço, uma experiência super diferente para nós que não estamos acostumadas com isso,

      Nossa, uma cisterna aqui vinha bem a calhar agora hahahah
      problema é q o Brasil é um país mto “jovem” q não tem toda essa historia

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @liacamargo no instagram9