Home » Amsterdã – 5 dicas
29 de Maio de 2012 - 16:00
61
Por Aí

Amsterdã – 5 dicas

Da última vez que falei sobre uma viagem, faz bastante tempo! Vocês ainda lembram? Fiz um Mini-guia de Praga, dentro do roteiro de 5 dias que passei por lá. Como falei no post, logo depois de visitar Praga, passei dois dias bem rápidos em Amsterdã, a capital holandesa. Na verdade, o lugar era apenas a escala do nosso voo. Para aproveitar a estada, passamos um tempinho lá.

Nem foram dois dias completos. Visitamos mesmo tudo em um dia só. Ou seja, nem conhecemos tanta coisa assim – não o suficiente! Mas as principais vou mostrar para vocês nesse post, caso queiram algumas dicas para conhecer a cidade. Vale muito a pena!

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã é incrível. Não é mágica como Paris ou Praga, mas a cidade é cosmopolita, agitada, alegre, enérgica… Jovem! E, sim, as pessoas fumam maconha no meio da rua. Lá ela não é proibida, né, gente? Cada um fica na sua, fumando o seu tranquilo, sem incomodar os outros. Se você não quiser, é só passar direto – que foi o que eu fiz. Como estava com a minha mãe, acabei nem experimentando os pirulitos de maconha que eles vendem como souvenirs, hahah! xD

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã - 5 dicas

Nós ficamos hospedadas muito perto do burburinho em Amsterdã: entre o Red Light District e a Praça Dam. Inclusive, logo depois que chegamos, fomos passear pela praça. Vocês acreditam que estava rolando uma roda de capoeira? Hahah! Brasileiro está em tudo quanto é lugar! Conversamos com os caras e a maioria era da Bahia. Tinha gente há 13 anos morando na Holanda. E todos falaram muito bem de lá.

1 – Comida

Amsterdã - 5 dicas

Bom, antes de qualquer coisa, já me adianto falando que não experimentei muita coisa diferente. A capital não tem uma comida “típica”. Encontrei de tudo um pouco perto do centro: comida chinesa, japonesa, italiana… Mas uma coisa que eles realmente gostam é desses cones com batatas fritas e molho. Tem quiosque disso em tudo quanto é canto! A minha experiência não foi boa mesmo. Vem molho demais e, como pedi mostarda, enjoei super rápido. Mas, quem sabe, se você não tentar outro acabe gostando, né? Hahah!

2 – Transporte

Amsterdã - 5 dicas

Estacionamento de bicicletas! ;)

O trânsito de Amsterdã pode ser bem confuso para os turistas. Isso porque eles tem carros, ônibus, bondes, bicicletas e pedrestes! Precisa tomar cuidado mesmo! Olhar para os dois lados antes de atravessar, hahah! Se não é um carro que te atropela, pode ser uma bike ou um bonde! xD Mas eu acho super legal esse lance de andar de bicicleta, já que a cidade é plana e, com ela, você chega rápido aos lugares sem poluir o ambiente. Barato, rápido e prático! Se puder, alugue uma dessas.

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã - 5 dicas

Mas meu meio de transporte pela capital foi um desses aí em cima. Amsterdã tem barcos que possuem horários e locais certos para parar, tipo ônibus. É ótimo para quem é turista, já que eles geralmente param perto de algum museu. Mas eles fazem uma coisa que não sou muito fã: vão passeando, mostrando e explicando os pontos turísticos por um microfone. Detesto quando as visitas são guiadas… :P

3 – Museus

Amsterdã - 5 dicas

Em Paris, a melhor coisa que inventaram foi o Museum Pass. Em Amsterdã, é algo quase igual. Eles têm o Holland Pass, com tickets que valem entrada de alguns museus e atrações turísticas. São três tickets diferentes: o vermelho (tulipa), o azul (moinho) e o verde (sapato). Quando você compra as cartelas, elas vêm com um número de tickets que você quiser pagar. No meu caso, tínhamos 2 vermelhos, 2 azuis e 1 verde.

Para entrar, tínhamos que ver qual ticket o museu aceitava. Igual na cartela aí em cima (que mostra museus e cores correspondentes), alguns podem aceitar qualquer um deles, mas, os mais concorridos, só permitiam o vermelho. Cada vez que você utiliza uma cor de ticket, você não pode usar novamente. Então, podíamos entrar em 2 museus que aceitavam o ticket vermelho, 2 que aceitavam o azul e 1 que aceitava o verde.

Amsterdã - 5 dicas

Rijksmuseum (Museu Nacional)

Esse talvez seja o mais popular de todos (“talvez” porque ainda tem o museu de Van Gogh, né?! :D). Ele foi fundado em 1800 e é o maior dos Países Baixos. Ele possui algumas obras dos pintores holandeses Rembrandt, como seus auto-retratos, e Vermeer, como suas famosas pinturas A leiteira e Garota com Brinco de Pérola.

Amsterdã - 5 dicas

Van Gogh Museum

Descobri que não pronunciamos “Van Gogue”, mas, sim “Van Gorrr”, hahah! O museu é incrível e mostra toda a genialidade de um pintor condenado na sua época. Todo mundo dizia que ele não sabia desenhar e, hoje, seus quadros são inestimáveis. Conta um pouco sobre sua história de vida e a evolução de sua dura carreira. Vale a pena demais visitar. E, com o Holland Pass, a gente ainda evita fila! ;D

Amsterdã - 5 dicas

Museu do Diamante

Como esse não é tão concorrido (na verdade, ele é bem pequenininho), a gente entrou com um ticket azul mesmo. O museu não é tão extraordinário, mas é ótimo para brilhar os olhos! *_* Eles contam a história de algumas pedras preciosas, joias da realeza e de celebridades e curiosidades sobre o mundo dos diamantes. Na última sala, você ainda vê uma caveira toda cravejada de diamantes ao som de Diamonds are a Girl’s Best Friend na voz de Marilyn Monroe. Não podia faltar, né?

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã - 5 dicas

Museu das Bolsas

Para mim, um dos passeios mais legais do dia! O Museu das Bolsas conta a história desse acessório nada dispensável para as mulheres em 500 anos de modelos incríveis. Ele está localizado em uma construção de 1664, com um acervo de mais de 4.000 bolsas, malas e carteiras. O museu surgiu a partir da coleção particular de Hendrikje Ivo, uma fanática por bolsas que, depois de 35 anos colecionando, decidiu exibi-las. Imperdível para quem gosta de história da moda! Eles ainda têm uma cafeteria super charmosa e uma lojinha linda.

Amsterdã - 5 dicas

Gatão lindo do museu <3

4 – Compras

Amsterdã - 5 dicas

Vitrines da Bijenkorf

Amsterdã - 5 dicas

De tudo um pouco… com uns objetos safadjeeenhos no meio, hahah!

Com tantos passeios, acabei não conseguindo visitar as lojas de roupas por Amsterdã, mas, se você quiser, pode parar na Bijenkorf, na Praça Dam, que é comparada à Harrods em Londres e à Bloomingdale’s em NY. Ou, se preferir mais opções, você pode ir até a rua Leidsestraat, super famosa pela variedade de lojas. Passei por lá e fiquei de boca aberta, gente! Muita coisa linda! Mas, como já estávamos no final da viagem e os euros foram embora voando, nem entrei. :P

E os souvenirs, lógico. Eles se resumem em: moinhos, maconha e sexo (~ui~). Bom, pelo menos na maioria das lojinhas. Ou talvez seja porque eu estava muito perto do Red Light District… hehe. Para mim, o imperdível mesmo foram essas fofuras de porcelana. Se você quiser levar, não esqueça de embalar bem direitinho para não quebrar!

Amsterdã - 5 dicas

Casalzinho que comprei de souvenir *_*

5 – Noite

Amsterdã - 5 dicas

Em uma das feiras de flores, já fechada

Amsterdã - 5 dicas

Então, quando chegou a noite em Amsterdã, tivemos duas coisas para fazer: visitar a loja de souvenirs na Praça Dam que fica aberta até sei-lá-que-horas e conhecer o tal do Red Light District! Confesso que estava meio apreensiva. Mas, gente, nem tem nada de mais. Algumas pessoas colocam na cabeça da gente que é um local de libertinagem, que os holandeses usam cocaína na nossa frente… AFFFFF!

O Red Light tem, sim, mulheres quase nuas nas vitrines, mas, por ser um local turístico, é lotado! Não é uma rua só, são várias, e as pessoas passam verificando a beleza das moças. E tem para todo o gosto, viu? Altas, baixas, magras, gordas, brancas, negras, orientais… Algumas delas estavam fantasiadas de estudantes, outras de calça jeans, outras só de calcinha. Tem de tudo mesmo! Eu ouvi dizer que elas não gostam que tiremos fotos delas, por isso, nem tentei. Só tirei do geralzão mesmo! :P Mas podem ir tranquilos, vi até famílias inteiras por lá (sem crianças, né, claro).

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã - 5 dicas

Amsterdã é uma capital para jovens. É o típico lugar para você se divertir com a galera, passear pelo Red Light e ser cantado pelas prostitutas. Além disso, existem vários sexshops por perto. Achei melhor não colocar fotos aqui, hahaha, mas saibam que também tem de tudo! E, caso você esteja cansado da luz vermelha e quiser experimentar coisas novas, é só parar num coffeeshop (não, não é uma cafeteria!).

Lá em Amsterdã, a maconha é liberada e, quem quer usar, vai em um desses coffeeshops. Eles tem energético, brownie, e tudo o que vocês puderem imaginar feito com a folhinha. Não experimentei, mas bateu curiosidade, hahahah! Alguém experimentou quando foi pra lá?

Amsterdã - 5 dicas

Dá pra ouvir o Bob Marley daí?

Então é isso, pessoinhas! Espero que vocês tenham gostado e sintam-se livre para colocar mais dicas nos comentários. Quero voltar a Amsterdã para conhecê-la direito. Um dia inteiro é muito pouco! E, claro, reitero aquilo que falei no post sobre Pragatodos conhecemos lugares de um jeito diferente, por isso sempre teremos uma visão diferente. ;)

Post Anterior
Batalha: Emma Watson
Próximo Post
Look do dia: Vestido 70's
...Comentarios...
61 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. DaphneTyler
    29 de Maio de 2012 - 16:34

    O local parece ser lindo, mas acho que eu seria muito careta para os hábitos de Amsterdã o_O’ rsrs

  2. Virgínia Carrazzone
    29 de Maio de 2012 - 16:42

    ótimo seu post, foi muita coisa pra ver em 3 dias imcompletos por lá…. só uma ressalva muito importante sobre ele. Passei 8 dias lá e tenho uma amiga q morou lá mais de 2 anos e de jeito nenhum é permitido fumar na rua. Existe um parque lá em q é permitido (inclusive fazer sexo), mas na rua nunca. E se vc viu, foi certamente turistas, então muito cuidado! Eles fazem vista grossa, mas não aliviam com turista e se o grupo resolver fazer confusão é cana fia. Amsterdam tem essa fama de cidade permissiva mas não é bem assim não tudo é muito bem controlado e quem faz errado geralmente não são pessoas de lá, geralmente turistas. Eles estavam até pra proibirem a venda de maconha para turistas e apenas libarar pra residentes de Amsterdam. Os famosos coffeeshops, vendem maconha, mas não podem vender bebida alcoolica e vice e versa (ande vende bebiba, não vende maconha).

    • naty
      30 de Maio de 2012 - 00:19

      isso q eu ia dizer virginia, quando fui pra la nao vi ngm fumando na rua, e muito controlado la, pode fumar em coffeeshops, mais na rua nao.

  3. Kah
    29 de Maio de 2012 - 16:47

    Também acho que eu sou muito careta pra ir pra Amsterdã.

  4. Gabriela
    29 de Maio de 2012 - 17:05

    Fui em Amsterdã ano passado e adorei!! Achei a cidade fantástica também… Tive impressões parecidas com as suas, o Red Light é bem tranquilo mesmo, principalmente de dia, que foi quando eu fui… tinha inclusive crianças andando com os pais!!! OK, isso eu achei estranho… rs!

  5. Ana
    29 de Maio de 2012 - 17:21

    Nossa! Amsterdã já é um sonho, mas gente, o que é essa batata frita?!rsrsrsrs Amo!
    A foto está de longe, mas dá para perceber que o seu look está mega fofo Lia! Como sempre.
    Beijos!

    • Lia
      30 de Maio de 2012 - 17:09

      Ana em 29 de Maio de 2012 às 17:21 disse:

      Nossa! Amsterdã já é um sonho, mas gente, o que é essa batata frita?!rsrsrsrs Amo!
      A foto está de longe, mas dá para perceber que o seu look está mega fofo Lia! Como sempre.
      Beijos!

      O post é da Gabi, baby! ;)

  6. Tainara
    29 de Maio de 2012 - 18:08

    S-O-N-H-O!

  7. Luana
    29 de Maio de 2012 - 18:19

    Que vontade dessa batata frita! Legal as pessoas lá terem o habito de andar de bicicleta. E podem usar maconha em qualquer lugar?! Que liberal, achei que podia em algum parque, um lugar só pra isso, sei lá x)

  8. Lara Garcia
    29 de Maio de 2012 - 18:21

    Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

    Um abraço!

  9. DaphneTyler
    29 de Maio de 2012 - 18:37

    Ana em 29 de Maio de 2012 às 17:21 disse:

    Nossa! Amsterdã já é um sonho, mas gente, o que é essa batata frita?!rsrsrsrs Amo!
    A foto está de longe, mas dá para perceber que o seu look está mega fofo Lia! Como sempre.
    Beijos!

    Lia onde? Não é a Gabi?

  10. Camila Gerarde
    29 de Maio de 2012 - 18:55

    Adoraria visitar Amsterdã, ótimo post.
    O casalzinho de porcelana é muito fofo *-*

    Beijos

  11. Paty
    29 de Maio de 2012 - 18:58

    batata frita com molho (catchup e mostarda) não é novidade para quem é de SP… Aqui, o que mais tem nas proximidades dos metrôs são barraquinhas q vendem batata frita no copo descartável… kkkk e ainda vem com catchup, mostarda, maionese E queijo ralado por 3 reais!! kkkkkk…

    adoro amsterdam, meu sonho é ir pra lá um dia! Legais suas dicas, gabi! :)

  12. rafa
    29 de Maio de 2012 - 19:45

    Que legaal gabi!!! Eu estou escrevendo um livro e estava pensando de a história se passar na Holanda, como o clima é lá?? Ah e não tem um museu da Hello Kitty não? (De repente a Lia dá uma passadinha lá ahsuahsuahs)

  13. Rafa
    29 de Maio de 2012 - 19:46

    DaphneTyler em 29 de Maio de 2012 às 18:37 disse:

    Ana em 29 de Maio de 2012 às 17:21 disse:

    Nossa! Amsterdã já é um sonho, mas gente, o que é essa batata frita?!rsrsrsrs Amo!
    A foto está de longe, mas dá para perceber que o seu look está mega fofo Lia! Como sempre.
    Beijos!

    Lia onde? Não é a Gabi?

    Achamos uma nova míope *_*

  14. Gabi
    29 de Maio de 2012 - 20:03

    Lara Garcia em 29 de Maio de 2012 às 18:21 disse:

    Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

    Um abraço!

    Oi, Lara!
    Então, eu não mencionei na matéria que as pessoas podem fumar no meio da rua, apenas que elas fazem isso, proibidas ou não. Tanto que eu menciono os coffeeshops no final do post! :)

    Beijos!

  15. Anne
    29 de Maio de 2012 - 20:25

    Adorei os museus do diamante e das bolsas! Muito legal, fiquei morrendo de vontade de visitar! E que lindas fotos noturnas da cidade!

  16. Daiane Machado
    29 de Maio de 2012 - 20:29

    Gabi muito bom o seu post… Estive em Amsterdã mês passado e fiquei encantado com o lugar. Só uma dica de passeio, o Museu de Anne Frank, para quem conhece a história ou simplesmente gosta de história, é emocionante. Ah… e para quem for se aventurar nos coffeeshops mais uma dica… Não subestime os space cake… Eles são bonitinhos, são gostosos mas apesar de parecerem inofensivos fazem efeito de verdade. Peguem leve para não acabar estragando a viagem!

  17. Thais L.
    29 de Maio de 2012 - 20:50

    Gabi…que coincidência !!! Estou de férias em Paris, e fiz hoje um bate e volta em Amsterdã!!

    Adorei a cidade….fui com a minha mãe também.
    E depois de muito pensar, compramos o pirulito (tem de tudo né..cookies, chocolate, bala)….É amargo demais…e tem o cheiro bem característico. Mas pelo menos, pra mim, sem condições de devorar até o final rsrs

    Beijos

  18. Milis
    29 de Maio de 2012 - 21:01

    Amei esse post!!! Já tinha muita vontade de conhecer Amsterdam, depois desse post fiquei com mais vontade ainda, hehehe! Quem sabe não faço um mochilão por lá ano que vem…
    Beijinhos!

  19. Jacqueline Illoz
    29 de Maio de 2012 - 21:18

    Gabi em 29 de Maio de 2012 às 20:03 disse:

    Lara Garcia em 29 de Maio de 2012 às 18:21 disse:

    Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

    Um abraço!

    Oi, Lara!
    Então, eu não mencionei na matéria que as pessoas podem fumar no meio da rua, apenas que elas fazem isso, proibidas ou não. Tanto que eu menciono os coffeeshops no final do post! :)

    Beijos!

    Eu não sei nas ruas, mas sei que a maconha é proibida para os turistas. Só os holandeses podem utilizar, e mesmo assim, eles acham super estranho quem utiliza/fuma/come.

    • Carolina Dias
      29 de janeiro de 2013 - 16:11

      Jacqueline Illoz em 29 de Maio de 2012 às 21:18 disse:

      Gabi em 29 de Maio de 2012 às 20:03 disse:

      Lara Garcia em 29 de Maio de 2012 às 18:21 disse:

      Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

      Um abraço!

      Oi, Lara!
      Então, eu não mencionei na matéria que as pessoas podem fumar no meio da rua, apenas que elas fazem isso, proibidas ou não. Tanto que eu menciono os coffeeshops no final do post! :)

      Beijos!

      Eu não sei nas ruas, mas sei que a maconha é proibida para os turistas. Só os holandeses podem utilizar, e mesmo assim, eles acham super estranho quem utiliza/fuma/come.

      A maconha não é proibida para turistas. Seria proibida nesse janeiro, porém, o prefeito entendeu que a maioria dos turistas vão para essa finalidade e, segundo ele, com a proibição aquilo viraria uma verdadeira varredura atrás de drogas. Estive lá ano passado e eles tem cultura e decência pra manter esse padrão. No Brasil isso jamais seria civilizado como lá.

  20. Geovana Cybele
    29 de Maio de 2012 - 21:19

    Adorei o post! Essa cidade deve ser linda…Beijos.

    Visitem e sigam…
    http://gostofashion.blogspot.com/

  21. Gabi
    29 de Maio de 2012 - 21:26

    Jacqueline Illoz em 29 de Maio de 2012 às 21:18 disse:

    Gabi em 29 de Maio de 2012 às 20:03 disse:

    Lara Garcia em 29 de Maio de 2012 às 18:21 disse:

    Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

    Um abraço!

    Oi, Lara!
    Então, eu não mencionei na matéria que as pessoas podem fumar no meio da rua, apenas que elas fazem isso, proibidas ou não. Tanto que eu menciono os coffeeshops no final do post! :)

    Beijos!

    Eu não sei nas ruas, mas sei que a maconha é proibida para os turistas. Só os holandeses podem utilizar, e mesmo assim, eles acham super estranho quem utiliza/fuma/come.

    Jacque, isso é novo. Na época que fui, em agosto de 2011, podíamos experimentar, se quiséssemos! Hoje eles estão muito mais rígidos. Mas, com certeza, alguns coffeeshops ainda não aderiram a essa nova “regra”.

    • Gabriela
      30 de Maio de 2012 - 10:50

      Bem..qd fui era proibido usar na rua maconha..soh nos coffee shops autorizados…e ate msm bebida alcoolica nao podia..diziam q tinham q colocar por exemplo cerveja numa lata de coca pra poder andar e beber na rua…hehe…se n era verdade era sacanagem do pessoal q eu andava por lah eheheheh

    • Gabriela
      30 de Maio de 2012 - 10:51

      Gabi em 29 de Maio de 2012 às 21:26 disse:

      Jacqueline Illoz em 29 de Maio de 2012 às 21:18 disse:

      Gabi em 29 de Maio de 2012 às 20:03 disse:

      Lara Garcia em 29 de Maio de 2012 às 18:21 disse:

      Gente! TEM UM GRANDE EQUÍVOCO NA MATÉRIA. A maconha NÃO é legalizada nas ruas de Amsterdã! É proibido fumar na rua sim! Se você viu alguém fumando a pessoa estava lá de proibidona, e deu sorte de não ter baixado a polícia. E quanto a cada um ficar no seu canto sem incomodar… claro que estará incomodando se for no meio da rua, a fumaça se espalha de todo jeito. Se você fumar na rua é preso na hora. Só pode dentro dos Coffee Shops. E não é padaria ou qualquer barzinho, são apenas os coffe shops!Então fica a dica pras leitoras não rodarem quando forem pra lá! hehe. Bom, No mais, são ótimas dicas! Não vistei vários museus entre os listados, espero poder voltar em breve hehe.

      Um abraço!

      Oi, Lara!
      Então, eu não mencionei na matéria que as pessoas podem fumar no meio da rua, apenas que elas fazem isso, proibidas ou não. Tanto que eu menciono os coffeeshops no final do post! :)

      Beijos!

      Eu não sei nas ruas, mas sei que a maconha é proibida para os turistas. Só os holandeses podem utilizar, e mesmo assim, eles acham super estranho quem utiliza/fuma/come.

      Jacque, isso é novo. Na época que fui, em agosto de 2011, podíamos experimentar, se quiséssemos! Hoje eles estão muito mais rígidos. Mas, com certeza, alguns coffeeshops ainda não aderiram a essa nova “regra”.

      Bem..qd fui era proibido usar na rua maconha..soh nos coffee shops autorizados…e ate msm bebida alcoolica nao podia..diziam q tinham q colocar por exemplo cerveja numa lata de coca pra poder andar e beber na rua…hehe…se n era verdade era sacanagem do pessoal q eu andava por lah eheheheh

  22. Paula
    29 de Maio de 2012 - 21:28

    Nossa, babei nessas fotos! Quero muito ir lá, deve ser lindo!

  23. Gabi
    29 de Maio de 2012 - 21:29

    Daiane Machado em 29 de Maio de 2012 às 20:29 disse:

    Gabi muito bom o seu post… Estive em Amsterdã mês passado e fiquei encantado com o lugar. Só uma dica de passeio, o Museu de Anne Frank, para quem conhece a história ou simplesmente gosta de história, é emocionante. Ah… e para quem for se aventurar nos coffeeshops mais uma dica… Não subestime os space cake… Eles são bonitinhos, são gostosos mas apesar de parecerem inofensivos fazem efeito de verdade. Peguem leve para não acabar estragando a viagem!

    Oi, Daiane!
    Queria muito ter ido ao Museu de Anne Frank… mas estava cheio DEMAAAIS! Aí desistimos, hahah!

  24. Tereza
    29 de Maio de 2012 - 21:46

    Pra PQP todo mundo q viaja e fica ai passando vontade.

  25. Luiza
    29 de Maio de 2012 - 21:57

    É isso mesmo, Gabi, pelo que li também tinha entendido que era liberado, mas não é não, inclusive agora pra turistas é proibido, se ñ me engano… Obvio que sempre tem quem desobedeça, mas na rua é vedado… Não conheci o museu do diamante nem das bolsas, deve ser demais! A cidade é linda, adoro! Beijos

  26. Karol Lourenço
    29 de Maio de 2012 - 23:26

    Nao sou muito fa de batata frita, mas essa ideia parece legal, porém enjoativa e engordativa tbm..hehe

    xoxo
    http://www.karollourenco.com.br

  27. Stheer
    29 de Maio de 2012 - 23:34

    Oi Gabi !

    Seus post são incriveis . Parabens ! Aqui , estou tentando acessar o Teoria Criativa e nao estou conseguindo .. O “nosso” ( sou leitora do blog e ja me sinto dona dele tbm rsrs ) baú de ideia ta em manutenção ? Sei que amanha ( quarta ) tem os post super legais do Bernando . rsrsrs

    beeijos !!

  28. deborah
    30 de Maio de 2012 - 00:59

    Não tem moinho? E tulipas??

    Quero posts de viagem e turismo de todo lugar.

  29. maria regina bernardo
    30 de Maio de 2012 - 07:51

    minha cara Lia.
    Vc faz a alegtria dessa historiadora de profissão, quando entra com seus posts de viagem. E pensar que eu falei na Holanda na sexta-feria passada para as minhas turmas.
    adorei.

  30. Gabriela
    30 de Maio de 2012 - 10:46

    Nossa bem legal seu post…me lembrou de quando fui em 2005. Bem qd fui foi um pouco diferente heheh..meu ex namorado n curtia museu..entao nao fui pra nenhum desses…soh msm prakele de cera..com os famosos. Mas em compensaçao fui tb pra red street…fui pra cafeterias..(tb n experimentei nd..n curto hehe)…comprei mt souvenirs!!! mt msm..tamanquinhos…objetos em zul e branco..mt msm…comprei roupas na H&M…tinha neh…e claro na C&A de lah! eheh…foi mt legal…andei pela cidade toda…nesses barquinhos..comi a comida deles…lembro mt..n sei c escreve assim..frikandel…um salsicha mt gostosa…acho q eh frita…comi demais akilo…alem das batatas fritas…q pedia sem o molho…foi mt divertido. Passei 2 meses na Holanda…basicamente em Groningen cidade ao norte..quase na Alemnha..mas visitei Amsterdam…Roterdam…e outras cidades q soh falar o nome..longe de escrever hehehe…peguei mt onibus por lah…e vi bastante como é o dia a dia deles…vi o qt q tds sabem ingles…inclusive um mendigo q pedia esmola na rua..pediu pra mim em holandes…dai eu falei..i dont dutch…o cara virou e pediu em ingles..fikei mt espantada! ahahah..claro q acabei dando um dinheiro pra ele dps dessa..em fim..tenho mt coisa msm pra contar de lah q n caberia em comentário
    ! Um dia eu volto! Indico a todos =]

    • Silvia
      30 de Maio de 2012 - 11:23

      Gabriela em 30 de Maio de 2012 às 10:46 disse:

      Nossa bem legal seu post…me lembrou de quando fui em 2005. Bem qd fui foi um pouco diferente heheh..meu ex namorado n curtia museu..entao nao fui pra nenhum desses…soh msm prakele de cera..com os famosos. Mas em compensaçao fui tb pra red street…fui pra cafeterias..(tb n experimentei nd..n curto hehe)…comprei mt souvenirs!!! mt msm..tamanquinhos…objetos em zul e branco..mt msm…comprei roupas na H&M…tinha neh…e claro na C&A de lah! eheh…foi mt legal…andei pela cidade toda…nesses barquinhos..comi a comida deles…lembro mt..n sei c escreve assim..frikandel…um salsicha mt gostosa…acho q eh frita…comi demais akilo…alem das batatas fritas…q pedia sem o molho…foi mt divertido. Passei 2 meses na Holanda…basicamente em Groningen cidade ao norte..quase na Alemnha..mas visitei Amsterdam…Roterdam…e outras cidades q soh falar o nome..longe de escrever hehehe…peguei mt onibus por lah…e vi bastante como é o dia a dia deles…vi o qt q tds sabem ingles…inclusive um mendigo q pedia esmola na rua..pediu pra mim em holandes…dai eu falei..i dont dutch…o cara virou e pediu em ingles..fikei mt espantada! ahahah..claro q acabei dando um dinheiro pra ele dps dessa..em fim..tenho mt coisa msm pra contar de lah q n caberia em comentário
      ! Um dia eu volto! Indico a todos =]

      Como poderia me esquecer do Frikandel e a famosa lenda da salsicha feita com carne de cavalo e olho de boi?? hahahahah
      Ah, que saudade!

  31. Silvia
    30 de Maio de 2012 - 11:18

    Oi Gabi! Jóia?
    Tenho uma relação muito “emocional” com Amsterdam e a Holanda. Além de ser neta de holandês, morei em Eindhoven um ano e conheço muito Amsterdam.
    Com relação ao uso da maconha, acho que nos comentários anteriores esse detalhe foi esclarecido.
    Outra coisa, Amsterdam não é esse paraíso da libertinagem como dizem por aí. Mas é uma impressão muito pessoal. Ao contrário, achei o holandês (o holandês comum, aquele cara que vc encontra no dia-a-dia) até bem conservador.
    Mas existe um equívoco no seu texto que acho bastante compreensível pelo pouco tempo em que vc esteve por lá. Existe sim uma comida típica holandesa. Tem o stroopwafel biscoito delicioso e viciante que eles vendem fresquinhos nas barraquinhas de lá. Tem o peixe Haring (pronúncia impossível) que é um peixe cru, temperado com muuuita cebola, que eles vendem em barraquinhas tbm e q a galera come ele inteiro segurando pelo rabo! Tipo foca mesmo! Tem o Pindakaas, manteiga de amendoim que é completamente diferente da manteiga americana. Tem o hagelslag, que é granulado de brigadeiro, que eles comem no pão. Tem o famosão queijo Gouda. Tem o Stamppot tbm, que é super típico, tipo a “feijoada” holandesa, que é um purê de batata misturada com uma couve bem forte, chamada boerenkool, e que se come com uma linguiçona chamada Worst, que é delicioso mas engorda pacas! Ah e tem o Peppernoten, mas esse vc num ia saber mesmo, pois é típico do dia de S Nicolau! hehehe
    Ah, tem coisa demais! Com certeza vai faltar aqui. Só te digo uma coisa, qdo tiver a oportunidade, vá de novo à Amsterdam. Pq até seu conceito sobre as batatinhas vai mudar! (peça com maionese da próxima vez!!)
    Beijos!! :)

    • Gabi
      30 de Maio de 2012 - 15:26

      Silvia em 30 de Maio de 2012 às 11:18 disse:

      Oi Gabi! Jóia?
      Tenho uma relação muito “emocional” com Amsterdam e a Holanda. Além de ser neta de holandês, morei em Eindhoven um ano e conheço muito Amsterdam.
      Com relação ao uso da maconha, acho que nos comentários anteriores esse detalhe foi esclarecido.
      Outra coisa, Amsterdam não é esse paraíso da libertinagem como dizem por aí. Mas é uma impressão muito pessoal. Ao contrário, achei o holandês (o holandês comum, aquele cara que vc encontra no dia-a-dia) até bem conservador.
      Mas existe um equívoco no seu texto que acho bastante compreensível pelo pouco tempo em que vc esteve por lá. Existe sim uma comida típica holandesa. Tem o stroopwafel biscoito delicioso e viciante que eles vendem fresquinhos nas barraquinhas de lá. Tem o peixe Haring (pronúncia impossível) que é um peixe cru, temperado com muuuita cebola, que eles vendem em barraquinhas tbm e q a galera come ele inteiro segurando pelo rabo! Tipo foca mesmo! Tem o Pindakaas, manteiga de amendoim que é completamente diferente da manteiga americana. Tem o hagelslag, que é granulado de brigadeiro, que eles comem no pão. Tem o famosão queijo Gouda. Tem o Stamppot tbm, que é super típico, tipo a “feijoada” holandesa, que é um purê de batata misturada com uma couve bem forte, chamada boerenkool, e que se come com uma linguiçona chamada Worst, que é delicioso mas engorda pacas! Ah e tem o Peppernoten, mas esse vc num ia saber mesmo, pois é típico do dia de S Nicolau! hehehe
      Ah, tem coisa demais! Com certeza vai faltar aqui. Só te digo uma coisa, qdo tiver a oportunidade, vá de novo à Amsterdam. Pq até seu conceito sobre as batatinhas vai mudar! (peça com maionese da próxima vez!!)
      Beijos!! :)

      Silvia, que show o seu comentário! Fiquei ainda mais ansiosa pra voltar para a Holanda!
      Fiquei pouquíssimo tempo e quase não aproveitei. Provavelmente eu não conheci nenhuma comida típica porque eu não saí do centro, né? Não vi os famosos moinhos também… Mas também não dava tempo! Estou guardando tudinho que você me falou para poder voltar lá já sabendo o que procurar! Quero muito conhecer o interior, sabe? Deve ser divino!

      Pelas comidas típicas que você mencionou, algumas coisas são bem parecidas com a Alemanha, né? Um holandês me falou que, pelo menos a língua, é bastante. Ele disse que consegue entender quase 80% do idioma alemão. É verdade?

      Amei as dicas! Obrigada! <3

  32. Gabi
    30 de Maio de 2012 - 15:42

    Stheer em 29 de Maio de 2012 às 23:34 disse:

    Oi Gabi !

    Seus post são incriveis . Parabens ! Aqui , estou tentando acessar o Teoria Criativa e nao estou conseguindo .. O “nosso” ( sou leitora do blog e ja me sinto dona dele tbm rsrs ) baú de ideia ta em manutenção ? Sei que amanha ( quarta ) tem os post super legais do Bernando . rsrsrs

    beeijos !!

    Oi, Stheer! Que bom que você está gostando! Fico muito feliz em saber disso! *___* O Teoria Criativa está normal, pelo menos aqui pra mim… tenta entrar nele de novo, por favor? Talvez possa ser uns probleminhas momentâneos!

    Quanto ao post do Bernardo, fica tranquila. Já, já está no ar! :D

    Beijão!

  33. Joanna
    30 de Maio de 2012 - 16:12

    Desde que vim morar aqui na Holanda fiquei viciada na batata frita…O bom mesmo é pedir a batata com o “frietsaus”, que parece bastante com a maionese e é o típico daqui! Vale também experimentar com “pindasaus” que é um molho de amendoim super gostoso! Catchup e mostarda na batata é coisa de americano!
    Nnão deixem também de experimentar as panquequinhas (xiii estou esquecendo o português) com açúcar e manteiga chamada “poffertjes”…Vende em vários lugares e é uma delícia!

    • monica
      01 de setembro de 2013 - 19:41

      já fui e estive em um bairro não me lembro o nome, perto de vários bares cada um com tipo de musicas diferentes, sabe me dizer qual nome deste bairro?

  34. Andrea Righi
    30 de Maio de 2012 - 17:22

    Oi pessoal. Também estive em Amsterdan em outubro passado e deixo tres outras dicas que nao estavam no post: passem pela feira das flores que e muito lindo e tem sementes e bulbos de varias plantas para comprar, inclusive de maconha para quem tiver interesse e coragem de trazer. Fomos a um pub irlandês maravilhoso perto da red line, comemos super bem e a cerveja era otima, tanto que voltamos mais duas vezes. E a ultima dica, para quem tiver tempo há varias feiras vendendo coisas antigas, tipo mercado de pulgas. Vimos artefatos de guerra, botas, capacetes, uniforme do exercito, casacos de couros entre outras milhares de coisas. Essa feira foi uma viagem nas historias de guerras que estudamos nos livros.
    Ótimo post, viajei de novo quando eu li.
    Bjs

  35. Giu
    30 de Maio de 2012 - 18:26

    Bom post, mas não é permitido fumar na rua não, apesar de muitos turistas acharem que é e fazerem. Também não é permitido beber em público!

    Beijos!

    http://www.amsterdamcomlimao.com

  36. Priscila
    30 de Maio de 2012 - 19:03

    Sonho *-*

  37. Amanda
    30 de Maio de 2012 - 20:21

    Um dia sou eu lá :]

  38. Luana
    30 de Maio de 2012 - 21:11

    Nas ruas ou em bares, eu ia achar estranho ver as pessoas fumando maconha. É, eu sou careta nesse aspecto.#sorry. Amsterdã parece ser td mesmo. Não consigo não pensar em Páginas da Vida quando vejo essas bicicletas rs!

  39. Juliana
    30 de Maio de 2012 - 21:54

    Vc não foi aonde viveu Anne Frank na época da Segunda Guerra? Poxa que pena!!!

  40. Lilian
    30 de Maio de 2012 - 22:40

    Gabi, adorei o post, nunca fui em amsterdã, mas tô de passagem comprada pra julho! esse holandpass é caro? tu se lembra/pode dizer quanto custou cada um? (vermelho, azul e verde)

    adorei as dicas, beeeijo :*

  41. Carol Andrade
    30 de Maio de 2012 - 23:02

    Gabii! :)
    por muito tempo Holando foi o meu sonho intercâmbio, agora tenho outros planos, mas só de ver as fotos tenho vontade de mudar, de novo! haha

  42. Camila
    30 de Maio de 2012 - 23:55

    Gabi em 30 de Maio de 2012 às 15:26 disse:

    Silvia em 30 de Maio de 2012 às 11:18 disse:

    Oi Gabi! Jóia?
    Tenho uma relação muito “emocional” com Amsterdam e a Holanda. Além de ser neta de holandês, morei em Eindhoven um ano e conheço muito Amsterdam.
    Com relação ao uso da maconha, acho que nos comentários anteriores esse detalhe foi esclarecido.
    Outra coisa, Amsterdam não é esse paraíso da libertinagem como dizem por aí. Mas é uma impressão muito pessoal. Ao contrário, achei o holandês (o holandês comum, aquele cara que vc encontra no dia-a-dia) até bem conservador.
    Mas existe um equívoco no seu texto que acho bastante compreensível pelo pouco tempo em que vc esteve por lá. Existe sim uma comida típica holandesa. Tem o stroopwafel biscoito delicioso e viciante que eles vendem fresquinhos nas barraquinhas de lá. Tem o peixe Haring (pronúncia impossível) que é um peixe cru, temperado com muuuita cebola, que eles vendem em barraquinhas tbm e q a galera come ele inteiro segurando pelo rabo! Tipo foca mesmo! Tem o Pindakaas, manteiga de amendoim que é completamente diferente da manteiga americana. Tem o hagelslag, que é granulado de brigadeiro, que eles comem no pão. Tem o famosão queijo Gouda. Tem o Stamppot tbm, que é super típico, tipo a “feijoada” holandesa, que é um purê de batata misturada com uma couve bem forte, chamada boerenkool, e que se come com uma linguiçona chamada Worst, que é delicioso mas engorda pacas! Ah e tem o Peppernoten, mas esse vc num ia saber mesmo, pois é típico do dia de S Nicolau! hehehe
    Ah, tem coisa demais! Com certeza vai faltar aqui. Só te digo uma coisa, qdo tiver a oportunidade, vá de novo à Amsterdam. Pq até seu conceito sobre as batatinhas vai mudar! (peça com maionese da próxima vez!!)
    Beijos!! :)

    Silvia, que show o seu comentário! Fiquei ainda mais ansiosa pra voltar para a Holanda!
    Fiquei pouquíssimo tempo e quase não aproveitei. Provavelmente eu não conheci nenhuma comida típica porque eu não saí do centro, né? Não vi os famosos moinhos também… Mas também não dava tempo! Estou guardando tudinho que você me falou para poder voltar lá já sabendo o que procurar! Quero muito conhecer o interior, sabe? Deve ser divino!

    Pelas comidas típicas que você mencionou, algumas coisas são bem parecidas com a Alemanha, né? Um holandês me falou que, pelo menos a língua, é bastante. Ele disse que consegue entender quase 80% do idioma alemão. É verdade?

    Amei as dicas! Obrigada! <3

    Oi!
    Meu pai mora na Holanda há uns 15 anos e já fiquei lá duas vezes por um mês. Sõu fã do país! Como a Silvia disse, também achei os holandeses até conservadores. Acho que lá eles apenas respeitam a crenças, modo de vida, modo de ser, vestir dos outros… E sobre a maconha, pelo o que já estudei e vi, é proibido fumar na rua. É permitido fumar nos coffeeshops e em casa. E não pode comprar o tanto que quiser tbm, tem uma espécie de cota.
    E sobre o “bairro da luz vermelha”, é proibido tirar foto das vitrines! Se um guarda pegar, ele manda você apagar a foto ou até mesmo joga a sua máquina fora. É, isso realmente acontece…
    Sobre as comidas… sou fã do queijo Gouda e adoro o stroopwafel. E eu que detestava peixe, amei o Haring tbm. Tem um gosto suave… E sobre as batatas, concordo com a Silvia, coma com maionese da próxima vez. Se quiser, dá pra pedir separado. Também não gostava de maionese, mas essa que eles usam nas batatas é gostosinha. Você não deve ter achado muita comida típica porque a Holanda é um país com muuuuuito estrangeiro. Tem muito árabe por lá também, então é comum achar diferentes tipos de culinária por lá.
    Bom, já escrevi demais, né. Me empolguei, pois realmente adoro o país, lá é lindo demais e tem muita coisa legal!!! A arquitetura também é uma graça, né?!
    Beijos!

    • monica
      01 de setembro de 2013 - 19:38

      Alguem pode me dizer como chama o bairro que tem muitos pubs, com musicas diferentes, já fui para la mas foi tao rápido também não me lembro no nome do bairro , so me lembro que adorei demais entramos em uns 3 bares e também vou comentar que é permitido fumar apenas ate a uma da manha nestes pubs depois não mais.

  43. Juliana
    02 de junho de 2012 - 14:30

    gente, que cidade boa pra visitar! gostei!

  44. Jaqueline
    03 de junho de 2012 - 00:14

    Gabi em 29 de Maio de 2012 às 21:29 disse:

    Daiane Machado em 29 de Maio de 2012 às 20:29 disse:

    Gabi muito bom o seu post… Estive em Amsterdã mês passado e fiquei encantado com o lugar. Só uma dica de passeio, o Museu de Anne Frank, para quem conhece a história ou simplesmente gosta de história, é emocionante. Ah… e para quem for se aventurar nos coffeeshops mais uma dica… Não subestime os space cake… Eles são bonitinhos, são gostosos mas apesar de parecerem inofensivos fazem efeito de verdade. Peguem leve para não acabar estragando a viagem!

    Oi, Daiane!
    Queria muito ter ido ao Museu de Anne Frank… mas estava cheio DEMAAAIS! Aí desistimos, hahah!

    Também adoraria conhecer o Museu de Anne Frank

  45. […] Amsterdã – 5 dicas (Just Lia) […]

  46. Mariana
    04 de junho de 2012 - 18:29

    A lei mudou na Holanda e agora a venda de maconha é proibida para os turistas.

  47. Roberta
    13 de junho de 2012 - 13:23

    Sonho!

  48. Alana
    24 de agosto de 2012 - 05:39

    Isso tudo é verdade, explicou perfeitamente, maconha é ilegal, mas a policia decidiu combater as drogas mais fortes, só isso.

  49. […] – por Paris, Amsterdã e Praga. Guardei algumas dicas aqui e outras falei no JustLia (aqui e aqui) alokaqueesqueceuoslinks. Mas, na verdade, a minha viagem inesquecível do meme não foi […]

  50. Marlio
    31 de janeiro de 2013 - 21:09

    Gente, eu vivo em Amsterdam fazem 20 anos e é permitido fumar maconha nas ruas sim. E pode vender pra turista tambem. A prefeitura de Amsterdam resolveu nao adotar o tal passe que so locais podem comprar, senao iria gerar muito trafico, aí o problema seria grande.
    Mas fumar na rua pode sim! Se bem que a maioria que visita este site é bem careta, entao nao vao experimentar mesmo.

  51. Marta
    05 de março de 2013 - 09:53

    Obrigada pelas dicas, Lia. Breve compartilharei as minhas contigo. Ah! Quando puder volta em Amsterdam, por mais dias, você vai se apaixonar, e com certeza trará novas dicas pra futuras viagens ;)

  52. […] No blog da Lia, fiz um post com 5 dicas para conhecer Amsterdã. Minha viagem faz um ano em agosto e foi muito bom relembrar todo aquele momento bom que passei. Infelizmente, só conhecemos a cidade em um dia, mas valeu! Para ler o que escrevi sobre a capital, é só clicar aqui: Amsterdã – 5 dicas! […]

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @liacamargo no instagram9