Home » Mini-guia Buenos Aires – Pontos Turísticos
05 de dezembro de 2011 - 08:04
85
Por Aí

Mini-guia Buenos Aires – Pontos Turísticos

Eu trouxe pra vocês algumas informações gerais sobre Buenos Aires na sexta-feira, e agora é hora de falar sobre aquilo que todo mundo gosta de saber a respeito dos lugares em que visita: os pontos turísticos. E pra começar a falar deles, deixo uma dica que vale muito a pena e vai te ajudar a conhecer todos os principais pontos turísticos da cidade. Saindo da Calle Florida (que vai ser uma parada obrigatória, já que ali tem várias lojas que você vai ter que passar mesmo) com a Diagonal Norte, tem o Bus Turístico.

O Bus Turístico é um ônibus de dois andares, sendo que o segundo é panorâmico e tem várias paradas em pontos específicos da cidade. Você pode fazer o tour completo sem descer, ou pode descer nos que mais te interessar e depois pegar o seguinte – o ônibus passa de 20 em 20 minutos. O custo dele é de 70 pesos, valendo por 24 horas ou 90 pesos valendo por 48 horas. Importante: são 24 ou 48 horas mesmo. Eu peguei às 14h de um dia e pude utilizá-lo em 3 dias, já que ele valia até às 14h do terceiro dia. Recomendo comprar o de 48 horas, porque você fica com muito mais liberdade de explorar os pontos da maneira que for mais conveniente e a diferença de valor é bem pouca.

Além disso o áudio-guia está em 10 idiomas diferentes e dá pra comprar o bilhete na hora, no guichê do Ponto 1, ou online com 5% de desconto, ou no próprio ônibus (caso você pegue ele fora da primeira parada) e até em alguns locais específicos espalhados pela cidade – nos hotéis e albergues eles sabem informar bem sobre esses pontos. Mas todas essas informações estão no site. E são 20 paradas nos mais diversos pontos da cidade. Todos os pontos que eu vou citar aqui estão no roteiro do Bus Turístico. E até por isso eu sei um pouquinho de fatos históricos pra contar pra vocês – hehehe.

Calle Florida

Que nada mais é do que Rua Florida em português, é uma rua só de pedestres e é lotada de lojas de tudo que você sonhar. Tem docerias antigonas lindas, tem lojas de marcas como Puma e Adidas, Zara e tem a Falabella, que é uma loja de departamentos imensa, tipo Macy’s, Target. Caso você vá tomar o Bus Turístico, o ponto de partida é a Florida, por isso aproveite pra dar uma passeada por lá. É legal que lá tem lojas que vendem todo tipo de souvenir de viagem. Isso sem falar numa grande quantidade de lojas populares de roupas, sapatos, artigos de couro, perfumaria, e por aí vai.

Plaza de Mayo

Olha, eu sou suspeita, porque sou formada em História, sou filha de presos políticos, portanto assuntos ligados a essas áreas me interessam muito e mexem comigo de verdade. A Plaza de Mayo é um símbolo de manifestações históricas do povo argentino, e ficou conhecida mundialmente pelo movimento das “Mães/Avós da Praça de Maio”, que até hoje, se reúnem na praça toda 5ª feira, para exigir notícias do paradeiro de seus filhos, que foram tomados delas durante a ditadura militar argentina (que ocorreu entre 1976 e 1983). Os filhos das presas políticas eram tomados delas – muitos ainda bebês em fase de amamentação – e eram entregues a famílias de militares. Até hoje há filhos dessas mães, que foram criados pela família dos torturadores de suas mães biológicas e que nem tem ideia de sua verdadeira história. O movimento chamou a atenção da Anistia Internacional e de organizações ligadas aos Direitos Humanos no mundo todo e por isso a praça ficou mundialmente conhecida. Ao seu redor está a Casa Rosada (sede do governo nacional), a Catedral Metropolitana e o Cabildo.

Durante a época colonial, o Cabildo foi sede da organização municipal encarregado de representar a cidade frente à metrópole, com várias funções jurídicas e administrativas, além de servir de prisão – era uma espécie de prefeitura. O cabildo de Buenos Aires passou a ter mais importância a partir da criação do Vice-Reino do Rio da Prata em 1776, cuja capital era Buenos Aires. Foi no cabildo da cidade que foi declarada a Revolução de Maio de 1810 (que veio a dar nome à praça), que foi o primeiro passo da independência de vários países da região platina. Pelo que me lembro da explicação do Bus Turístico, disseram que este é a construção mais antiga de Buenos Aires e tem um museu aberto a visitação.

Aqui embaixo você vê fotos do obelisco da Plaza de Mayo e do Cabildo.

Casa Rosada

É a sede da Presidência da República, e em sua sacada foram feitos os mais importantes pronunciamentos da história argentina. Apenas o museu está disponível para visitas públicas. Fica na Plaza de Mayo e em sua frente acontece várias manifestações políticas (que por acontecerem de frente pra sede do governo, não podem ser ignoradas). Juro, como eu fui quase todos os dias para a região da Plaza de Mayo e Calle Florida, passei pela Casa Rosada muitas e muitas vezes e em absolutamente todas estava rolando alguma espécie de manifestação: Mães da Praça de Maio, bancários em greve, estudantes protestando por um ensino de melhor qualidade. Cada dia era uma coisa. Ao menos isso é patente, os argentinos (apesar de votarem mal pra dedéu) são muito mais envolvidos com política e engajados do que nós.

Abaixo uma foto da fachada principal da Casa Rosada e outra em que dá pra ver manifestantes acampados na frente dela.

Catedral Metropolitana
Como o próprio nome já diz, é uma igreja, mas sem o padrão que estamos habituados, já que ela não tem uma torre. Nela se encontra o Mausoléu com os restos do herói libertador argentino, General San Martín, e junto a eles está a “Chama da Argentinidade”, que é pra lembrar aos argentinos de quantos heróis e anônimos lutaram e sofreram para dar a eles esse sentimento nacionalista tão forte. Acabei não tirando nenhuma foto muito legal da catedral, mas tenho uma bacana da chama. =)

Recoleta
Um dos bairros mais sofisticados de Buenos Aires é o reduto da antiga aristocracia do gado, e tem casas lindíssimas em estilo europeu, além de contar com lojas e shoppings de alto padrão, vários museus e galerias de arte, além de restaurantes e cafés. Nesse bairro se localizam 3 fortes pontos turísticos o Cemitério da Recoleta, o Museu de Belas Artes e o Buenos Aires Design.

Cemitério da Recoleta
É um dos cemitérios mais bonitos e visitados do mundo. Lá estão os restos de famílias tradicionais da Argentina, além de grandes personagens da história nacional. O seu túmulo mais famoso e mais visitado é o de Evita Perón – que segundo a guia é o único túmulo de toda a Argentina que conta sempre com flores frescas (em qualquer dos 365 dias do ano). Uma dica importante é pegar os guias oficiais do cemitério, que além de gratuitos, são fantásticos e fazem um verdadeiro passeio pela história da Argentina através de seus túmulos. Há muitos serviços de guias que cobram entre 15 e 30 pesos, que para fazer valer o dinheiro pago, fantasiam histórias para deixarem cada uma delas mais trágicas e interessantes. E é engraçado que uma amiga foi antes de mim e me contou histórias escabrosas que ela ouviu do guia que ela pagou. E a minha guia contava a história real e depois repetia a história escabrosa, igual minha amiga ouviu e dizia: “como dizem os outros guias, para prender a atenção e não é verdade”. Por isso aproveite e pegue o guia oficial, que além de gratuito é bem mais confiável. E é bem legal que ela conta com riqueza de detalhes arquitetônicos e históricos. Além de responder toda e qualquer pergunta que as pessoas façam, e também conta muito detalhadamente a história do sequestro do corpo de Evita, de como foi enterrada na Europa com nome falso e como retornou a Buenos Aires muitos anos depois.

Ah, vale pra quem estiver interessado, já que muitos turistas do meu grupo perguntaram por eles: nem Perón e nem Gardel estão enterrados na Recoleta. Ambos estão no cemitério de Chacarita (que é bem mais afastado e eu não tive oportunidade de visitar). Abaixo um mural com fotos do túmulo de Evita – teve até brasileiro marcando presença por lá e deixando fitinha de Nossa Senhora Aparecida.

Museo Evita
O museu fica num antigo casarão e traz uma coletânea de fotos, documentos, cartas, vestidos, jóias, revistas e brinquedos que testemunharam a vida e a obra de Eva Perón. São dois pisos contando a história de Evita desde sua infância pobre antes de chegar a Buenos Aires, passando por sua carreira de atriz, até o casamento com Perón e a eleição dele, que a transformou em primeira dama. Evita acabou virando um ícone e ficou conhecida como mãe dos pobres, e sua trajetória foi marcada por seu trabalho social para os trabalhadores e com os órfãos. Sua morte precoce (causada por um câncer de útero) gerou uma verdadeira comoção nacional. É legal pra poder entender como foi que ela virou uma figura tão icônica para a Argentina, ultrapassando (e muito) a popularidade do próprio marido.

No museu também tem um café e restaurante bem vintage (decorado no estilo dos anos 40) e uma lojinha de lembranças bem legal. Inclusive tem umas bonecas (estilo Barbie) da própria Evita, com roupas marcantes: vestidos de baile, tailleurs etc. O museu funciona de 3ª a domingo, das 14 às 19h30. Eu não me lembro bem, mas procurei no site e não encontrei, mas acho que a entrada custou 10 pesos. Na foto alguns dos vestidos de Evita – pra quem curte moda, essa é uma das partes mais legais. Pra quem curte História, há objetos fantásticos, como por exemplo a urna onde ela votou pela 1ª vez, marcando assim o início do voto feminino na Argentina.

OBS: O Museu não está exatamente na rota do Bus Turístico, mas você deve descer na mesma parada do Zoológico e andar um pouquinho, ele está numa das ruas paralelas à praça do Zoológico, mas se você pedir informação, todo mundo sabe te indicar.

Palermo
Palermo também está entre os bairros nobres de Buenos Aires, repleto de bosques, é um dos lugares prediletos dos porteños para curtir um momento de sombra e água fresca. Por ali você encontra muitos bosques, lagos e jardins. O bairro abriga muitas lojas, shoppings, além do Jardim Zoológico, o Jardim Botânico e o Planetário Galileu Galilei (que tem um prédio no formato do planeta Saturno).

Jardim Zoológico
Está entre os zoológicos mais visitados do mundo. É muito legal porque é completamente diferente dos zoológicos aqui do Brasil, alguns bichos filhotes (como lhamas e pavões, por exemplo) ficam soltos e caminhando entre a gente – e eu amei isso. Tem uma grande variedade de animais provenientes da Argentina e de outros países da América Andina, além de ser muito bem cuidado e de ter várias atrações próprias para crianças, como o Museu de Arte Infantil, carrossel, entre outras. A proximidade nossa com os animais expostos é fantástica. E lá eles vendem uns pacotinhos com uma espécie de ração que pode ser servida a todos os animais – em alguns casos você coloca numa canaleta que leva a ração até a jaula e em alguns casos dá pra você dar a comida quase que na boca mesmo – a criançada adora, e você encontra barraquinhas vendendo a ração por todo o zoológico. Funciona de terça a domingo das 9h30 às 18h. Aqui eu escolhi a foto do Urso Polar e de um dos pavões que tava zanzando por mim na hora que eu tava tomando lanche.

Puerto Madero
Puerto Madero é a antiga zona de armazéns portuários, que foi toda remodelada e hoje é uma das áreas empresariais mais nobres da capital. Os restaurantes margeiam o Rio da Prata e além de uma vista lindíssima, ainda oferecem a melhor gama de opções gastronômicas de Buenos Aires. Ali você vai encontrar massas, frutos do mar e as tradicionais carnes argentinas. Eu sou caipira (hehehe), e apesar de nascida em São Paulo e fiquei toda emocionada ao passar pela ponte levadiça, já que eu nunca tinha passado por uma. :)

Na foto a vista que você tem quando está passando pela ponte levadiça, e tem essa visão privilegiada da Ponte da Mulher, um dos cartões postais da cidade e de Puerto Madero.

San Telmo
Com suas ruas de paralelepípedos, calçadas estreitas e casas coloniais, San Telmo conserva muitas características da antiga Buenos Aires. É o bairro eleito por artistas e intelectuais, sede de importantes antiquários e galerias de arte. E foi onde eu fiquei hospedada, num hostel chamado Don Telmo (que é um antigo casarão e todos os quartos são privativos e suítes, como os de um hotel normal), e pra quem tiver dúvidas de onde ficar eu super recomendo. O lugar é bem gostosinho e o atendimento é fantástico.

Além disso, San Telmo tem muitos bares e restaurantes bem legais, além de os beberrões do mundo todo aparecerem por lá para curtir o ar boêmio do lugar. E é em San Telmo que fica o monumento da Mafalda, que é um banco com uma escultura, que dá pra você sentar e tirar fotos ao lado da musinha, como a que eu tenho lá no começo do post, ou só da Mafaldinha mesmo, como você vê aqui embaixo. E é bom que o monumento fica em frente a uma das lojas da La Continental e aí você pode comer bem e ainda aproveitar o passeio.

Feira de San Telmo
É a mais famosa feira de antigüidades, que reúne desde simples bijouterias e roupas de época até gramofones, relógios e telefones antigos. Geralmente há artistas de rua fazendo alguma apresentação ou dançando tango. Ao redor da feira também há várias lojas de antiguidades, além de vários cafés e restaurantes nos arredores. Acontece aos domingos das 10h às 18h.

La Boca
É o nome do bairro onde, obviamente, fica o Boca Jr.s/La Bombonera e também o famosíssimo Caminito. É bem afastado do centro, um dos bairros mais distantes e mais antigos da cidade. Foi o bairro adotado pelos primeiros imigrantes europeus. Uma das coisas que torna o bairro mais famoso são suas casas multicoloridas – que são assim porque esses imigrantes eram muito pobres e aproveitavam restos de construções e cascos de barcos e navios para construir suas casas. Acabou que as cores múltiplas se tornaram um marco do bairro.

O Caminito na verdade é apenas uma rua, que fica bem no coração de La Boca, mas convencionou-se chamar as ruas ao redor de Caminito também. Fui alertada de o lugar não é muito seguro, e que eu deveria tomar cuidado e não me afastar muito do Caminito, porque até mesmo os argentinos eram assaltados ali. Por isso é legal ir de dia. Mas eu não tive problemas, fui andando da Bombonera pra lá e não tive grandes problemas (mas era de manhã em torno de 10h30/11h). Isso porque na frente da Bombonera existe uma parada extra-oficial do Bus Turístico, e a parada oficial é no Caminito, que é coisa de quatro quadras dali. Desci no estádio e depois fui andando até o Caminito e de lá segui no ônibus.

O clima nostálgico dita o ritmo por ali e há uma grande concentração de artistas de ruas: dançarinos de tango se apresentando ao ar livre, estátuas vivas, pintores e escultores. É um passeio obrigatório para quem vai até Buenos Aires. Abaixo a foto da rua que é conhecida como Caminito e seus diversos artistas de rua e também a fachada clássica que marca o começo da rua.

La Bombonera
O famoso estádio do Boca Juniors, que tem esse nome por ser muito alto e se assemelhar a uma caixa de bombons. Tem o fantástico Museo de La Passion Boquense que é parada obrigatória. E tem também uma opção de visita com tour guiado (em inglês e espanhol) – mas essa tem horários específicos e eu acabei não fazendo porque a seguinte seria 2h depois. É super legal, você conhece um pouco da história do clube e do bairro. E há também a opção de tirar uma foto dentro do campo com a Taça Libertadores – chance única para os corintianos desse meu Brasil (hihihi!). E também tem uma loja bem legal onde você encontra tudo quanto é tipo de souvenir do clube. A visita ao museu custa 35 pesos, com guia custa 45 e com tour completo pelo estádio (com opção de conher os vestiários, tribuna de imprensa e pisar no campo) é 50 pesos. Para tirar foto com a Taça Libertadores dentro de campo são mais 40 pesos. Eu fiz o tour simples que te possibilita visitar o museu e as arquibancadas, mas acho que vale a pena o guiado. Vou ficar devendo imagens de lá de dentro porque acabou a bateria da câmera logo que eu entrei no museu, consegui tirar umas 4 fotos sem flash e aí ela morreu.

Bom, meninas, é isso, eu espero que tenham gostado.

Post Anterior
Estilo: Fernanda Lima
Próximo Post
Barbie da Katy Perry e Barbie da Nicki…
...Comentarios...
85 Comentários

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com
  1. Ana Silva
    05 de dezembro de 2011 - 08:35

    Olá … gostaria de saber se realmente é difícil encontrar roupas tamanho G em Buenos Aires! Beijos

    • Tayra
      05 de dezembro de 2011 - 08:37

      Não tem muita roupa GG, mas G tem sim, normal. :)

  2. Nurya silveira
    05 de dezembro de 2011 - 08:38

    Adoreii as dicas! super bacanas!!

    Beijo

  3. Cicília Pinto Moreira
    05 de dezembro de 2011 - 08:51

    Ahhh queria uma foto ao lado dessa mafalda! Adoro esses onibus turisticos do tipo jardineira, em Curitiba também tem, é muito legal!

  4. Viviane
    05 de dezembro de 2011 - 09:34

    Gostei muito das suas dicas, mas um lugar que amaei quando fui foi o Jardim Japonês. Lindissímo!!:D

    • Tayra
      05 de dezembro de 2011 - 10:08

      Viviane,

      todo mundo me falou, eu queria ir, mas acabou não dando tempo. Falaram que é fantástico. :)

    • Rafaela
      16 de dezembro de 2011 - 20:46

      Viviane em 05 de dezembro de 2011 às 9:34 disse:

      Gostei muito das suas dicas, mas um lugar que amaei quando fui foi o Jardim Japonês. Lindissímo!!:D

      Não consegui ir a esse jardim. :(

  5. Rafaella
    05 de dezembro de 2011 - 09:42

    Mafalda é realmente um dos melhores personagens de quadrinhos :D

  6. natalia
    05 de dezembro de 2011 - 10:11

    O que eu mais gosto nesses posts são as fotos que dão muita vontade de conhecer os lugares. Todas as cidades deveriam ter um ônibus assim, é muito mais prático pra conhecer os pontos turísticos e vc não deixa escapar nenhum. :)

  7. Manu brito
    05 de dezembro de 2011 - 10:13

    eu fui em julho agora. tenho algumas dicas tambem.
    se quiserem tambem tem o zoo lujan. ele não é tão bonito quanto o jardim zoologico, mas esse voce pode entrar e tocar nos animais. tirar foto do lado dos animais. custa 100 pesos, com o onibus de ida e de volta. porque ele fica em outra cidade.

  8. Laísa
    05 de dezembro de 2011 - 10:23

    ai que sonho :x

  9. Wanessa Chamanhucki
    05 de dezembro de 2011 - 11:40

    Obrigada mais uma vez por postar guia de B.Aires, como disse no outro post eu vou viajar e não havia feito guia. Estão me dizendo que é um lugar otimo para comprar roupas.

  10. Nayara Massarotto
    05 de dezembro de 2011 - 12:57

    Novamente um post muito instrutivo e interessante, deu até vontade de ir pra lá, e olhe que a Argentina não é um dos lugares que tenho vontade de conhecer.

  11. Lu Freitas
    05 de dezembro de 2011 - 12:58

    Parabéns pelo post, muito bom. Amo viajar, embora não tenha feito isso tanto quanto eu gostaria, e por isso saber sobre destinos turísticos e seus´ponto sempre me parace muito atrativo e divertido.

  12. Gabriela
    05 de dezembro de 2011 - 13:03

    Ai que legal, Tayra. Poxa, deve ser tudo de bom lá, mal posso esperar quando eu for um dia! :)

  13. Dany Menezes
    05 de dezembro de 2011 - 13:25

    Ai cemitério como ponto turístico?? Dispenso!!

  14. Ester Rocha
    05 de dezembro de 2011 - 13:35

    Vai, me mata de vontade de viajar! :x

  15. Michely
    05 de dezembro de 2011 - 13:50

    Cheguei ontem de Buenos Aires, estava hospedada na Rua Florida, fui no zoologico, Temaiken, mto lindo tb, só não fui no cemitério, não deu tempo, 3 dias foram mto corridos, e o engraçado é que tiramos várias fotos nos mesmos angulos, kkkk, adorei!! Bjos

  16. Jaqueline
    05 de dezembro de 2011 - 14:02

    A Tayra esta fazendo o maior guia de Buenos Aires que eu já li ♥

    perfeito!!!

    • Tayra
      05 de dezembro de 2011 - 16:06

      ^__^

  17. Jaqueline
    05 de dezembro de 2011 - 14:03

    Wanessa Chamanhucki em 05 de dezembro de 2011 às 11:40 disse:

    Obrigada mais uma vez por postar guia de B.Aires, como disse no outro post eu vou viajar e não havia feito guia. Estão me dizendo que é um lugar otimo para comprar roupas.

    Tenho uma conhecida que disse que lá é o paraíso pra compras.

    • Tayra
      05 de dezembro de 2011 - 16:05

      Meninas, é mesmo… É como se fosse um país todo com 50% de desconto… \o/

  18. Rayza
    05 de dezembro de 2011 - 14:31

    Mais uma vez: MAFAAAAALDA *-*

  19. Caroll
    05 de dezembro de 2011 - 16:12

    Simplesmente adorei esse post :)

  20. Stephania Abreu
    05 de dezembro de 2011 - 16:32

    Vale comentar e responder ao 1º comentário (o da Ana Silva) que eles vendem roupas G, sim, mas é muuuito mais comum as roupas serem de um tamanho muito pequeno. As argentinas são esquálidas!

    • Ana silva
      05 de dezembro de 2011 - 19:49

      uma pena… to indo pra lá em dezembro e esperava fazer umas comprinhas :(

  21. TaixLuiza
    05 de dezembro de 2011 - 16:53

    Curti muito, da vontade de ir agora mesmo, ainda mais sabendo q lá as coisas sao mais baratas ! =D
    Curti o posto !

  22. Anne
    05 de dezembro de 2011 - 17:44

    Mais detalhado impossível! Amei as dicas, me deixou com uma super vontade de conhecer todos esses lugares! Muito legal também saber um pouco da história argentina, afinal JL também é cultura! =D

  23. Camila Fortes
    05 de dezembro de 2011 - 17:48

    Eu vou pra lá em Janeiro e já que as leitoras do Just Lia adoram moda e maquiagem, o que tu acha de fazer um post sobre lojas legais de ir? Só falta isso pra meu roteiro ficar completo, já que esse post e o de sexta foram minha salvação;) e adorei a dica sobre o túmulo da evita, tem muita gente que acha que visitar cemitério é coisa ruim, mas acho super interessante além de ser algo culturalmente relevante, pena que não deu tempo de ver as catacumbas quando estive em paris:(obrigada pelo post:)

  24. Marcia Bruno
    05 de dezembro de 2011 - 18:23

    Adorei o post! Bem completo. Vou utilizar todas as dicas na viagem que farei este mês para lá. Obrigada!

  25. Lu Pomponet
    05 de dezembro de 2011 - 19:45

    Estive em Buenos Aires semana passada e seu post já me deixou morrendo de saudades!!!

  26. Nívea
    05 de dezembro de 2011 - 21:01

    Eu fui nesse zoo,tirei milhares de fotos desse ursinho polar!Ele é tão lindo!!!!E quem curte animais não pode deixar de ir ao temaikén e ao zoo de lujan,que ficam em cidades vizinhas….em palermo tem ônibus especiais pra esses 2!

  27. Juliana
    05 de dezembro de 2011 - 21:19

    é bonita, tenho vontade de conhecer!


  28. 05 de dezembro de 2011 - 22:51

    Tay, a Casa Rosada tá abrindo p visitação agora! Eu fui e é muuuito bacana! Certeza q vc iria amar! O nosso guia foi bem bacana. Ah, e o mais legal: é grátis! Funciona nos sábados e domingos, mas é bom ir bem cedinho, pq forma mta fila.
    Eu fiz a visita guiada a Bombonera, valeu a pena também! Tava com a camisa do Corinthians e o guia perguntou se eu não iria tirar foto com a taça da Libertadores e eu respondi q não queria ficar só passando vontade! haha

    • Rafaela
      16 de dezembro de 2011 - 20:58

      Rê em 05 de dezembro de 2011 às 22:51 disse:

      Tay, a Casa Rosada tá abrindo p visitação agora! Eu fui e é muuuito bacana! Certeza q vc iria amar! O nosso guia foi bem bacana. Ah, e o mais legal: é grátis! Funciona nos sábados e domingos, mas é bom ir bem cedinho, pq forma mta fila.
      Eu fiz a visita guiada a Bombonera, valeu a pena também! Tava com a camisa do Corinthians e o guia perguntou se eu não iria tirar foto com a taça da Libertadores e eu respondi q não queria ficar só passando vontade! haha

      Poxa, eu não pude nem visitar a Casa Rosada nem o Bombonera. A Casa tava fechada pra visitação. E o guia disse que não era muito bom irmo na Bombonera pq tinham jogos do Boca Juniors e o clima tava quente. hehehe Eu preciso voltar pra conhecer esses lugares. rs

  29. Ana
    06 de dezembro de 2011 - 07:23

    noossa! não sabia isso dos guias no cemiterio :/ da próxima vez que eu for vou lembrar hahah quando eu fui ainda tinha uma homenagem dos taxistas pra evita! muito legal hahaha bjs
    http://www.blabladodia.wordpress.com

  30. Francielle
    06 de dezembro de 2011 - 12:00

    Essa cidade é sem dúvidas muito linda viu?!
    E interessante também!
    Fiquei viajando nas fotos que a Lia postou no Facebook.

  31. **Aline**
    06 de dezembro de 2011 - 21:27

    Nossa muito lindos os lugares, Buenos Aires é linda demais mesmo, adorei a casa rosada e o zoológico :D me deu mais vontade ainda de conhecer *-*

  32. **Aline**
    06 de dezembro de 2011 - 21:28

    Viviane em 05 de dezembro de 2011 às 9:34 disse:

    Gostei muito das suas dicas, mas um lugar que amaei quando fui foi o Jardim Japonês. Lindissímo!!:D

    Imagino que deve ser muito lindo mesmooo *-*

  33. Alane Amaral
    06 de dezembro de 2011 - 21:39

    obrigadaaaa, muito util!

  34. Eliz
    07 de dezembro de 2011 - 12:58

    Com esses post só reforça que eu preciso conhecer Buenos Aires.
    Como pode um lugar tão perto de nosso país ter cultura tão diferente da nossa, principalmente a questão política, o povo argentino ganha no quesito cobrança e manifestação, os brasileiros são um pouco acomodados em relação a isso, acontece muita coisa feia aqui com a nossa política e o povo nem ai. Mas enfim.
    Acho meio macabro visitar cemitérios. rs
    Lindo o post, gostei muito, mas cade você nas fotos? rs
    beijos Tayra.

    • Tayra
      07 de dezembro de 2011 - 15:28

      Eliz, só tem aquela foto com a Mafalda do primeiro post – eu odeio sair em foto de viagem – ahahahaha – parece que eu preciso ficar provando que estive lá. Gosto mais de registrar os espaços, mais com uma pegada de cartão postal, sabe. A maioria das pessoas adora sair em foto de viagem, eu já não curto. Inclusive, encontrei muitos brasileiros lá, e bati fotos de vários deles nos pontos turísticos. :)

      Vale muito a pena a visita. Recomendo muito.

      beijo

    • Rafaela
      16 de dezembro de 2011 - 20:53

      Eliz em 07 de dezembro de 2011 às 12:58 disse:

      Com esses post só reforça que eu preciso conhecer Buenos Aires.
      Como pode um lugar tão perto de nosso país ter cultura tão diferente da nossa, principalmente a questão política, o povo argentino ganha no quesito cobrança e manifestação, os brasileiros são um pouco acomodados em relação a isso, acontece muita coisa feia aqui com a nossa política e o povo nem ai. Mas enfim.
      Acho meio macabro visitar cemitérios. rs
      Lindo o post, gostei muito, mas cade você nas fotos? rs
      beijos Tayra.

      Tb acho estranho visitar cemitérios, Eliz. rs Quando fui lá, não entrei. Passei na porta e tal, mas achei demais entrar pra visitar o túmulo da Evita. rs

  35. Jéssica da Costa Peixoto
    07 de dezembro de 2011 - 15:51

    Gostei dos lugares! E as dicas são ótimas (:
    A Mafalda… fofa né, rs

  36. Isabelle
    07 de dezembro de 2011 - 19:04

    Nossa, vocês não sabem o quanto esses posts de viagens me ajudam. Faço técnico em Guia de Turismo e essas informações me ajudam muitooo! E que vontade de conhcer tudo agora {:

  37. Uliana
    08 de dezembro de 2011 - 16:03

    Adoreii as dicas!! Seu blog está muito legal!! Continue escrevendo!!O problema é que agora vou ter que conhecer tudo hihihi, mas darei um jeito!!!

  38. Isis Xavier
    08 de dezembro de 2011 - 16:48

    Agora to doida pra conhecer Buenos Aires.
    Pena que eu não vou poder ir tão cedo…
    =(

  39. Thricia Albarotti
    08 de dezembro de 2011 - 20:34

    Olá…amei essa matéria …maravilhosa…vou pra lá no Natal..e gostaria de saber um hotel ou albergue, bom para se hospedar e que de preferencia não tenha horario para check in, pois meu voo chega á 01:00 da madruga…se vc puder me ajudar?

    • Tayra
      13 de dezembro de 2011 - 14:29

      Thricia Albarotti em 08 de dezembro de 2011 às 20:34 disse:

      Olá…amei essa matéria …maravilhosa…vou pra lá no Natal..e gostaria de saber um hotel ou albergue, bom para se hospedar e que de preferencia não tenha horario para check in, pois meu voo chega á 01:00 da madruga…se vc puder me ajudar?

      Thricia, o albergue que eu fiquei é em San Telmo, chama-se Don Telmo e eu recomendo muito – é um casarão antigo que virou um albergue com suítes privativas. O pessoal de lá é super atencioso. Recomendo bastante. Eu até botei o link dele lá no texto, na parte que eu falo de San Telmo. :)

  40. Mariana
    08 de dezembro de 2011 - 23:58

    Noossa, esse post veio em ótima hora, estou indo pra Bs As em janeiro, de navio, ai vou ficar lá só 2 dias, mas quero visitar tudo, ou pelo menos quase tudo, e também quero comprar roupas. Isso que eu queria saber, lá é bom pra fazer compras? Vale a pena levar muito dinheiro? Obrigada, desde já, hihihi, beijos e adorei! :)

    • Tayra
      09 de dezembro de 2011 - 10:01

      Mariana,

      é um paraíso pra fazer compras, porque além de ser tudo mais barato, o nosso dinheiro ainda vale o dobro.

      beijo

  41. Kamilla
    10 de dezembro de 2011 - 02:07

    Mafalda é a diva dos quadrinhos, Charlie Brown é o divo.

  42. Carolina Rosf
    10 de dezembro de 2011 - 15:27

    Tayra, Buenos Aires é uma viagem que possa se considerar barata?

    • Tayra
      13 de dezembro de 2011 - 14:27

      Carolina Rosf em 10 de dezembro de 2011 às 15:27 disse:

      Tayra, Buenos Aires é uma viagem que possa se considerar barata?

      Carolina é sim, em todos os sentidos – a passagem fora de temporada (Natal/Ano Novo/Carnaval) é bem em conta e há muitas opções bacanas de hotéis e albergues há um custo legal – e o custo das coisas lá é fantástico. Você come muitíssimo bem por 40 pesos (R$ 20,00) de comer um prato de massa pra 2 pessoas, bebidas e sobreremesas. Acho que é uma opção bem em conta pra quem quer sair do Brasil e tá com pouca grana.

  43. Thaís Lima de Moura
    14 de dezembro de 2011 - 13:57

    Ahh eu queriaaa :(

  44. Marina Pires
    14 de dezembro de 2011 - 18:06

    Thayra, menina, você arrasou no guia, hein? Tenho umas diquinhas aqui, hihi.

  45. Marina Pires
    14 de dezembro de 2011 - 18:09

    Tem um restaurante italiano muuuuuito bom chamado Broccolino, fica pertinho das Galerias Pacifico.
    Uma loja de roupas infantis muito legal é a Cheeky.
    Para acessórios baratinhos e que todo mundo ama, recomendo a Clandestine, vi em vários locais, tem uma na rua do Café Tortoni, perto da praça do Congresso… E a Todomoda é muito legal e fica na Calle Florida.

    Beijos

    • Rafaela
      16 de dezembro de 2011 - 21:02

      Marina Pires em 14 de dezembro de 2011 às 18:09 disse:

      Tem um restaurante italiano muuuuuito bom chamado Broccolino, fica pertinho das Galerias Pacifico.
      Uma loja de roupas infantis muito legal é a Cheeky.
      Para acessórios baratinhos e que todo mundo ama, recomendo a Clandestine, vi em vários locais, tem uma na rua do Café Tortoni, perto da praça do Congresso… E a Todomoda é muito legal e fica na Calle Florida.

      Beijos

      Fui nesse restaurante, Marina. Muito bom mesmo! E eu lembro dessa Clandestine. Tem bastante acessório mesmo.

  46. Marina Pires
    14 de dezembro de 2011 - 18:11

    Marcia Bruno em 05 de dezembro de 2011 às 18:23 disse:

    Adorei o post! Bem completo. Vou utilizar todas as dicas na viagem que farei este mês para lá. Obrigada!

    Muito completo mesmo!

  47. Tainara
    14 de dezembro de 2011 - 18:50

    Realmente uma cidade incrivel!

  48. Ingrid
    16 de dezembro de 2011 - 00:22

    Olá,gostaria de sabet se você conhece guias brasileiros em Buenos Aires. 
    Vou com minha filha de 1 ano e quero comprar roupa inantil,roupa de marca como hollister,abercrombie,lacoste,tommy,armani,etc
    Tenis nike,lacoste,polo
    E queria saber os preços também.
    Desde já,muito obrigada!

  49. Rafaela
    16 de dezembro de 2011 - 20:51

    Adorei as dicas! Quando fui a Buenos Aires, precisava de um miniguia desses. rs

    Não fui no museu da Evita. Poxa, nem sabia que tinha. :(

  50. Daniela
    18 de dezembro de 2011 - 10:17

    eu quero ir pra buenos aires!!!

  51. Daniela
    18 de dezembro de 2011 - 10:18

    eh tudo tao lindo!

  52. Daniela
    18 de dezembro de 2011 - 10:18

    ainda bem que nao falo de comida!!

  53. Hedwirges
    22 de dezembro de 2011 - 18:40

    nossa eu sou louca pra conhercer Buenos Aires.. acho linda!

  54. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 11:29

    Que bom que esse tema teve continuação;esse ônibus Bus Turístico é uma ótima ideia.

  55. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 11:32

    Essa Calle Florida deve ser ótima ;dica anotada.

  56. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 11:37

    A Plaza de Maio é bonita;não sou da época da ditadura mas quando se fala dessa época também meche muito comigo;quantas atrocidades foram cometidas .Monumentos que nos lembrem do que aconteceu são importantes ,não podemos esquecer ou correr o risco de que esse tipo de governo volte.

  57. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 11:41

    Como é grande essa Casa Rosada,e bonita também.
    Que bom que os argentinos protestam lá em frente,assim com certeza são ouvidos.

  58. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 14:48

    A catedral Metropolitana é diferente mesmo;uma dúvida:é igreja de verdade ,com missa?Essa chama da argentinidade é um símbolo legal.

  59. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 14:54

    Esse cemitério é um ponto turístico,óhhh *0*.

    Gente;olha as penas desse pavão no zoológico.

  60. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 14:56

    Que estranha essa ponte da Mulher;e esse nome?
    Já ouvi falar de Puerto Madero.

  61. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 15:01

    Olha a Mafalda aí de novo,gente!Lindinha!

  62. Marijleite
    29 de dezembro de 2011 - 15:02

    Que bonitinhas essas casas coloridas.
    O post ficou ótimo Tayra.

  63. Isabella Jordany
    30 de dezembro de 2011 - 11:29

    que lindo!

  64. Isabella Jordany
    30 de dezembro de 2011 - 11:32

    eu quero ir p Buenos Aires *.*

  65. Isabella Jordany
    30 de dezembro de 2011 - 11:35

    talvez eu vá no que vem *-*

  66. Isabella Jordany
    30 de dezembro de 2011 - 11:37

    se eu for eu quero tirar uma foto com a mafalda tb *.*

  67. Isabella Jordany
    30 de dezembro de 2011 - 11:39

    é tudo tão lindo e colorido *.*

  68. Daniele
    06 de janeiro de 2012 - 19:08

    Adoreeei este post! Estou indo para Buenos Aires na proxima semana e com certeza suas dicas foram valiosas, gostei muito!!!

    Fiquei sabendo que la tem uma loja Sanrio, procede a informação? ;)

    parabens pelo post!!! :)

  69. Flavinha Reis
    29 de janeiro de 2012 - 22:24

    eita que esse post me deu uma saudade danada de B.A. *-*
    não sei se pelo período que eu fui (final de dezembro), mas achei as coisas bem carinhas por lá… acabou sendo uma viagem de passeio, mesmo, compras zero =P mas foi ótimo do mesmo jeito. o legal é explorar a cidade de ônibus “normal” (ah, se os ônibus da minha cidade fossem que nem os de lá, eu andaria mais neles- até o mais simples, que vai pra La Boca é confortável *-*), metrô ou mesmo à pé. é tão fácil andar por lá…

  70. katia Dutra
    01 de fevereiro de 2012 - 16:35

    Adorei as dicas, estou indo em Maio.. vou desfrutar de suas dicas. bjs*-*

  71. Lusinha
    06 de fevereiro de 2012 - 10:03

    Só pra registrar que achei um post bem completo e me ajudou no roteiro que tô montando para minha viagem pra lá.
    Bjitos!

  72. Letícia Závoli
    03 de julho de 2012 - 13:45

    Adorei o post.. ajuda muito! estou indo pra lá daqui a 15 dias.. como faço pra conseguir/preencher essa trajeta de turismo?? obrigada.. bjinhus e parabens!

8assista Just Lia TV no youtube9
Outros vídeos
8siga @liacamargo no instagram9