Estilo
11 Comentários

O carnaval é uma época esperada por muita gente. Além do feriado – que é super bem-vindo, aliás – várias cidades brasileiras voltaram com o antigo costume dos bloquinhos de rua. O que torna tudo ainda mais divertido de curtir! E, para você já entrar no clima, separamos ideias que podem te inspirar na hora de bolar a sua fantasia.

Para quem não quer gastar muito (afinal, geralmente usamos a fantasia apenas uma vez!) ou está com o orçamento super curto (quem não, né?), é preciso criatividade e habilidade de montão para fazer algo que tenha a ver com a gente e que seja divertido. Uma maquiagem bem feita pode mudar completamente a cara da fantasia, por exemplo.

Por isso, posts e vídeos de DIY e faça-você-mesmo são sempre ótimas fontes. Nesse post, separamos fantasias que você pode criar com o que tiver em casa – um jeito bem econômico de não passar o carnaval em branco. Quase todos os links também ensinam como fazer a fantasia. Ah, e se você precisar comprar algum item para incrementar a sua roupa, vale a pena vasculhar lojas de 1,99 e outros artigos baratinhos. :)

1. Fantasias de personalidades

Continue Lendo >>

Estilo
22 Comentários

O turbante, muito mais do que um simples acessório de cabeça, é um símbolo de luta e resistência. No Brasil, ele carrega vários significados – como empoderamento e sabedoria, por exemplo – e representa um grande resgate da cultura ancestral africana. Ele possui um papel fortíssimo nas religiões de origens africanas, porque é usado para proteger o “ori”, que significa cabeça na língua yorubá.

O acessório vem ganhando cada vez mais espaço nas ruas como forma de reconhecimento e valorização da cultura negra na contemporaneidade, como consciência e orgulho da sua origem. Ou seja, o turbante não é modinha. Ele é um elemento político-social de empoderamento do povo negro. Para a mulher negra (e para as meninas negras também!), o turbante é a sua própria coroa. Por isso, todo o respeito à cultura é o mínimo que nós, brancas, podemos fazer. Para continuar a ler sobre o assunto, indico muito os textos da Fernnandah, da Karoline e da Stephanie.

A moda possui um poder de apropriação cultural muitas vezes nocivo, o que tornou qualquer amarração na cabeça um “turbante”. Porém, é bom que fique claro: isso, isso e isso são lenços ou faixas de cabelo. Turbante de verdade é geralmente feito de um tecido retangular comprido, mais grosso, e que possibilita diversas amarrações. No Youtube, várias meninas ensinam maneiras de amarrá-lo. Aproveita e vê os vídeos das lindonas Rayza, Magá, Yuli,  e Débora para ter mais ideias na hora de colocar o seu. ;)

Onde comprar: Dresscoração, Turbante-se, Boutique de Krioula, Maria Chantal, Ttrappo e AFROntará.

1. Turbante com vestido

Continue Lendo >>

Estilo
27 Comentários

A tote bag é uma bolsa – muitas vezes aberta, sem zíperes no fecho – com alças curtas paralelas nos dois lados. Aqui no Brasil, às vezes costumamos chamá-la de bolsa sacola. Existem registros do século 17 do termo “tote” ou “tate”, que significa carregar, mas não era usado para bolsas até 1900. Foi em 1940 que ela surgiu para valer, com o lançamento da L.L. Bean’s Boat Bag, sendo uma alternativa mais prática para levar bastante coisa. Foi em 1960 que ela oficialmente virou um item básico no armário.

como-usar-tote-bag-001

A bolsa costuma transitar muito bem entre looks de trabalho e de lazer. Afinal, a tote bag aparece em vários materiais e estilos diferentes, da lona ao couro e das mais ~molengas~ até as mais estruturadas. Fato é que a tote é a bolsa perfeita para quem gosta de carregar bastante coisa (cuidado com a coluna, hein!), já que ela tem espaço de sobra. Ela tem aparecido principalmente em cores bem neutras: preto e caramelo e, algumas vezes, até em combinações bicolores: preto + branco, preto + nude, preto + caramelo…

Nos looks mais descontraídos, a bolsa tote caramelo é a preferida. Combinada com peças jeans, como vestido, shorts e saias, dá super certo para o nosso verão. As brancas também, mas o probleminha é que sujam com muita facilidade. E as pretas são sempre bem-vindas, né? Os modelos mais estruturados são ideais para as composições do dia a dia para o trabalho – você nem vai precisar de outra bolsa, haha.

Onde comprar: EscuderoDafiti, Renner, Passarela, Farfetch, Schutz e Anacapri.

1. Tote bag com vestido

Continue Lendo >>

Estilo
9 Comentários

Na semana passada, falamos sobre a cor quartzo rosa, uma das duas escolhidas pela Pantone como cores do ano de 2016. E hoje é a vez da serenidade – algo que desejamos muito para esse ano que começa. :)

como-usar-azul-serenidade-pantone-001

A cor serenidade é um azul claro bastante suave, que chega até a parecer um lilás às vezes. Ele protagoniza menos looks românticos que o quartzo rosa, mas marca presença em composições moderninhas. O azul foi bastante usado em casacos na época que tons pastel no inverno estavam em alta (a Lia já chegou a fazer um look do dia com o casaco azul bebê, lembram?). Agora, o vemos principalmente em calças, bolsas e camisas.

As combinações feitas com o azul serenidade giram em torno dos tons pastel – inclusive do quartzo rosa. Mas vemos que várias das composições também usam branco, muito mais do que qualquer outra cor básica (até mesmo preto ou cinza). Não é por menos, né? Fica uma graça! <3 Para acompanhar, estampas listradas, florais e pied-de-poule são boas pedidas.

1. Blusa na cor azul serenidade

Continue Lendo >>

Página 1 de 751234567